Notícias do Estado

Mais de 200 pessoas são presas nas primeiras horas da operação Bairro Seguro

Duzentas e trinta e seis pessoas são presas e 2.138 foram abordadas apenas nas primeiras horas da operação “Bairro Seguro”, deflagrada na manhã desta quarta-feira (28), pela Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp-MT), nos 141 municípios de Mato Grosso. O foco desta ação integrada é o combate ao tráfico de drogas e a redução da criminalidade.

 

O secretário estadual de Segurança Pública, Gustavo Garcia, destacou que o combate ao tráfico de drogas é uma forma de dar respostas à sociedade, garantindo paz e ordem em Mato Grosso. “Dentro do tráfico de drogas pode ter pessoas que tenham relações com facções. Caso seja constatado com as investigações que a pessoa faz parte de uma facção, ela vai responder por isso, com pena que pode chegar até a oito anos de prisão”, explicou.

 

Das 236 prisões, são: 48 mandados de busca e apreensão, 68 mandados de prisão, internação cautelar e prisão temporária, 38 em flagrante e 82 pessoas foram conduzidas para prestar esclarecimento.

 

Um dos reflexos da operação “Bairro Seguro” é a redução de crimes em todos os municípios. Na região metropolitana de Cuiabá, por exemplo, não é registrado nenhum homicídio há seis dias. “A operação Bairro Seguro vem justamente para isso, dar tranquilidade à sociedade”, disse o delegado Cley Celestino Batista, da Delegacia Regional de Cuiabá.

 

Entre as primeiras apreensões realizadas no Estado estão 11 armas de fogo, 16 veículos e 10 kg de drogas. Foram abordados 1.196 automóveis e 10 foram recuperados e/ou localizados. “A Secretaria de Estado de Segurança Pública quer garantir a sensação de segurança, aumentar a repressão contra o tráfico e contra facções criminosas que atuam no Estado, tirar de circulação armas de fogo, afim de reduzir índices de homicídios e de roubos e sufocar o tráfico de drogas”, disse o secretário Gustavo Garcia

 

O delegado-geral da Polícia Judiciária Civil, Fernando Vasco Spinelli, reforçou que as ações integradas são contínuas e importante. “Com isso os criminosos são retirados das ruas e levamos [Segurança Pública] resultados que a população de Mato Grosso espera e merece”.

 

Para o subchefe de Estado Maior, coronel Henrique Correia da Silva Santos, a ação conjunta entre as instituições de segurança pública representa “uma resposta rápida e eficiente, garantindo mais sensação de segurança aos cidadãos”.

 

Uma das ações do Corpo de Bombeiros na “Bairro Seguro” é a fiscalização em casas noturnas, bares, lanchonetes, etc. Até agora foram fiscalizados 46 estabelecimentos. O helicóptero do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) também tem realizando apoio na operação.

 

A operação “Bairro Seguro” conta com mais de 1.200 profissionais das forças de segurança., entre Policia Militar, Polícia Judiciária Civil, Corpo de Bombeiros Militar, Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer). “Os servidores das forças de segurança estão extremamente motivados e por conta disso os índices estão melhorando cada vez mais”, observa Gustavo Garcia.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Mais de 200 pessoas são presas nas primeiras horas da operação Bairro Seguro
FONTE: CENÁRIO MATO GROSSO
[divider style=”solid” top=”20″ bottom=”20″][toggle title=”SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO” state=”open”]Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do MATO GROSSO AO VIVO.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: matogrossoaovivo@gmail.com ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.[/toggle]

GIRO SOCIAL | MATO GROSSO AO VIVO



ALAMBIQUE (31/09) - REPLAY - Festa Flash Back




Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

O que achou desta notícia?
Deixe aqui sua opinião!

 

 

SEJA UM "REPÓRTER CIDADÃO"

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do MATO GROSSO AO VIVO.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: matogrossoaovivo@gmail.com ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 - 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

____________________________________________________

GIRO SOCIAL | MATO GROSSO AO VIVO

DIVINA PIZZA

ALAMBIQUE

ALAMBIQUE (31/09) - REPLAY - Festa Flash Back

ROTA 208

Deixe seu comentário ao final da página e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

DIRETO DA REDAÇÃO

Nossa equipe de jornalistas atualiza diariamente um resumo das principais notícias de Alta Floresta e região, de Mato Grosso, do Brasil e do mundo, para manter nosso leitores sempre bem informados.

Adicionar comentário

Click here to post a comment

Deixe aqui seu comentário!

COLUNISTA | DANNY BUENO

PERGUNTINHA DO MÊS:

As chuvas fortes provocam cada vez mais alagamentos e transtornos aos moradores e empresas de Alta Floresta, devido a falta de investimento no saneamento, você considera que o descaso, abandono a falta de responsabilidade pelos problemas nunca solucionados provocados pela chuva seja de qual setor do poder público?

A) - Prefeitura

B) - Câmara de vereadores

C)- Deputados estaduais

D) - Deputados federais

E) - Ministério Público

ANÚNCIOS & PUBLICIDADES

ÚLTIMAS DO TWITTER

ANÚNCIOS & PUBLICIDADES

COTAÇÃO DO DÓLAR & EURO

MEGA-SENA – ÚLTIMO RESULTADO:

Mega Sena
Fonte: Caixa Econômica
Boa Sorte

Produção Fotográfica

VÍDEOS EM DESTAQUE NAS REDES

error: Conteúdo Protegido ! © Todos os direitos reservados a MatoGrossoAoVivo e suas fontes expressamente citadas.
    /* ]]> */