Notícias do Estado

Registro de boletins de ocorrência será aprimorado para monitorar feminicídios

Resultado de demanda apresentada pela Câmara Técnica de Defesa da Mulher à Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), os boletins de ocorrência registrados em Mato Grosso passarão a contar com um campo para melhorar o monitoramento de casos de feminicídio e inclusão de vínculo familiar. As mudanças precisam ser aprovadas pela Comissão do Sistema de Registro de Ocorrências Policiais (SROP), cuja titularidade será formalizada nos próximos dias.

 

Com isso, a expectativa é aprimorar as estatísticas relacionadas aos crimes contra a mulher e subsidiar políticas públicas de prevenção e repressão. “São medidas importantes que vão acrescentar muito ao trabalho de análise de dados”, explicou a coordenadora de Estatística e Análise Criminal (CEAC) da Sesp, Fabiane de Souza Melo, durante a reunião ordinária da Câmara Técnica, nesta quinta-feira (08).

 

A questão do vínculo, por exemplo, apontará a relação entre o agressor e a vítima, o que facilitará a identificação e acompanhamento dos casos de violência doméstica. Ela ponderou, no entanto, que esta é uma classificação inicial do crime, que pode ser alterada conforme o andamento das investigações e conclusão do inquérito pela delegacia responsável. “A Sesp acompanha os registros de boletins de ocorrência via sistema Business Intelligence (BI), entretanto a natureza poderá ser retificada após análise e investigação da autoridade policial competente”, acrescentou Fabiane Melo.

 

Em função de oito homicídios contra mulheres ocorridos já nos dois primeiros meses de 2018, a defensora pública Rosana Leite, que integra a Câmara, pontuou a necessidade de uma reunião extraordinária com o secretário de Estado de Estado de Segurança Pública, Gustavo Garcia. O encontro será solicitado via ofício com data prevista para 20 de fevereiro. “Precisamos falar sobre esses crimes bárbaros que estão acontecendo, e novas delegacias especializadas de atendimento à mulher são necessidades urgentes”.

 

A Câmara também definiu o envio de ofícios convocando o Poder Judiciário, por meio das varas especializadas de defesa da mulher, e o Ministério Público (MPE) para participarem das reuniões ordinárias. Segundo a coordenadora da Câmara e titular da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher (DEDM), Jozirlethe Criveletto, ressaltou que a parceria destas instituições é fundamental. “Das quatro mil mulheres que passam pela delegacia por ano, cerca de duas mil requerem medida protetiva, e cabe ao juiz determinar a execução desse mecanismo em até 48 horas após o recebimento do pedido da vítima ou do Ministério Público”.

 

Crimes contra a mulher

Mato Grosso apresentou uma redução no número de homicídios dolosos contra mulheres de 18 a 59 anos de idade, entre janeiro e dezembro de 2017, em comparação ao mesmo período de 2016. De acordo com dados da CEAC/SROP, foram 75 casos no ano passado, contra 91 em 2016. O feminicídio é uma classificação adotada como circunstância qualificadora do crime de homicídio, a partir da Lei nº 13.104, de 09 de março de 2015. A prática inclui a violência doméstica e familiar ou simplesmente menosprezo ou discriminação à condição de mulher.

 

A Câmara conta com representantes de diversas instituições, como Núcleo de Defesa da Mulher da Defensoria Pública, Conselho Estadual de Defesa da Mulher (CEDM), Polícia Judiciária Civil (PJC-MT), Polícia Militar (PM-MT), Corpo de Bombeiros Militar, Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT), Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), entre outros.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Registro de boletins de ocorrência será aprimorado para monitorar feminicídios
FONTE: CENÁRIO MATO GROSSO
[divider style=”solid” top=”20″ bottom=”20″][toggle title=”SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO” state=”open”]Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do MATO GROSSO AO VIVO.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: matogrossoaovivo@gmail.com ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.[/toggle]

GIRO SOCIAL | MATO GROSSO AO VIVO



ALAMBIQUE (31/09) - REPLAY - Festa Flash Back




Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

DIRETO DA REDAÇÃO

Nossa equipe de jornalistas atualiza diariamente um resumo das principais notícias de Alta Floresta e região, de Mato Grosso, do Brasil e do mundo, para manter nosso leitores sempre bem informados.

Adicionar comentário

Click here to post a comment

Deixe aqui seu comentário!

COTAÇÃO DO DÓLAR & EURO

“RAPIDINHAS”

  • DEMILSON NUNES (PSDB-AF/MT)
    "Iremos promover junto a Câmara a criação de uma audiência pública para convocar e exigir da ENERGISA explicações sobre os aumentos "abusivos e extorsivos" nas contas de energia no município".
  • CHARLES MIRANDA (PSD-AF/MT)
    "Eu atendo desde as 4:00 da manhã nos postos de saúde, e não temos material de apoio, não temos condições para cobrar que os funcionários deem qualidade no atendimento a população".
  • VEREADOR TUTTI (PSDB - AF/MT)
    "A grande esperança do povo brasileiro hoje é a justiça, por que os políticos perderam a "vergonha na cara"".
  • ROSE "DO TRADIÇÃO" (PSL)
    Estou trabalhando forte, visitando vários lugares e municípios, sou pré-candidata a deputada por que tá na hora das pessoas de bem se envolverem na política...

VÍDEOS EM DESTAQUE NAS REDES

_____________________________________

PERGUNTINHA DO MÊS:

Apesar da legalidade, você acha correto os vereadores saírem de férias (recesso) de meio de ano, por 30 dias, com a cidade de Alta Floresta praticamente abandonada as moscas com problemas no setor da saúde e de obras, tais como: queimadas, poeira nos bairros, ruas esburacadas, falta de remédios, falta de médicos, semáforos que não funcionam, maquinário quebrado, caminhões quebrados, coleta de lixo deficiente, lixão a céu aberto, perda de verbas estaduais para o município e tantas outras mazelas que assolam a nossa cidade?

SIGA-ME OS BONS…

ANÚNCIOS & PUBLICIDADES

MEGA-SENA – ÚLTIMO RESULTADO:

Mega Sena
Fonte: Caixa Econômica
Boa Sorte
%d blogueiros gostam disto: