Notícias do Estado

Unemat concede título de doutor honoris causa a Maldonado

Nesta semana (04.02) o professor Carlos Alberto Reyes Maldonado completaria 57 anos. Falecido em 30 de janeiro de 2016, o professor foi homenageado pela Universidade do Estado de Mato Grosso com a concessão do segundo título de doutor honoris causa da Unemat.

A homenagem foi aprovada pelo Conselho Universitário, pela unanimidade dos conselheiros, na 1ª sessão ordinária de 2018 que aconteceu nos dias 30 e 31 de janeiro de 2018 no câmpus universitário do Médio Araguaia, em Luciara, que é um câmpus representativo da luta pela interiorização da educação superior da Unemat. A entrega do título in memoriam deve ocorrer na próxima sessão do Consuni, prevista para março.

Desde a morte do professor Maldonado, a Unemat vem reconhecendo os esforços e lutas empreendidos em prol da Unemat. Ainda em 2016, o Consuni aprovou a mudança do nome da universidade para Universidade do Estado de Mato Grosso “Carlos Alberto Reyes Maldonado”, a proposta tramita atualmente na Assembleia Legislativa de Mato Grosso.

Durante a sessão do Consuni, a reitora professora Ana Maria Di Renzo, ao indicar e defender a concessão da honraria in memoriam afirmou que a “Unemat deve estar consciente, sobretudo, de que, com esse gesto, a Instituição também assume os riscos e os desafios de adotar como inspiração permanente a figura inquietante e desposada deste homem, cuja a síntese utópica resultou na Unemat grande e forte que temos hoje”.

O professor Carlos Maldonado tem seu nome marcado na história da Unemat, pois era o diretor da Fundação Centro de Ensino Superior de Cáceres (FCESC) no período de 1989 a 1993, momento em que a Instituição amplia sua atuação para outros municípios de Mato Grosso além de Cáceres. Ele também foi o responsável por formular e implantar o projeto de criação da Universidade do Estado de Mato Grosso, sendo seu primeiro reitor.

Ele ingressou na Instituição em 1986 como professor contratado, em seguida assumiu a função de coordenador da Instituição e após a criação da Unemat assume a função de reitor nomeado, sendo eleito em seguida para ocupar a função de reitor para comandar a Instituição em 1994 e ficou no cargo até 1996 quando renunciou para assumir a função de secretário de Educação de Mato Grosso, função que exerceu entre os anos de 1996 e 1997. Também foi secretário de Educação de Cuiabá entre os anos de 2000 a 2004, e exerceu a função de coordenador regional da Unesco em Mato Grosso e coordenador da Consulta da Carta da Terra no Brasil.

Além da Unemat, o Conselho Estadual de Educação de Mato Grosso instituiu em 2017 quatro honrarias educacionais, sendo que a mais alta destas honrarias, a Medalha de Honra ao Mérito Educacional, leva o nome de Carlos Alberto Reyes Maldonado.

Pautas

Além da concessão do título doutor honoris causa ao professor Maldonado in memoriam e também da entrega solene do título de doutor honoris causa ao bispo emérito Dom Pedro Casaldáliga, em cerimônia realizada em São Félix do Araguaia, no dia 31 de janeiro, os conselheiros também deliberaram sobre a Política de Internacionalização da Universidade do Estado de Mato Grosso, que deverá se desdobrar em programas e ações específicas dentro da Instituição.

Outros dois temas debatidos trata dos resultados das comissões instituídas para discutir a assiduidade docente e os regimentos das faculdades. A deliberação do Consuni sobre esses temas foi de que fossem instituídas comissões específicas por meio da Reitoria para avaliar e estudar as propostas já existentes a fim de culminar com a redação de Instruções Normativas a serem implementadas e só então retornar ao conselho para a redação de resoluções e regimentos específicos.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Unemat concede título de doutor honoris causa a Maldonado
FONTE: CENÁRIO MATO GROSSO
[divider style=”solid” top=”20″ bottom=”20″][toggle title=”SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO” state=”open”]Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do MATO GROSSO AO VIVO.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: matogrossoaovivo@gmail.com ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.[/toggle]

GIRO SOCIAL | MATO GROSSO AO VIVO



ALAMBIQUE (31/09) - REPLAY - Festa Flash Back




Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

DIRETO DA REDAÇÃO

Nossa equipe de jornalistas atualiza diariamente um resumo das principais notícias de Alta Floresta e região, de Mato Grosso, do Brasil e do mundo, para manter nosso leitores sempre bem informados.

Adicionar comentário

Click here to post a comment

Deixe aqui seu comentário!

COTAÇÃO DO DÓLAR & EURO

“RAPIDINHAS”

  • DEMILSON NUNES (PSDB-AF/MT)
    "Iremos promover junto a Câmara a criação de uma audiência pública para convocar e exigir da ENERGISA explicações sobre os aumentos "abusivos e extorsivos" nas contas de energia no município".
  • CHARLES MIRANDA (PSD-AF/MT)
    "Eu atendo desde as 4:00 da manhã nos postos de saúde, e não temos material de apoio, não temos condições para cobrar que os funcionários deem qualidade no atendimento a população".
  • VEREADOR TUTTI (PSDB - AF/MT)
    "A grande esperança do povo brasileiro hoje é a justiça, por que os políticos perderam a "vergonha na cara"".
  • ROSE "DO TRADIÇÃO" (PSL)
    Estou trabalhando forte, visitando vários lugares e municípios, sou pré-candidata a deputada por que tá na hora das pessoas de bem se envolverem na política...

VÍDEOS EM DESTAQUE NAS REDES

_____________________________________

PERGUNTINHA DO MÊS:

Apesar da legalidade, você acha correto os vereadores saírem de férias (recesso) de meio de ano, por 30 dias, com a cidade de Alta Floresta praticamente abandonada as moscas com problemas no setor da saúde e de obras, tais como: queimadas, poeira nos bairros, ruas esburacadas, falta de remédios, falta de médicos, semáforos que não funcionam, maquinário quebrado, caminhões quebrados, coleta de lixo deficiente, lixão a céu aberto, perda de verbas estaduais para o município e tantas outras mazelas que assolam a nossa cidade?

SIGA-ME OS BONS…

ANÚNCIOS & PUBLICIDADES

MEGA-SENA – ÚLTIMO RESULTADO:

Mega Sena
Fonte: Caixa Econômica
Boa Sorte
%d blogueiros gostam disto: