Notícias do Estado

Pacientes são orientados para cuidados no pós-operatório

Todos os pacientes operados durante as edições da Caravana da Transformação são avaliados no pós-operatório imediato (24h após o procedimento). Nesta terça-feira (27.02), as pessoas que realizaram a cirurgia na segunda-feira passaram por observação de um dos médicos que atende na 12ª edição da Caravana, em Cáceres. Acomodados no ginásio esportivo da cidade universitária da Unemat, eles receberam orientações básicas e encaminhamento para o processo cirúrgico nos casos em que demandam o outro olho. A avaliação foi realizada pelo médico Eduardo Macedo.

 

O uso diário do colírio é um item essencial na recuperação e deve ser aplicada uma gota quatro vezes ao dia, durante 10 dias rigorosamente. Depois, mais 20 dias de uso do colírio, com menos rigor. O remédio é entregue gratuitamente junto com o óculo escuro, após a cirurgia.

 

No geral, os cuidados são simples, mas devem ser seguidos corretamete. Entre eles estão evitar peso, manter as mãos sempre limpas – uma vez que institivamente são levadas aos olhos – não usar lenço de pano ou toalhas nos olhos. “O indicado é lenço de papel descartável e não reutilizar. Usou, joga no lixo”, frisou o médico, acrescentando que além de manter tanto os olhos, como as mãos sempre limpos. Todas as as exigências são para evitar infecções.

 

Clóvis Pereira dos Santos, um senhor de 84 anos de Mirassol D’Oeste, estava animado para a próxima cirurgia. Ele não enxergava dos dois olhos, sendo que o esquerdo era mais grave e já operou. “Eu não distinguia as pessoas, era tudo um vulto. Agora começou a clarear e ficar boa. Só seguir as orientações e fazer a outra”, explicou o aposentado, que estava acompanhado da neta Aline Bitencourt Almeida.

Segundo ela, a vitalidade dele é impressionante. “Ele carpina, faz horta, pequenas obras de construção. Com a visão restabelecida ele ficará ainda mais ágil. Sei que a gente paga impostos e esse evento é como se fosse um retorno do nosso dinheiro. Mas precisa que alguém toma uma iniciativa e o Estado desta vez encabeçou a atitude. O resultado é muito gratificante”, elogiou.

Seu Manuel Aluízio Atayde, 62 anos, há cinco anos estava acostumado a enxergar apenas vultos, era tudo escuro. Conta que era uma dificuldade assistir televisão, pois tinha que colocar o rosto bem próximo do aparelho. “Foram muitas quedas, tropeços. Eu caía muito, levantava, e mesmo assim nunca procurei tratamento. Agora minha filha buscou ajuda quando soube da Caravana. Graças a Deus meu olho já está bem mais claro, estou vendo ainda meio embaçado por causa do pouco tempo de operado. Amanhã foi fazer do outro e depois é só fazer os cuidados que o médico falou. Na verdade os cuidados começaram desde o atendimento, a equipe é muito atenciosa”, declarou.

 

Mais dois pós-operatórios

Além acompanhamento após as 24 horas de cirurgia, os pacientes são avaliados novamente com 7 dias e, posteriormente, em 30 dias.

 

Vale ressaltar que as cirurgias de catarata realizadas na Caravana da Transformação são em nível ambulatorial, ou seja, com anestesia tópica aplicada no olho. Segundo Simone Balena, coordenadora de saúde da Caravana, se o paciente tem condições é feito o processo em nível ambulatorial. Caso seja portador de alguma patologia que requeira mais atenção, é encaminhado para ambiente em rede hospitalar.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Pacientes são orientados para cuidados no pós-operatório
FONTE: CENÁRIO MATO GROSSO
[divider style=”solid” top=”20″ bottom=”20″][toggle title=”SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO” state=”open”]Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do MATO GROSSO AO VIVO.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: matogrossoaovivo@gmail.com ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.[/toggle]

GIRO SOCIAL | MATO GROSSO AO VIVO



ALAMBIQUE (31/09) - REPLAY - Festa Flash Back




Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

DIRETO DA REDAÇÃO

Nossa equipe de jornalistas atualiza diariamente um resumo das principais notícias de Alta Floresta e região, de Mato Grosso, do Brasil e do mundo, para manter nosso leitores sempre bem informados.

Adicionar comentário

Click here to post a comment

Deixe aqui seu comentário!

COTAÇÃO DO DÓLAR & EURO

PERGUNTINHA DO MÊS:

Você votaria em um candidato a deputado estadual que está atolado até o pescoço em denúncias de corrupção, desvio de dinheiro e teve seus bens confiscados pela justiça por prováveis participações em esquema políticos criminosos?

- FOTO (São réus Romoaldo Aloisio Boraczynski Junior, Mauro Luiz Savi e Gilmar Donizete Fabris. Além deles, outras 9 pessoas foram denunciadas. O bloqueio completará a retenção de valores empregada no início do processo, em 2016.)

“RAPIDINHAS”

  • DEMILSON NUNES (PSDB-AF/MT)
    "Iremos promover junto a Câmara a criação de uma audiência pública para convocar e exigir da ENERGISA explicações sobre os aumentos "abusivos e extorsivos" nas contas de energia no município".
  • CHARLES MIRANDA (PSD-AF/MT)
    "Eu atendo desde as 4:00 da manhã nos postos de saúde, e não temos material de apoio, não temos condições para cobrar que os funcionários deem qualidade no atendimento a população".
  • VEREADOR TUTTI (PSDB - AF/MT)
    "A grande esperança do povo brasileiro hoje é a justiça, por que os políticos perderam a "vergonha na cara"".
  • ROSE "DO TRADIÇÃO" (PSL)
    Estou trabalhando forte, visitando vários lugares e municípios, sou pré-candidata a deputada por que tá na hora das pessoas de bem se envolverem na política...

SIGA-ME OS BONS…

VÍDEOS EM DESTAQUE NAS REDES

_____________________________________

ANÚNCIOS & PUBLICIDADES

MEGA-SENA – ÚLTIMO RESULTADO:

Mega Sena
Fonte: Caixa Econômica
Boa Sorte
%d blogueiros gostam disto: