Notícias do Estado

Juros de faixa intermediária do Fies devem ser vinculados à taxa do BNDES

Os financiamentos da faixa intermediária do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) devem ser iguais ou menores que a Taxa de Longo Prazo (TLP), determinou hoje (28) o Conselho Monetário Nacional (CMN) em reunião extraordinária. Até o fim de março, a TLP está em 6,76% ao ano.   A determinação vale para a modalidade 2 do Fies, destinada a famílias do Norte, do Nordeste e do Centro-Oeste com renda familiar per capita de três a cinco salários mínimos. A TLP corrige os financiamentos concedidos desde o início do ano pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).   Apesar de a TLP servir como base para os juros da modalidade 2, o CMN permitiu que as instituições financeiras levem em conta outros fatores na hora de definir a taxa. Os parâmetros extras, informou o Tesouro Nacional, farão com que a taxa final para o aluno fique igual ou um pouco menor que a TLP.   Em janeiro, o CMN tinha definido os juros da modalidade 1, destinada a universitários com renda familiar per capita de até três salários mínimos por mês. Na ocasião, o Conselho Monetário estabeleceu que os estudantes de baixa renda terão financiamentos com juros reais zero, ou seja, com as prestações corrigidas exclusivamente pela inflação .   Desde o início do ano, a TLP começou a substituir gradualmente a Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP) nos novos financiamentos do BNDES. Calculada com base na inflação oficial mais os juros dos títulos públicos atrelados a índices de preços, a nova taxa é mais próxima dos juros de mercado e tem como objetivo reduzir os gastos do governo com os subsídios ao banco de fomento.   Em 2018, o Fies beneficiará 310 mil estudantes de curso superior, divididos em três categorias. A faixa 1 terá 100 mil vagas com juros reais iguais a zero. Nessa modalidade, os financiamentos são cobertos pelo novo Fundo Garantidor do Fies, que paga aos bancos eventuais calotes dos beneficiários.   Segundo o Ministério da Fazenda, quando o estudante começar a pagar o empréstimo, após a formatura, as parcelas serão descontadas diretamente do salário para reduzir o risco de inadimplência. O estudante começará a pagar as prestações no primeiro mês após a conclusão do curso, assim que conseguir trabalho, por até 14 anos.   Para a segunda faixa de crédito, estão destinadas 150 mil vagas. Os financiamentos serão concedidos com recursos dos fundos constitucionais e de desenvolvimento do Norte, do Nordeste e do Centro-Oeste. A terceira modalidade do Fies destina 60 mil vagas a estudantes com renda familiar per capita de até cinco salários mínimos para estudantes de todo o país. Os juros nessa faixa também serão um pouco acima da inflação.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Juros de faixa intermediária do Fies devem ser vinculados à taxa do BNDES
FONTE: CENÁRIO MATO GROSSO
[divider style=”solid” top=”20″ bottom=”20″][toggle title=”SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO” state=”open”]Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do MATO GROSSO AO VIVO.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: matogrossoaovivo@gmail.com ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.[/toggle]

GIRO SOCIAL | MATO GROSSO AO VIVO



ALAMBIQUE (31/09) - REPLAY - Festa Flash Back




Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

DIRETO DA REDAÇÃO

Nossa equipe de jornalistas atualiza diariamente um resumo das principais notícias de Alta Floresta e região, de Mato Grosso, do Brasil e do mundo, para manter nosso leitores sempre bem informados.

Adicionar comentário

Click here to post a comment

Deixe aqui seu comentário!

COLUNISTA | DANNY BUENO

“RAPIDINHAS”

  • DEMILSON NUNES (PSDB-AF/MT)
    "Iremos promover junto a Câmara a criação de uma audiência pública para convocar e exigir da ENERGISA explicações sobre os aumentos "abusivos e extorsivos" nas contas de energia no município".
  • CHARLES MIRANDA (PSD-AF/MT)
    "Eu atendo desde as 4:00 da manhã nos postos de saúde, e não temos material de apoio, não temos condições para cobrar que os funcionários deem qualidade no atendimento a população".
  • ROSE "DO TRADIÇÃO" (PSL)
    Estou trabalhando forte, visitando vários lugares e municípios, sou pré-candidata a deputada por que tá na hora das pessoas de bem se envolverem na política...
  • Sergio Moro - Futuro Ministro da Justiça
    Fiz com certo pesar, ...No entanto, a perspectiva de implementar uma forte agenda anticorrupção e anticrime organizado, com respeito à Constituição, à lei e aos direitos, levaram-me a tomar esta decisão.

PERGUNTINHA DO MÊS:

Os votos que foram distribuídos entre 6 candidatos em condições de representar Alta Floresta, poderiam ter elegido pelo menos um deputado estadual, você acha que a região mereceu ficar sem nenhum representante local na Assembleia Legislativa, pela falta de coordenação política dos nossos representantes?

ANÚNCIOS & PUBLICIDADES

VÍDEOS EM DESTAQUE NAS REDES

_____________________________________

ANÚNCIOS & PUBLICIDADES

COTAÇÃO DO DÓLAR & EURO

MEGA-SENA – ÚLTIMO RESULTADO:

Mega Sena
Fonte: Caixa Econômica
Boa Sorte
    /* ]]> */