PUBLICIDADES
ALTA FLORESTA CORONA VÍRUS DENÚNCIAS MATO GROSSO MUNDO JURÍDICO ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Motorista de ambulância de Alta Floresta e esposa advogada, denunciam demora para retorno dos exames de Covid 19

(Last Updated On: 18 de junho de 2020)

O material foi coletado no início do mês de junho (dia 2 ele e dia 4 ela) e até ontem, 13 dias após a coleta, ainda não havia chegado na SMS.

Foto: Arquivo da família

A advogada Marlei Medeiro Ribeiro fez um desabafo em um grupo privado da 8ª subseção da OAB, nesta terça-feira, 16/06, para denunciar a angústia que ela e seu marido, Vagner Ribeiro, estão passando pela demora na chegada de exames que realizaram para

Vagner é motorista de aplicativo e com a pandemia, ao ver seus rendimentos caírem (e também da esposa, que é profissional liberal), aceitou uma oferta de emprego para fazer “freelance” como motorista de ambulância. Vagner, desde o início da pandemia, revezava suas responsabilidades entre o translado de pacientes e também dos materiais colhidos para exames para Covid 19, até o Lacen-MT (Laboratório Central de ).

Numa destas viagens, foi contaminado pelo novo . “Por consciência nos isolamos e no dia 02 procuramos o posto da B”, explicou a advogada. Segundo Marlei, no dia 30 de maio o marido sentiu os primeiros sintomas, no dia 02 de junho, após o auto isolamento, foi feita a coleta do exame, entretanto o quadro clínico de Vagner foi se agravando, “buscamos o postinho por mais de 4 vezes. Fazia a consulta a médica colocava aquele aparelho, dizia que o Pulmão estava bom e mandava para casa”.

No dia 04 a advogada também começou a sentir os primeiros sintomas, procurou o postinho e também fez a coleta de material.

Mas o quadro começou a ficar ainda mais tenso na sexta-feira, 12:

“meu esposo começou passar mal, vômito, pressão alta, dificuldades para respirar, dor no corpo, perda de paladar, sensação de estômago cheio. De domingo para segunda foi terrível, pensei que ele fosse morrer em casa”, relatou.

O casal, no dia 8 de junho, retornou ao posto de saúde (posto da Rua B) momento que foi aplicado soro e orientados a retornar para casa.

“Inconformados com a situação resolvemos fazer uma tomografia do pulmão e para nossa surpresa 50% do pulmão dele estava comprometido. Somente após essa tomografia, que nos custou 600 reais, conseguimos a internação do meu esposo, pois na ala no Covid eles não recebem pacientes com suspeita ante a real possibilidade de contaminação”, explicou.

“Meu objetivo com esse post é externar minha indignação com o descaso da saúde pública, tendo em vista que até hoje não tivemos resposta do exame do Lacen. Graças a Deus meu esposo teve alta e continuamos isolados pois ainda estamos com alguns sintomas. Mas garanto para vocês, se não tivéssemos desembolsado e pago a tomografia meu esposo não teria resistido à espera pelo resultado do exame”, reclamou dra Marlei.

O tom da denúncia subiu, no momento em que a advogada reclama, sem chamar desta forma, de negligência das equipes de acompanhamento, “nunca vieram perguntar para nós com quem nós estivemos antes de sentir os sintomas, nunca vieram na nossa casa saber se estamos cumprindo o isolamento”, explicou.

Para nossa reportagem ela revelou que, a despeito da negligência em sequer tentarem identificar a origem da transmissão, ao menos no que diz respeito ao atendimento clínico as equipes têm feito os contatos diariamente, para relatar a evolução da doença.

Casal tem um filho – O casal Marlei e Vagner, possui um filho pequeno, e como ambos são profissionais liberais (ela advogada e ele motorista de aplicativo), decidiram, com o início da pandemia, deixar a criança com a avó materna.

“Desde o início sabíamos dos riscos e  da necessidade de cuidados redobrados principalmente pelo fato do Vagner ser do grupo de risco. Quando ele decidiu aceitar fazer as viagens levamos nosso filho para a casa dos meus pais”, explicou, comemorando que o filho e os pais não terem sido contaminados.

“Nas viagens, Vagner sempre levava pacientes com quebraduras ou outras enfermidades que não tinham qualquer relação com o Covid. Na última semana do mês de maio ele fez 3 viagens para Cuiabá”, explicou, falando da periodicidade das viagens.

ALTAIR NERY – DIÁRIONEWS

 ___________________________________________

AUDIÊNCIA NAS 0 111.4K

Deixe seu comentário e compartilhe, via e

COMENTE AQUI SOBRE ESTA NOTÍCIA!
Seguir:

DIRETO DA REDAÇÃO

Departamento de Jornalismo em MatoGrossoAoVivo
Nossa equipe de profissionais atualiza diariamente um resumo das principais notícias de , do Mato Grosso, do e do , para manter nosso leitores sempre bem informados.
Seguir:
(Visited 10.491 times, 1 visits today)
APOIE A INDEPENDÊNCIA DO SITE! DOANDO QUALQUER VALOR.
Mande suas broncas, recados e sugestões por aqui!

 

DIRETO DA REDAÇÃO

Nossa equipe de profissionais atualiza diariamente um resumo das principais notícias de Alta Floresta, do Mato Grosso, do Brasil e do mundo, para manter nosso leitores sempre bem informados.

Adicionar comentário

Click here to post a comment

Comente aqui usando suas redes sociais.

ASSINE AGORA MESMO

Mato Grosso Ao Vivo no Google News

FAÇA PARTE

WHATS 24 HORAS – CLIQUE AQUI

CLIMA MONITORADO AO VIVO

PUBLICIDADE

COTAÇÃO DO DÓLAR & EURO

ANÚNCIOS & PUBLICIDADES

PUBLICIDADE

APOIAMOS ESTA CAUSA:

ANÚNCIOS & PUBLICIDADES

AGRONEGÓCIO | INDICADORES

LOTERIAS – ÚLTIMOS RESULTADOS:

Mega Sena
Fonte: Caixa Econômica
Boa Sorte
Dupla Sena 1
2020/9/17
05 07 24 32 33 50
Dupla Sena 2
2020/9/17
02 14 21 24 31 38
Quina
2020/9/17
21 45 50 56 69
LotoMania
2020/9/15
07 09 15 17 26 27 30 39 43 47 51 53 54 57 73 82 89 94 97 99
LotoFacil
2020/9/17
01 03 04 05 07 08 09 11 13 14 16 18 19 22 24
TimeMania
2020/9/17
05 23 39 52 58 59 77

RSS Blog do Bueno

/* ]]> */