Página Inicial / Notícias do Estado / Líderes pedem garantias de que eleição na Venezuela seja justa e democrática

Líderes pedem garantias de que eleição na Venezuela seja justa e democrática

Os chefes de Estado e de Governo do Grupo de Lima, formado por 14 países das Américas que se opõem politicamente à administração de Nicolás Maduro, além do primeiro ministro das Bahamas e do vice-presidente dos Estados Unidos, divulgaram uma declaração conjunta na noite de sábado (14), em Lima, ao final da Cúpula das Américas, em que manifestam preocupação com “o agravamento da crise política, econômica, social e humanitária” da Venezuela.

O grupo de Lima é composto por Argentina, Brasil, Canadá, Chile, Colômbia, Costa Rica, Guatemala, Guiana, Honduras, México, Panamá, Paraguai, Peru e Santa Lúcia.

No comunicado, os países fazem um chamamento “urgente” ao governo venezuelano para que as próximas eleições presidenciais, previstas para o dia 20 de maio, tenham as “garantias necessárias para um processo livre, justo, transparente e democrático, sem presos políticos, que inclua a participação de todos os atores políticos venezuelanos” e dizem que o resultado das eleições não terá legitimidade e credibilidade se essas condições não forem respeitadas.

Os chefes de Estado e de Governo também reforçaram o pedido já feito ao governo venezuelano para que permita a entrada de ajuda humanitária no país e convidam “organismos especializados, agências, fundos e programas do Sistema das Nações Unidas e da OEA” a iniciarem de “maneira imediata” um programa de assistência humanitária “para aliviar a situação de sofrimento e escassez sofrida pelo povo da Venezuela” em decorrência da crise de abastecimento no país, especialmente alimentos e remédios.

A declaração também encoraja membros da comunidade internacional “a apoiar os esforços e decisões dos países da região, a fim de contribuir para o restabelecimento da democracia na Venezuela”.

No texto, os países reafirmam seu apoio à Assembleia Nacional da Venezuela e dizem que “os atos jurídicos que conforme à sua Constituição requeiram autorização da mencionada assembleia somente serão reconhecidos quando esta os tiver aprovado”.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Líderes pedem garantias de que eleição na Venezuela seja justa e democrática
FONTE: CENÁRIO MATO GROSSO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do MATO GROSSO AO VIVO.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: matogrossoaovivo@gmail.com ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.


GIRO SOCIAL | MATO GROSSO AO VIVO



ALAMBIQUE (31/09) - REPLAY - Festa Flash Back




Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » REDAÇÃO DO SITE

Nossa equipe de jornalistas atualiza diariamente um resumo das principais notícias de Alta Floresta e região, de Mato Grosso, do Brasil e do mundo, para manter nosso leitores sempre bem informados.

Que tal ler esta?

Projeto de R$ 1 bi obtém licença prévia e pode gerar mais de 1.500 postos de trabalho

Compartilhar com WhatsApp A Nexa Resources (ex-Votorantim Metais) obteve a licença prévia/LP, expedida pela Secretaria …

Deixe aqui seu comentário!

%d bloggers like this: