Últimas

MT Saúde diz que deve R$ 38 milhões a hospitais e laboratórios por falta de repasses do estado

Sem receber, unidades de saúde pararam de atender pelo plano. Servidores públicos reclamam das dificuldades em conseguir atendimento.

mt-saude

MT Saúde tem uma dívida de R$ 38 milhões com os hospitais e laboratórios que atendem pelo plano de saúde, que atende os servidores públicos do estado, de acordo com o Conselho Deliberativo do MT Saúde. Por causa disso, os hospitais particulares estão se descredenciando do plano.

Desde 2016, os repasses de responsabilidade do governo do estado estão sendo feitos com atraso.

“O estado está devendo R$ 38 milhões para o MT Saúde e essa é a dívida que o MT Saúde tem com a rede”, disse o servidor público Gilmar Brunetto, que é conselheiro, afirmou que o MT Saúde vem “sofrendo colapsos” desde 2012, quando os valores arrecadados tornaram-se insuficientes para manutenção da rede credenciada.

Dependentes do MT Saúde reclamam que pagam e não conseguem atendimento

Dependentes do MT Saúde reclamam que pagam e não conseguem atendimento

Atualmente, segundo o Conselho, que é formado por servidores públicos, o MT Saúde tem 23 mil usuários. Destes, 13 mil são dependentes. Seriam necessários mais cerca de 50 mil usuários, sendo que 20 mil jovens para que conseguir equilibrar as contas e sanar a dívida com a rede de hospitais credenciados.

De acordo com ele, o plano precisa ser readequado porque o dinheiro recolhido não é suficiente para bancar os custos. As despesas do plano giram em torno de R$ 11 milhões e o valor pago por todos os servidores não passa dos R$ 5 milhões.

 Por causa dos constantes problemas envolvendo o plano, muitos usuários procuraram a Justiça para tentar atendimento, como é o caso da servidora Célia Regina Pedroso, que precisa fazer uma mamografia e não consegue. Ela ingressou com um pedido na Justiça em busca de atendimento.

Cirurgias e exames mais complexos são feitos somente com liminares judiciais. Já são mais de mil de 400 processos abertos contra o MT Saúde.

“Fui orientada a pagar pelo exame e depois entrar na Justiça para o ressarcimento”, contou a servidora.

Atualmente, na Grande Cuiabá, apenas dois hospitais ainda estão atendendo os pacientes do MT Saúde.

O MT Saúde existe desde 2004. Parte do plano é paga pelos servidores e tem a contrapartida do estado.

A maioria dos servidores não quer abandonar o plano, porque ele é mais barato que os convênios particulares.

“Não me importa em pagar um pouco mais, desde que que tenha qualidade nos serviços”, disse a servidora Célia Regina Pedroso.

O presidente do MT Saúde, Maurélio Ribeiro, disse que depende do entendimento do governo do estado. “Fazemos o gerenciamento desse recurso que vem do estado de Mato Grosso, que é composto pela receita do governo e do pagamento do beneficiário. O dinheiro chegando no momento certo a gente tenta se organizar”, afirmou.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:MT Saúde diz que deve R$ 38 milhões a hospitais e laboratórios por falta de repasses do estado
FONTE: DIÁRIONEWS
[divider style=”solid” top=”20″ bottom=”20″][toggle title=”SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO” state=”open”]Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do MATO GROSSO AO VIVO.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: matogrossoaovivo@gmail.com ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.[/toggle]

GIRO SOCIAL | MATO GROSSO AO VIVO



ALAMBIQUE (31/09) - REPLAY - Festa Flash Back




Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

DIRETO DA REDAÇÃO

Nossa equipe de jornalistas atualiza diariamente um resumo das principais notícias de Alta Floresta e região, de Mato Grosso, do Brasil e do mundo, para manter nosso leitores sempre bem informados.

Adicionar comentário

Click here to post a comment

Deixe aqui seu comentário!

COLUNISTA | DANNY BUENO

“RAPIDINHAS”

  • DEMILSON NUNES (PSDB-AF/MT)
    "Iremos promover junto a Câmara a criação de uma audiência pública para convocar e exigir da ENERGISA explicações sobre os aumentos "abusivos e extorsivos" nas contas de energia no município".
  • CHARLES MIRANDA (PSD-AF/MT)
    "Eu atendo desde as 4:00 da manhã nos postos de saúde, e não temos material de apoio, não temos condições para cobrar que os funcionários deem qualidade no atendimento a população".
  • ROSE "DO TRADIÇÃO" (PSL)
    Estou trabalhando forte, visitando vários lugares e municípios, sou pré-candidata a deputada por que tá na hora das pessoas de bem se envolverem na política...
  • Sergio Moro - Futuro Ministro da Justiça
    Fiz com certo pesar, ...No entanto, a perspectiva de implementar uma forte agenda anticorrupção e anticrime organizado, com respeito à Constituição, à lei e aos direitos, levaram-me a tomar esta decisão.

PERGUNTINHA DO MÊS:

Os votos que foram distribuídos entre 6 candidatos em condições de representar Alta Floresta, poderiam ter elegido pelo menos um deputado estadual, você acha que a região mereceu ficar sem nenhum representante local na Assembleia Legislativa, pela falta de coordenação política dos nossos representantes?

ANÚNCIOS & PUBLICIDADES

COTAÇÃO DO DÓLAR & EURO

MEGA-SENA – ÚLTIMO RESULTADO:

Mega Sena
Fonte: Caixa Econômica
Boa Sorte

VÍDEOS EM DESTAQUE NAS REDES

Nenhum Banner adicionado

error: Conteúdo Protegido ! © Todos os direitos reservados a MatoGrossoAoVivo e suas fontes expressamente citadas.
    /* ]]> */