Análise dos Fatos - Danny Bueno Últimas

“Ponte dos esquecidos” inaugurada com direito a ato político e convite oficial

SINE as moscas

Essa semana nossa equipe fez uma visita discreta ao Sistema Nacional de Empregos – SINE, unidade de Alta Floresta, e ficamos impressionados com a mais completas falta de ofertas de empregos, apesar de diversas pessoas a procura de alguma vaga em qualquer tipo de atividade ou setor disponível, a resposta por parte dos atendentes é sempre a mesma; ” No momento estamos sem ofertas por parte do comércio”.

Pelo jeito a  crise desesperadora que se instalou no país escolheu cidades pequenas e de baixo índice de atividades no setor produtivo pra fazer sua morada.

 

Nada mais do que a obrigação

Na última quinta feira (06/07), foi “inaugurada” a nova ponte da Cidade Alta, na avenida Mato Grosso, um velha novela mexicana já pra lá de batida que incomodava a população em geral a mais de 20 anos, porém, apesar de diversas outras obras paralisadas pelos quatro canto da cidade, o prefeito Asiel Bezerra, achou por bem fazer um “pirotecnia” desnecessária e mandou sua equipe distribuir convites impressos à alguns setores e personalidades política / empresariais do município no intuito de chamar a atenção para a entrega da bendita ponte.

Na boca miúda o que mais se ouvia era justamente a total falta de senso do gestor público em fazer tanto estardalhaço pela entrega de uma ponte que há muito tempo já deveria ter sido reformada.

Falta de apelos e tempo é que não faltaram, enquanto as principais obras, como é o caso da UPAS abandonadas, nenhuma resposta concreta se ouve da boca do prefeito ou de seus secretários>

Provavelmente o foguetório da ponte não serviu pra desviar a atenção da população quanto as mazelas mais essenciais do município, ou será que serviu pra acirrar ainda mais a revolta?.

 

“Só de boa”

Os vereadores de Câmara Municipal de Alta Floresta, tem até o dia 31/07 pra evitar de pensar “na morte da(o) bezerra”, ou pelo menos tentar, é que em todo país, algumas Câmara Municipais, nem todas, entram em um aguardado “recesso parlamentar”, que na verdade não de um anomalia jurídica do nosso poder legislativo pra lá de imoral, porém é legal.

Enquanto isso, você aí se lascando de trabalhar o ano todo pra pagar os salários deles.

Enquanto o município ainda amarga com as ruas sem os já “famigerados” caminhões pipas que a prefeitura nunca licita, e uma lista interminável de problemas que deixariam Nero com inveja de tanto incêndio que existe para apagar aqui e ali por causa da falta de fiscalização e inoperância dos poderes público competentes, nossos representantes do parlamento mirim estarão literalmente, e legalmente, dispensados para ficar de “papo pro ar”.

Resta saber se acaso, ao voltarem  de suas “merecidas” férias de meio de ano, os nobres edis terão em mãos as soluções tão aguardadas para os principais problemas estruturais, econômicos e sociais que o município atravessa, além do mais já estão a frente de seus cargos a mais um ano e tem coisa prometida em palanque, que desde a campanha ainda não foi cumprida.

 

Falando em “Morte da Bezerra”

Definitivamente essa semana, o Promotor de Justiça Criminal de Alta Floresta, Dr. Daniel Carvalho Mariano, engatilhou sua “metralhadora giratória” jurídica e saiu atirando pra tudo quanto é lado, em uma entrevista à Rádio Progresso, atingindo em cheio a administração do prefeito Asiel Bezerra, que segundo ele (promotor), já vem ignorando e descumprindo as recomendações dadas pelo Ministério Público, desde o ano de 2013, quando então já havia detectado um “inchaço” na folha de pagamento do município, que sabe-se lá por quais razões, o teimoso alcaide insiste em manter contratações de âmbito irregular e, segundo o promotor de natureza ilegal.

Conforme a entrevista, o Ministério Público acredita que são em torno de 150 a 200 pessoas com cargos ilegais, cargos que não estão previstos em lei. Além disso, a decisão judicial determina a realização de concurso público, o que vem sendo descumprido pela prefeitura.

Além de desprezar ano a ano as recomendações judiciais do MP, o prefeito Asiel Bezerra ainda fez questão de após reeleito aumentar o número de comissionados e contratos temporários a patamares estratosféricos, que atingem o índices “criminosos” de comprometimento com a arrecadação do município em mais de 70%, inviabilizando assim qualquer outro investimento ou mesmo saldo emergencial que o poder executivo venha necessitar eventualmente.

O problema se estende a outros cargos, como auxiliares gerais, agentes de limpeza, entre outros. Em entrevista, o promotor Daniel Carvalho Mariano disse ainda, que a folha de pagamento do município está acima dos 70%, sendo que o limite constitucional é de 54.5%.

O Promotor de Justiça deu prazo de 15 dias para a administração regularizar a situação sob pena do prefeito Aziel Bezerra e os gestores responderem e pagarem por todos os salários pagos indevidos.

Se acaso a prefeitura promova o concurso público e não mais faça contrações de temporários, muita coisa pode ser evitada em prejuízos futuros ao prefeito no campo da improbidade, e inclusive aos contratados, como a devolução dos salários e perda de direitos e garantias constitucionais trabalhistas, previstas em lei.

 

Promotor com “sangue nos olhos”

Além de dar um ultimato na prefeitura quanto as insistentes contratações ilegais praticadas de forma contumaz pela atual administração, o promotor Daniel Mariano, durante a mesma entrevista que estava dando à Rádio Progresso, assegurou a toda população que vai atuar duramente contra as doações ilegais e irregulares de terrenos no centro do município, bem como nas áreas verdes ao redor da cidade, que segundo ele, “áreas públicas aquilo que é do município e de uso comum, uso especial e bens dominicais, já as áreas verdes são um percentual de lotes reservados obrigatoriamente para atender a população, com a construção de postos de saúdes, academias da terceira idade, praças e outros que atendam a coletividade”.

Ou seja, toda e qualquer igreja, grupo político, empresarial, aliado político ou até mesmo parente de funcionários público que invadiram, receberam doação ou incentivo a invasão destes bens, principalmente para particulares, de forma direta, sem licitação, o que é ilegal, estão na lista dos investigados pelo Ministério Público de Alta Floresta, que haverá de promover um verdadeira devassa na vida dos envolvidos, nessas negociações que lesaram o bem público de forma totalmente arbitrária e inconstitucional.

Inclusive, o que se sabe é que recentemente a INDECO, após mais de uma década de discussão, ganhou na justiça a reintegração de alguns de seus lotes que foram indevidamente repassados pela prefeitura a “terceiros”, descumprindo-se assim cláusulas magnas do acordo estabelecido entre a colonizadora e as primeiras gestões municipais de quando a região, que era de posse da colonizadora, foi transmitida aos primeiros administradores públicos.

Só sei que no “frigir dos ovos”, muita gente graúda da cidade vai poder amargar com enormes prejuízos pela irresponsabilidade e inconsequência de administradores inescrupulosos que se sentem e se comportam acima da lei e do respeito a coisa pública.

Deixe seu comentário e compartilhe, via Facebook ou Whatsapp!

Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu carreira, desde 1991, trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, músico, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo.
(http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Adicionar comentário

Click here to post a comment

Deixe aqui seu comentário!

COTAÇÃO DO DÓLAR & EURO

“RAPIDINHAS”

  • DEMILSON NUNES (PSDB-AF/MT)
    "Iremos promover junto a Câmara a criação de uma audiência pública para convocar e exigir da ENERGISA explicações sobre os aumentos "abusivos e extorsivos" nas contas de energia no município".
  • CHARLES MIRANDA (PSD-AF/MT)
    "Eu atendo desde as 4:00 da manhã nos postos de saúde, e não temos material de apoio, não temos condições para cobrar que os funcionários deem qualidade no atendimento a população".
  • VEREADOR TUTTI (PSDB - AF/MT)
    "A grande esperança do povo brasileiro hoje é a justiça, por que os políticos perderam a "vergonha na cara"".
  • ROSE "DO TRADIÇÃO" (PSL)
    Estou trabalhando forte, visitando vários lugares e municípios, sou pré-candidata a deputada por que tá na hora das pessoas de bem se envolverem na política...

VÍDEOS EM DESTAQUE NAS REDES

_____________________________________

PERGUNTINHA DO MÊS:

Apesar da legalidade, você acha correto os vereadores saírem de férias (recesso) de meio de ano, por 30 dias, com a cidade de Alta Floresta praticamente abandonada as moscas com problemas no setor da saúde e de obras, tais como: queimadas, poeira nos bairros, ruas esburacadas, falta de remédios, falta de médicos, semáforos que não funcionam, maquinário quebrado, caminhões quebrados, coleta de lixo deficiente, lixão a céu aberto, perda de verbas estaduais para o município e tantas outras mazelas que assolam a nossa cidade?

SIGA-ME OS BONS…

ANÚNCIOS & PUBLICIDADES

MEGA-SENA – ÚLTIMO RESULTADO:

Mega Sena
Fonte: Caixa Econômica
Boa Sorte
%d blogueiros gostam disto: