Notícias do Estado

Exército prende índios que cobravam pedágio há 40 dias na BR-364

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça-feira (12) a Operação Via Líbero, em parceria com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e o Exército Brasileiro, para prender indígenas na etnia Nambikwara, que estavam há 40 dias cobrando pedágio da BR-364, km 1243, em Comodoro, (a 660 quilômetros de Cuiabá).

Na ação, foram empregados cerca de 120 policiais federais e rodoviários federais, incluindo a equipe de choque da PRF. Além disso, a atuação contou com o apoio do helicóptero da PRF e de ambulâncias para atender eventuais feridos.

Foram cumpridas duas decisões judiciais da 1º Vara da Justiça Federal de Cáceres, por meio das quais foi autorizada, além da liberação do tráfego no local, a prisão preventiva de 15 indígenas, bem como a realização de buscas e apreensões e remoção de todo material utilizado exclusivamente para cobrança ilegal do pedágio.

A operação foi realizada em razão da ocorrência de diversos crimes decorrentes da cobrança de ilegal do pedágio, a qual, por si só, configura o crime de extorsão. Além disso, os ânimos entre os indígenas e a sociedade local têm se exaltado nos últimos dias e crimes mais graves poderiam ocorrer em razão de um conflito iminente.

Nos primeiros instantes da operação, alguns indígenas foram detidos e veículos apreendidos. Os presos serão encaminhados para a Delegacia de Polícia Federal em Cáceres, onde foi instaurado o inquérito policial que deu origem à operação.

O número de prisões só deverá ser divulgado após o encerramento dos trabalhos das equipes policiais.


//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js
(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});




___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Exército prende índios que cobravam pedágio há 40 dias na BR-364
FONTE: CENÁRIO MATO GROSSO
___________________________________________
SEJA UM “REPÓRTER CIDADÃO”
Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do MATO GROSSO AO VIVO.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: matogrossoaovivo@gmail.com ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

GIRO SOCIAL | MATO GROSSO AO VIVO



ALAMBIQUE (31/09) - REPLAY - Festa Flash Back




Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

DIRETO DA REDAÇÃO

Nossa equipe de jornalistas atualiza diariamente um resumo das principais notícias de Alta Floresta e região, de Mato Grosso, do Brasil e do mundo, para manter nosso leitores sempre bem informados.

Adicionar comentário

Click here to post a comment

Deixe aqui seu comentário!

COTAÇÃO DO DÓLAR & EURO

“RAPIDINHAS”

  • DIDA PIRES (PPS-AF/MT)
    "Lá dentro da prefeitura nós temos informações de que há "facilitações" nas licitações ao empresário Luiz Araújo".
  • EMERSON MACHADO (MDB-AF/MT)
    "Por causa dessa corrupção que existe em Brasília, nós vereadores de todo Brasil "pagamos o pato"... por causa desses "bandidos" que estão lá em cima..."
  • DEMILSON NUNES (PSDB-AF/MT)
    "Iremos promover junto a Câmara a criação de uma audiência pública para convocar e exigir da ENERGISA explicações sobre os aumentos "abusivos e extorsivos" nas contas de energia no município".
  • CHARLES MIRANDA (PSD-AF/MT)
    "Eu atendo desde as 4:00 da manhã nos postos de saúde, e não temos material de apoio, não temos condições para cobrar que os funcionários deem qualidade no atendimento a população".
  • VEREADOR TUTTI (PSDB - AF/MT)
    "A grande esperança do povo brasileiro hoje é a justiça, por que os políticos perderam a "vergonha na cara"".

VÍDEOS EM DESTAQUE NAS REDES

_____________________________________

PERGUNTINHA DO MÊS:

A Câmara Municipal de Alta Floresta demitiu 15 funcionários por recomendação do Ministério Público do Estado que havia sugerido o enxugamento de sua folha de funcionários comissionados, porém, em sua "Reforma Administrativa", recém aprovada, vai contratar mais de 20 e poucos outros funcionários comissionados alterando apenas os nomes dos cargos oferecidos.

Você acha que a Câmara está cumprindo a determinação do Ministério Público, ou apenas trocando seis por "duas dúzias"???

SIGA-ME OS BONS…

ANÚNCIOS & PUBLICIDADES

MEGA-SENA – ÚLTIMO RESULTADO:

Mega Sena
Fonte: Caixa Econômica
Boa Sorte
%d blogueiros gostam disto: