Página Inicial / Notícias do Estado / UNEMAT fará vestibular neste fim de semana em 14 municípios do norte de MT

UNEMAT fará vestibular neste fim de semana em 14 municípios do norte de MT

A Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) realiza, no domingo (25.06), as provas do Vestibular 2017/2 em 14 cidades mato-grossenses: Alta Floresta, Alto Araguaia, Barra do Bugres, Cáceres, Colíder, Cuiabá, Diamantino, Juara, Nova Mutum, Nova Xavantina, Pontes e Lacerda, Rondonópolis, Sinop e Tangará da Serra.
As provas terão início às 8 horas e se estenderão até às 13 horas. O candidato deverá comparecer ao local designado para a realização das provas com antecedência mínima de uma hora do horário fixado para início, já que os portões dos estabelecimentos serão fechados, impreterivelmente, às 8 horas. Não será permitido ingresso de candidatos ao local de após esse horário.
Os vestibulandos podem conferir o nome do estabelecimento, endereço e sala onde farão as provas no site www.unemat.br/vestibular, por meio de consulta individual, contendo nome, número do documento de identidade, curso pretendido, opção de língua e vaga.
O vestibular compreende duas fases, em etapa única: a primeira consta de quatro provas objetivas com questões sobre Ciências da Natureza e suas tecnologias, Matemática e suas tecnologias, Ciências Humanas e suas tecnologias, e Linguagens, Códigos e suas tecnologias. Já a segunda etapa constitui-se de prova de redação.
O candidato deverá comparecer munido somente de documento de identidade original e caneta esferográfica de tinta azul ou preta, não porosa, fabricada inteiramente em material transparente.
Não será permitido o ingresso de candidatos na sala de aplicação de prova que não forem identificados por um dos documentos oficiais de identidade: carteiras expedidas pelos Comandos Militares, pelas Secretarias de Segurança Pública, pelos Institutos de Identificação e pelos Corpos de Bombeiros Militares; carteiras expedidas pelos órgãos fiscalizadores de exercício profissional (ordens, conselhos, etc); passaporte brasileiro; certificado de reservista; carteiras funcionais do Ministério Público; carteiras funcionais expedidas por órgão público que, por lei federal, valham como identidade; Carteira de Trabalho; Carteira Nacional de Habilitação (somente o modelo com foto).
Não será permitida a entrada no estabelecimento de aplicação de provas de candidatos alcoolizados ou portando arma.
Também não poderão entrar candidatos portando livros, códigos, impressos ou qualquer outra fonte de consulta; relógio de qualquer espécie; óculos escuros; lápis, lapiseira ou grafite; marca-texto; borracha; qualquer acessório de chapelaria (chapéu, boné, gorro, etc.); aparelhos eletrônicos, como calculadora, telefone celular, tablet, gravador, pendrive, mp3 player, controle de alarme (de portão, carros, motos, etc.), notebook, máquina fotográfica, etc.
Antes de entrar na sala de provas, o candidato deverá guardar, em embalagem fornecida pela equipe de aplicação, telefone celular, qualquer outro equipamento eletrônico desligado e todos os objetos proibidos pelo Edital.
A embalagem deverá ser depositada embaixo da carteira, não podendo ser manipulada durante toda a aplicação das provas, sob pena de ser eliminado. É aconselhável que o candidato retire a bateria do celular, garantindo que nenhum som seja emitido.
A embalagem somente poderá ser aberta fora do estabelecimento de aplicação de provas, na rua. O candidato que portar telefone celular ou outro aparelho eletrônico que esteja emitindo sons ou ruídos será eliminado.
Vagas
Nesta edição, o vestibular disponibiliza 2.420 vagas. A Unemat adota sistema de ações afirmativas, em que todos os cursos oferecidos destinam 30% das vagas para estudantes oriundos de escolas públicas, e reservam 25% para candidatos negros ou pardos e 5% para candidatos indígenas, pelo Programa de Integração e Inclusão Étnico-Racial (PIIER). As outras 40% das vagas são para ampla concorrência.
O resultado final será divulgado a partir do dia 11 agosto. 

Publicado por » Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, músico, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Que tal ler esta?

Alta Floresta deverá receber mais de R$ 1,2 milhão do FEX – Cidades

Compartilhar com WhatsApp Com a liberação do Auxílio Financeiro para Fomento das Exportações (FEX), os …

O que você acha disso???

%d bloggers like this: