Página Inicial / Notícias do Estado / Paralisação nas unidades do Detran do estado a mais de 60 dias causam um caos na vida dos donos de veículos

Paralisação nas unidades do Detran do estado a mais de 60 dias causam um caos na vida dos donos de veículos

Por unanimidade, os deputados aprovaram em primeira votação, ontem quarta-feira (08/11), o Decreto legislativo que suspende a aplicação de multa e apreensão de veículos durante o período de greve dos servidores do Departamento Nacional de Trânsito (Detran).

Arquivo noticia Exata

 

De autoria das lideranças partidárias, o projeto prevê que as multas e apreensões fiquem suspensas em decorrência da impossibilidade de o contribuinte poder fazer o pagamento do licenciamento do veiculo, por causa da greve.

Os servidores do órgão estão em greve desde setembro devido à ausência de proposta do Governo do Estado em relação ao reajuste salarial pleiteado pela categoria. Eles já se reuniram diversas vezes com membros do Estado, sem solução.
De acordo com a deputada Janaina Riva (PMDB), os paral emantares tem recebido diversas reclamações da população –  e a medida vai contribuir para evitar um problema ainda maior.

“Os carros estão com licenciamento vencido, até porque o Detran ainda se encontra em greve. Muito disso, do Detran fazer essa greve até hoje, também é de nossa responsabilidade. Temos dever de resolver essa questão do Detran. Todos nós parlamentares junto com o Governo do Estado”, disse.

Ainda segundo Janaina, a população não pode ser “responsabilizada pela ineficiência do Governo do Estado”. “O Governo tem tido dificuldade para resolver e estava sendo depositado na conta dos usuários do serviço público do Detran”, afirmou.

O projeto ainda precisa ser colocado para segunda votação para, de fato, ser considerado aprovado. Greve  – A greve se iniciou em setembro quando 930 servidores das unidades do Detran em todo o Estado cruzaram os braços.

A categoria cobra reajuste na tabela salarial que estaria com seis anos de defasagem. Diversas mobilizações foram realizadas pelos servidores, sendo que uma delas terminou em conflito com a Polícia Militar. Na ocasião, três servidores foram presos por desacato, porém, o Sindicato dos Servidores do Detran (Sinetran) reclamou que os policiais militares agiram com truculência com os servidores.

A greve foi parar na justiça, que negou a ilegalidade da paralisação, porém autorizou o Governo do Estado a cortar o ponto dos servidores. Apesar disso, a greve permanece.

Fonte: Karine Miranda – Gazeta Digital

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do MATO GROSSO AO VIVO.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: matogrossoaovivo@gmail.com ou pelo WhatsApp da redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

GIRO SOCIAL | MATO GROSSO AO VIVO

ALAMBIQUE (31/09) - REPLAY - Festa Flash Back

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e whatsApp.

Etiquetas »

Publicado por » REDAÇÃO DO SITE

Nossa equipe de jornalistas atualiza diariamente um resumo das principais notícias de Alta Floresta e região, de Mato Grosso, do Brasil e do mundo, para manter nosso leitores sempre bem informados.

Que tal ler esta?

Deputado entra com pedido de suspensão de pedágios na BR-163

Compartilhar com WhatsApp O deputado federal Nilson Leitão (PSDB-MT), protocolou nesta quarta-feira (08/11), pedido de …

O que você acha disso???

%d bloggers like this: