Notícias do Estado Política em Foco Últimas

Conselheiro do TCE rebate acusações e diz que 50 milhões foram para setor tecnológico

José Carlos Novelli alega que o valor foi usado para renovar a estrutura tecnológica do TCE. Em depoimento, o ex-secretário Pedro Nadaf, porém, afirma que o valor foi usado para pagar propina a conselheiros do TCE.

O ex-deputado e Conselheiro do TCE, José Carlos Novelli (Foto: TCE/Divulgação)

 

O ex-deputado e conselheiro do Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT), José Carlos Novelli, afirmou que o repasse de R$ 50 milhões feito ao órgão pelo governo do estado, durante a gestão do ex-governador Silval Barbosa (PMDB), foi usado para renovar a estrutura tecnológica do TCE.

 

O valor, no entanto, teria sido usado para pagar propina a conselheiros do órgão, segundo o ex-secretário de estado Pedro Nadaf.

 

Em nota, Novelli alega que as afirmações de Nadaf são mentirosas, irresponsáveis e motivadas por vingança.

Em depoimento ao ao Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), Nadaf declarou que o pagamento de propina ao TCE teria sido acertado em 2013 pelo ex-governador Silval Barbosa e Novelli, então presidente do órgão.

 

Novelli, porém, nega o recebimento da propina e alega que o valor repassada pelo governo foi usado para “renovar a estrutura tecnológica do TCE e implantar um programa de desenvolvimento institucional”.

 

O repasse do montante foi acertado durante uma reunião com Silval e representantes do TCE. À época, um termo de compromisso previa o pagamento dos R$ 50 milhões em duas parcelas nos anos de 2012 e 2013. O valor, segundo o documento, era decorrente de excesso de arrecadação.

LEIA ESTA: Segundo Ex-secretário, ex-governador e TCE teriam acordo de 50 milhões em propina

Depoimento de Nadaf

De acordo com o depoimento de Nadaf, Novelli teria procurado o ex-governador para oferecer vantagens ao governo em diversos contratos que estavam sob fiscalização do TCE, como as obras da Copa do Mundo, os incentivos fiscais, o programa MT Integrado e obras em andamento nas secretarias estaduais em geral, além da aprovação das contas do Executivo.

O valor da propina, conforme o ex-secretário, teria sido proposto pelo então presidente do TCE, baseado no valor global que o estado estaria movimentando nos setores sob fiscalização do órgão. Silval teria assinado notas promissórias que foram sendo resgatadas conforme o pagamento era efetuado.

 

Conforme Nadaf, o ex-governador teria lhe dito que, além de Novelli, também recebiam a propina os conselheiros Sérgio Ricardo, Antônio Joaquim, Waldir Teis e Valter Albano.

 

Em nota assinada pelo presidente do TCE, Antônio Joaquim, o órgão afirmou que uma denúncia sobre o caso foi feita em outubro de 2016 e investigada pelo órgão, restando o processo arquivado por falta de provas. Os autos, porém, foram remetidos ao MP e demais órgãos de controle externo, para que as investigações possam ser aprofundadas, se necessário.

 

Em nota, Sérgio Ricardo afirmou não ter conhecimento dos acontecimentos relatados por Nadaf e chamou as declarações de mentirosas.

 

Por assessoria, Waldir Teis disse que nunca foi procurado por ninguém para fazer os acordos narrados por Nadaf. O conselheiro Valter Abano também negou as acusações e afirmou que não recebeu vantagens indevidas.

Deixe sua opinião abaixo, via Facebook ou Whatsapp !

COMENTE AQUI SOBRE ESTA NOTÍCIA!
Mande suas broncas, recados e sugestões por aqui!

 

 

SEJA UM "REPÓRTER CIDADÃO"

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do MATO GROSSO AO VIVO.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: matogrossoaovivo@gmail.com ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 - 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

____________________________________________________

Deixe seu comentário ao final da página e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu carreira, desde 1991, trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, músico, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo.
(http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Adicionar comentário

Click here to post a comment

Deixe aqui seu comentário!

APOIO “MT AO VIVO” CONTRA OS MAUS TRATOS DE ANIMAIS

PERGUNTINHA DO MÊS:

Na sua opinião de eleitor, você acha normal um vereador barganhar o seu voto em troca de "apoio político", para favorecer o prefeito e burlar a qualquer "preço" os acordos firmados com o Ministério Público?

Qual das alternativas abaixo você escolhe:

A) - Pra mim tudo normal
0 Vote
B) - Imoral e vergonhoso
6 Vote

OPÇÕES 2020

Quais dos 12 nomes abaixo seriam potenciais vitoriosos nas urnas em 2020?

 

1) - Oliveira Dias
4 Vote
2) - Maria Izaura
1 Vote
3) - Edinho Paiva
0 Vote
4) - Rose Rampazio
1 Vote
5) - Dr. Charles
0 Vote
6) - Dida Pires
1 Vote
7) - Dr. Cleber
3 Vote
8) - Marinéria Munhoz
0 Vote
9) - Ademir Bruneto
0 Vote
10) - Rodrigo Arpini
-1 Vote
11) - Jairo De Carli
1 Vote
12) - Moisés Prado
0 Vote

WHATS 24 HORAS – CLIQUE AQUI

ANÚNCIOS & PUBLICIDADES

ÚLTIMAS DO TWITTER

ANÚNCIOS & PUBLICIDADES

COTAÇÃO DO DÓLAR & EURO

MEGA-SENA – ÚLTIMO RESULTADO:

Mega Sena
Fonte: Caixa Econômica
Boa Sorte

VÍDEOS EM DESTAQUE NAS REDES

error: Conteúdo Protegido ! © Todos os direitos reservados a MatoGrossoAoVivo e suas fontes expressamente citadas.
    /* ]]> */