Policiais da ROTAM/MT são presos e acusados de realizar sequestro para cobrar dívida de agiota

Dois policiais militares de Mato Grosso foram presos pela Polícia Civil do Maranhão. São acusados de  manter uma família refém para cobrar divida na zona rural de Santa Luzia (a 300 quilômetros de São Luiz).

Presos no Maranhão, os dois soldados da ROTAM, ainda não se manifestaram sobre seu envolvimento durante o flagrante realizado pela polícia maranhense que culminou com a prisão dos mesmo no local em que os reféns eram mantidos em cativeiro.

 

Os policiais foram identificados como o soldado Edoriel Tales Taques Albuquerque e cabo Wellington Bispo Nunes.

O caso ocorreu na tarde desta quarta (12). Conforme informações preliminares, os dois estavam prestando apoio na ação e, durante as suas prisões, houve troca de tiros.

Cabia a eles vigiar uma família que estava amarrada em uma casa. Os dois militares e as outras duas pessoas foram presos e encaminhados para a delegacia do município.

Segundo policiais que acompanharam a ocorrência, os policiais de Mato Grosso estavam acompanhados de um agiota. O caso é apurado pela Polícia Civil.

Outro lado

Em nota, o comandante do Policiamento Especializado, coronel Henrique Correa dos Santos, revelou que os policiais viajaram após pedir licença do serviço para resolver questões pessoais. Informa ainda que, além das implicações a que estão sujeitos na Justiça Comum, um Inquérito Policial Militar (IPM) será instaurado pela Corregedoria da PMMT para apurar a conduta de ambos.

A nota destaca que o comando  tomou conhecimento da prisão de dois policiais do Batalhão ROTAM/MT, um cabo e um soldado, no Estado do Maranhão, porém não recebeu nenhuma informação oficial sobre as circunstancias e os crimes a eles imputados.

FONTE:  http://www.rdnews.com.br/

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook ou Whatsapp!

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu a carreira trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, músico, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. (http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Deixe aqui seu comentário!

%d bloggers like this: