Brasil Política em Foco Últimas Vídeos

BARRACO | Ivo Cassol (PP/RO) e Paulo Rocha (PT/PA) batem boca e trocam empurrões no Senado

Em clima de muita tensão na política do Brasil, a sessão no Senado não apresentou um cenário diferente.

Após a aprovação da reforma trabalhista e da condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a nove anos de seis meses de prisão, os senadores Ivo Cassol (PP-RO) e Paulo Rocha (PT-PA) protagonizaram um forte bate-boca no plenário da Casa, nesta quarta-feira (12) e chegaram a trocar empurrões, tendo que serem separados pelos colegas.

 

A Confusão aconteceu após discurso de Eduardo Lopes (PRB-RJ) contra ocupação do plenário. A tensão, que já era alta no Senado por conta da aprovação da reforma trabalhista e da condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, aumentou nesta quarta-feira (12) após os senadores Ivo Cassol (PP-RO) e Paulo Rocha (PT-PA) protagonizarem um contundente bate-boca no plenário da Casa.

A sessão destinada a discursos precisou ser suspensa em razão do tumulto gerado pela discussão dos dois parlamentares.

Parlamentares da oposição criticaram Lopes, que votou a favor da reforma trabalhista na sessão desta terça (11).
Ao rebater as críticas do senador fluminense, os parlamentares da oposição ressaltaram que o presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse, por meio do Twitter, que a Casa não vai aceitar mudanças no projeto que modificou a Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT).

A declaração de Maia quebra o acordo que o presidente Michel Temer havia feito com senadores da base aliada para assegurar a aprovação da reforma trabalhista no Senado sem alterações, o que obrigaria que texto retornasse para nova votação na Câmara.

Neste momento da discussão, Paulo Rocha chamou Eduardo Lopes de “inocente útil”, e os dois começaram a bater boca.

O senador João Alberto (PMDB-MA), que estava presidindo a sessão, conseguiu fazer com que Eduardo Lopes terminasse o discurso, porém, depois do pronunciamento, Ivo Cassol disse que o senador petista não poderia agir daquela maneira contra colegas.

A intervenção de Cassol intensificou ainda mais a discussão. Encarando-se no meio do plenário, ele e Paulo Rocha passaram a discutir calorosamente.

VEJA OS VÍDEOS DA DISCUSSÃO:

 

Os dois chegaram a trocar empurrões, mas foram contidos por assessores.

Em meio à discussão, Ivo Cassol disse que o PT – partido de Paulo Rocha – havia afundado o país e mandou o petista “tomar vergonha”.

  • Paulo Rocha rebateu. Disse que quem tinha que tomar vergonha era Ivo Cassol, parlamentar que já foi condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) por improbidade administrativa.
  • Cassol, então, disse para Paulo Rocha ir “acudir aqueles que roubaram o Brasil. O petista questionou aos gritos: “quem roubou?”.
  • “Vocês estão assistindo à palhaçada que esse cara [Paulo Rocha] tá fazendo, esculhambou com o senador na tribuna”, ironizou Cassol.
  • Paulo Rocha voltou a chamar Cassol de “inocente útil”. Ele foi contido pela senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR).

Em razão do tumulto, João Alberto suspendeu a sessão por cerca de cinco minutos. Pouco depois, com os ânimos mais calmos, o senador do PMDB retomou a sessão.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook ou Whatsapp!

Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu carreira, desde 1991, trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, músico, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo.
(http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Adicionar comentário

Click here to post a comment

Deixe aqui seu comentário!

COTAÇÃO DO DÓLAR & EURO

“RAPIDINHAS”

  • DEMILSON NUNES (PSDB-AF/MT)
    "Iremos promover junto a Câmara a criação de uma audiência pública para convocar e exigir da ENERGISA explicações sobre os aumentos "abusivos e extorsivos" nas contas de energia no município".
  • CHARLES MIRANDA (PSD-AF/MT)
    "Eu atendo desde as 4:00 da manhã nos postos de saúde, e não temos material de apoio, não temos condições para cobrar que os funcionários deem qualidade no atendimento a população".
  • VEREADOR TUTTI (PSDB - AF/MT)
    "A grande esperança do povo brasileiro hoje é a justiça, por que os políticos perderam a "vergonha na cara"".
  • ROSE "DO TRADIÇÃO" (PSL)
    Estou trabalhando forte, visitando vários lugares e municípios, sou pré-candidata a deputada por que tá na hora das pessoas de bem se envolverem na política...

VÍDEOS EM DESTAQUE NAS REDES

_____________________________________

PERGUNTINHA DO MÊS:

Apesar da legalidade, você acha correto os vereadores saírem de férias (recesso) de meio de ano, por 30 dias, com a cidade de Alta Floresta praticamente abandonada as moscas com problemas no setor da saúde e de obras, tais como: queimadas, poeira nos bairros, ruas esburacadas, falta de remédios, falta de médicos, semáforos que não funcionam, maquinário quebrado, caminhões quebrados, coleta de lixo deficiente, lixão a céu aberto, perda de verbas estaduais para o município e tantas outras mazelas que assolam a nossa cidade?

SIGA-ME OS BONS…

ANÚNCIOS & PUBLICIDADES

MEGA-SENA – ÚLTIMO RESULTADO:

Mega Sena
Fonte: Caixa Econômica
Boa Sorte
%d blogueiros gostam disto: