Últimas

Estudante que teve intestino perfurado continua internada

A estudante de educação física, Gabriela Nascimento de Moraes, de 23 anos, internada desde o dia 18 deste mês, no Hospital Federal Cardoso Fontes, em Jacarepaguá, na zona oeste do Rio, encontra-se estável, mas sem previsão de alta, conforme boletim médico divulgado hoje (31). Ela continua internada no Centro de Tratamento Intensico (CTI) após duas cirurgias. A estuante teve o intestino perfurado, no dia 10 de julho, durante uma lipoescultura na clínica da médica Geysa Leal Corrêa, em Icaraí, Niterói.

Ontem (30), Gabriela foi submetida à segunda cirurgia para retirada de uma parte do intestino. O procedimento durou seis horas. Na primeira cirurgia, os médicos costuraram o intestino da paciente, mas como ela continuava sentindo dores, precisou de uma segunda cirurgia. Os médicos informaram a família da estudante que a última cirurgia foi muito delicada e se não houver uma resposta positiva, não está descartada uma nova cirurgia, conforme o advogado da família, Guilherme Frederico.

Por estar no CTI, a estudante ainda não ouvida pela delegada Raíssa Telles, titular da delegacia de Icaraí, responsável pela investigação do caso.

O advogado Guilherme Frederico informou que Gabriela mora no Rio e a clínica, onde se submeteu à lipoescultura, foi indicação de uma amiga. O procedimento custou R$ 4,2 mil. Ao chegar em casa, após o procedimento, Gabriela começou a sentir fortes dores no abdômen, que irradiavam para todo o corpo. Um dia depois, uma secreção começou a sair da barriga da paciente. Apavorada, a estudante de educação física entrou em contato com a médica relatando que tinha tomado uma sopa e estava com a impressão que o alimento estava saindo pela marca onde a cânula entrou para retirar a gordura do abdômen.

Frederico relatou que ao voltar ao consultório da médica, Gabriela Moraes recebeu uma lista de antibióticos e anti-inflamatórios ao preço de mais de R$ 700 e como as dores não passavam ela foi internada às pressas.

Médica investigada por morte de paciente

A Polícia Civil interditou, na semana passada, a clínica da médica Geysa Leal Corrêa, em Niterói. Ela é responsável por ter feito a lipoescultura na professora Adriana Ferreira, de 41 anos, que morreu na segunda-feira (23) deste mês, uma semana após ter feito o procedimento estético.

De acordo com a polícia, o espaço foi interditado para a realização de uma perícia, ainda sem data. A médica prestou depoimento sobre a cirurgia e procedimentos.

Segundo o marido de Adriana, ela fez uma lipoaspiração no abdômen e um implante de gordura nos glúteos. Passou mal em casa, foi socorrida no Hospital Municipal Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, mas chegou sem vida.

Fonte: Agência Brasil

O post Estudante que teve intestino perfurado continua internada apareceu primeiro em Folha do Estado.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Estudante que teve intestino perfurado continua internada
FONTE: FOLHA DO ESTADO
___________________________________________
SEJA UM “REPÓRTER CIDADÃO”
Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do MATO GROSSO AO VIVO.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: matogrossoaovivo@gmail.com ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.
____________________________________________________
GIRO SOCIAL | MATO GROSSO AO VIVO



ALAMBIQUE (31/09) - REPLAY - Festa Flash Back




Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Comente aqui sobre esta notícia?
Mande suas broncas, recados e sugestões por aqui!

 

 

SEJA UM "REPÓRTER CIDADÃO"

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do MATO GROSSO AO VIVO.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: matogrossoaovivo@gmail.com ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 - 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

____________________________________________________

GIRO SOCIAL | MATO GROSSO AO VIVO

DIVINA PIZZA

ALAMBIQUE

ALAMBIQUE (31/09) - REPLAY - Festa Flash Back

ROTA 208

Deixe seu comentário ao final da página e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

DIRETO DA REDAÇÃO

Nossa equipe de jornalistas atualiza diariamente um resumo das principais notícias de Alta Floresta e região, de Mato Grosso, do Brasil e do mundo, para manter nosso leitores sempre bem informados.

Adicionar comentário

Click here to post a comment

Deixe aqui seu comentário!

APOIO “MT AO VIVO” CONTRA OS MAUS TRATOS DE ANIMAIS

WHATS 24 HORAS – CLIQUE AQUI

PERGUNTINHA DO MÊS:

As chuvas fortes provocam cada vez mais alagamentos e transtornos aos moradores e empresas de Alta Floresta.

Devido a falta de investimento no saneamento, você considera que o descaso, abandono e a falta de responsabilidade pelos problemas, nunca solucionados, provocados pela chuva seja de qual setor do poder público?

Qual das alternativas abaixo você escolhe?

A) - Prefeitura
2 Vote
B) - Câmara de vereadores
3 Vote
C)- Deputados estaduais
0 Vote
D) - Deputados federais
0 Vote
E) - Ministério Público
1 Vote
F) - Todas as alternativas
5 Vote

ANÚNCIOS & PUBLICIDADES

ÚLTIMAS DO TWITTER

ANÚNCIOS & PUBLICIDADES

COTAÇÃO DO DÓLAR & EURO

MEGA-SENA – ÚLTIMO RESULTADO:

Mega Sena
Fonte: Caixa Econômica
Boa Sorte

VÍDEOS EM DESTAQUE NAS REDES

error: Conteúdo Protegido ! © Todos os direitos reservados a MatoGrossoAoVivo e suas fontes expressamente citadas.
    /* ]]> */