Notícias do Estado

Catorze mortes e mais de 100 crimes de LGBTfobia foram denunciados em MT em 2017

Em Mato Grosso, entre janeiro e dezembro de 2017, foram registradas 14 mortes e 114 casos de violência contra lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais – grupos que compõem a sigla LGBT. Os dados são do setor de estatística da Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp-MT).

 

Os números de ocorrências de homofobia registradas apenas no início deste ano também chamam a atenção. Em apenas quatro meses, foram oito mortes e 33 crimes registrados pela Polícia Civil.

 

Nesta quinta-feira (17) é celebrado o Dia Internacional de Combate à Homofobia, quando são realizados atos em todo o mundo para combater a violência contra pessoas por identidade de gênero e/ou orientação sexual. Foi nesta data, em 1990, que a Organização Mundial de Saúde (OMS) retirou o termo “homossexualismo” da lista de doenças e problemas de saúde.

 

Segundo o Grupo Estadual de Combate aos Crimes de Homofobia (GECCH), da Sesp, em relação ao ano de 2016, o número de homicídios de pessoas do grupo LGBT aumentou 50% em todo o estado.

 

Entre os casos que mais chamaram a atenção em 2017 está o da travesti de 22 anos, que foi atropelada em um ponto de prostituição em Várzea Grande, na região metropolitana de Cuiabá, depois que a vítima se negou a fazer um programa com o suspeito do crime por R$ 17.

 

O caso ocorreu em julho de 2017 e o suspeito do crime de 28 anos, chegou a ter a prisão decretada pela Justiça e foi detido em outubro de 2017, no bairro Osmar Cabral, em Cuiabá. Até então, ele respondia pelo crime em liberdade.Ele morreu de causas naturais naquele mesmo ano.

 

Outro caso ocorreu em Rondonópolis, quando a travesti de 30 anos, foi morta a tiros em junho daquele ano, após uma discussão, com um homem de 24 anos, que foi preso em setembro, acusado de cometer o crime.

 

Ele teria xingado a vítima e outras travestis na rua. A vítima revidou as agressões verbais e o homem foi até a casa dele, pegou uma arma de fogo e voltou ao local da discussão para cometer o crime. O suspeito foi encontrado em um barraco de madeira no bairro Pedra 90.

 

Ocorrências
Em Mato Grosso, desde 2009, os boletins de ocorrências registrados contam com a motivação de homofobia. Em 2010 foi incluído o campo para nome social de travestis e transexuais e em 2016 passou a conter a orientação sexual.

 

Em 2016, foram registradas sete mortes motivadas por LGBTfobia. Em 2011, foram nove assassinatos registrados; em 2012, foram oito; em 2013 , o número de casos subiu para 11; o ano de 2014 fechou com 10 casos e, em 2015, foram sete ocorrências.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Catorze mortes e mais de 100 crimes de LGBTfobia foram denunciados em MT em 2017
FONTE: CENÁRIO MATO GROSSO
[divider style=”solid” top=”20″ bottom=”20″][toggle title=”SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO” state=”open”]Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do MATO GROSSO AO VIVO.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: matogrossoaovivo@gmail.com ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.[/toggle]

GIRO SOCIAL | MATO GROSSO AO VIVO



ALAMBIQUE (31/09) - REPLAY - Festa Flash Back




Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

DIRETO DA REDAÇÃO

Nossa equipe de jornalistas atualiza diariamente um resumo das principais notícias de Alta Floresta e região, de Mato Grosso, do Brasil e do mundo, para manter nosso leitores sempre bem informados.

Adicionar comentário

Click here to post a comment

Deixe aqui seu comentário!

COTAÇÃO DO DÓLAR & EURO

“RAPIDINHAS”

  • DEMILSON NUNES (PSDB-AF/MT)
    "Iremos promover junto a Câmara a criação de uma audiência pública para convocar e exigir da ENERGISA explicações sobre os aumentos "abusivos e extorsivos" nas contas de energia no município".
  • CHARLES MIRANDA (PSD-AF/MT)
    "Eu atendo desde as 4:00 da manhã nos postos de saúde, e não temos material de apoio, não temos condições para cobrar que os funcionários deem qualidade no atendimento a população".
  • VEREADOR TUTTI (PSDB - AF/MT)
    "A grande esperança do povo brasileiro hoje é a justiça, por que os políticos perderam a "vergonha na cara"".
  • ROSE "DO TRADIÇÃO" (PSL)
    Estou trabalhando forte, visitando vários lugares e municípios, sou pré-candidata a deputada por que tá na hora das pessoas de bem se envolverem na política...

VÍDEOS EM DESTAQUE NAS REDES

_____________________________________

PERGUNTINHA DO MÊS:

Você votaria em um candidato a deputado estadual que está atolado até o pescoço em denúncias de corrupção, desvio de dinheiro e teve seus bens confiscados pela justiça por prováveis participações em esquema políticos criminosos?

- FOTO (São réus Romoaldo Aloisio Boraczynski Junior, Mauro Luiz Savi e Gilmar Donizete Fabris. Além deles, outras 9 pessoas foram denunciadas. O bloqueio completará a retenção de valores empregada no início do processo, em 2016.)

SIGA-ME OS BONS…

ANÚNCIOS & PUBLICIDADES

MEGA-SENA – ÚLTIMO RESULTADO:

Mega Sena
Fonte: Caixa Econômica
Boa Sorte
%d blogueiros gostam disto: