Página Inicial / Notícias do Estado / Revoltado por corte de energia, morador de Paranaíta mata a tiros funcionário da Energisa

Revoltado por corte de energia, morador de Paranaíta mata a tiros funcionário da Energisa

O funcionário da Energisa, Gilmar Francisco de Oliveira, foi morto a tiros ao tentar religar a energia elétrica de uma residência no setor de chácaras no município de Paranaíta. O caso aconteceu na segunda-feira (24).

Gilmar Francisco de Oliveira deixa esposa e dois filhos de seis anos, a assessoria da Energisa informou que está prestando toda assistência à família.

 

Segundo informações o funcionário da Energisa e um colega teriam cortado a energia da residência de Wilson Campanharo, 51 anos, por falta de pagamento, em uma residência localizada aos fundos do posto Daserpe, município de Paranaíta e o mesmo teria ficado contrariado com a situação, pela demora na religação, pois o cliente ainda pela manhã fez o pagamento e solicitou a religação através do call center (0800), e exigindo a religação com urgência.

Por volta das 16h, a vítima foi efetuar a religação da unidade consumidora, onde recebeu dois disparos de arma de fogo. O mesmo não resistiu aos ferimentos e veio a óbito ainda no local. O suspeito é procurado pela polícia, após os disparos ele fugiu. A arma utilizada para o crime não foi encontrada.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook ou Whatsapp!

Publicado por » REDAÇÃO DO SITE

Nossa equipe de jornalistas atualiza diariamente um resumo das principais notícias de Alta Floresta e região, de Mato Grosso, do Brasil e do mundo, para manter nosso leitores sempre bem informados.

Que tal ler esta?

Copa Verde 2018: concurso de redações é ampliado

Compartilhar com WhatsApp A Copa Verde 2018 levou muita emoção a grandes torcidas do futebol brasileiro. …

Deixe aqui seu comentário!

%d bloggers like this: