Últimas

Ecoturismo é tema de debate em congresso sobre unidades de conservação

O Ministério de Meio Ambiente conseguiu destravar nos últimos anos projetos de criação de unidades de conservação que duplicaram as áreas protegidas, incluindo as marinhas. Segundo o secretário de Biodiversidade do Ministério do Meio Ambiente, José Pedro de Oliveira Costa, entre 2013 e 2016 ocorreu uma estagnação no número de projetos, impactando uma curva que vinha crescendo desde 2011.

O panorama mudou entre 2016 e 2018, quando foram criadas 20 unidades. Ele destacou o arquipélago dos Alcatrazes e a reserva Mico Leão Dourado, além da ampliação do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros. “Isso foi fruto de um esforço coletivo e que contou com a colaboração da sociedade também”, disse o secretário, durante apresentação no IX Congresso Brasileiro de Unidades de Conservação (CBUC), que ocorre em Florianópolis, e é organizado pela Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza.

O secretário admitiu que, apesar de a definição das áreas protegidas ser feita com profunda avaliação técnica, são necessárias ações políticas para os projetos irem adiante. “Criar uma área protegida federal é uma coisa que depende de vários fatores e o principal deles é a vontade de fazer. Se não houver uma vontade férrea, realmente transformar em uma causa e várias pessoas fazerem acontecer, não sai, porque a resistência é grande”, disse Oliveira Costa.

Ecoturismo e renda

O professor do Departamento de Ecologia do Instituto de Ciências Biológicas da Universidade de Brasília (UnB), Bráulio Dias, observou que o Brasil precisa aumentar esforços para abrir áreas protegidas para a visitação, mas ponderou que é necessário o mínimo de infraestrutura e de informação de qualidade. “É um caminho que não tem volta e a gente precisa avançar cada vez mais”.

Dias que já ocupou o cargo de secretário de Biodiversidade do MMA, lembrou ainda que a responsabilidade pelo meio ambiente é de todos embora os recursos nem sempre sejam no volume compatível. “O orçamento da área ambiental junto com a área de cultura sempre são os mais prejudicados”, disse.

A definição de recursos esteve também no centro da palestra do jornalista André Trigueiro que também é professor da Coppe UFRJ e da PUC-Rio. Ele contou que o ecoturismo é a área do setor que mais cresce no mundo e, por isso, é preciso estimar o valor dos serviços ambientais conforme fez o economista indiano Pavan Sukhdev, considerado o pai da economia verde, que desenvolveu um estudo independente junto com o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma), chamado de TEEB, Economia de Ecossistemas e da Biodiversidade. No documento a intenção é estipular o quanto esses serviços podem render com diversas atividades indiretas.

O jornalista lançou a proposta para que o Ministério da Fazenda desenvolva uma política tributária e fiscal que estimule a nova economia. “Uma política que precisa ser inteligente e antenada com o século XXI. Vou premiar o que não é descartável. Vou premiar o que é reutilizável. O Brasil tem unidades de conservação que pode ser monetizadas sem prejuízo à resiliência”, concluiu, acrescentando que outros países, que não têm as mesmas condições atrativas para o ecoturismo que o Brasil tem já fizeram isso. “Outros países conseguem transformar isso em um bom negócio. Não podemos ficar no gueto dos ‘eco chatos biodesagradáveis’. No século XXI a estratégia de luta é outra. Vamos falar o idioma deles”.

A chefe da Reserva Biológica Atol das Rocas, Maurizélia de Brito Silva, disse que a unidade de conservação se transformou ao longo dos 27 anos em que trabalha no local. No início tinha que enfrentar a pesca predatória, mas a situação mudou devido ao clima. “Os pescadores não se adaptaram ao ambiente insalubre, de sol e sal. As empresas de pesca desistiram de ocupar o atol, que tempo depois foi transformado em unidade de conservação”.

Hoje segundo Maurizélia, além da equipe do ICMBio, o atol recebe pesquisadores em uma área que continua sendo ampliada. “Ano passado nos aumentamos a área de proteção colocando no polígono de Rpocas uma zona de proteção da vida silvestre”.

*A repórter viajou a convite da Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza

Fonte: Agência Brasil

O post Ecoturismo é tema de debate em congresso sobre unidades de conservação apareceu primeiro em Folha do Estado.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Ecoturismo é tema de debate em congresso sobre unidades de conservação
FONTE: FOLHA DO ESTADO
___________________________________________
SEJA UM “REPÓRTER CIDADÃO”
Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do MATO GROSSO AO VIVO.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: matogrossoaovivo@gmail.com ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.
____________________________________________________
GIRO SOCIAL | MATO GROSSO AO VIVO



ALAMBIQUE (31/09) - REPLAY - Festa Flash Back




Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

DIRETO DA REDAÇÃO

Nossa equipe de jornalistas atualiza diariamente um resumo das principais notícias de Alta Floresta e região, de Mato Grosso, do Brasil e do mundo, para manter nosso leitores sempre bem informados.

Adicionar comentário

Click here to post a comment

Deixe aqui seu comentário!

COTAÇÃO DO DÓLAR & EURO

PERGUNTINHA DO MÊS:

Você votaria em um candidato a deputado estadual que está atolado até o pescoço em denúncias de corrupção, desvio de dinheiro e teve seus bens confiscados pela justiça por prováveis participações em esquema políticos criminosos?

- FOTO (São réus Romoaldo Aloisio Boraczynski Junior, Mauro Luiz Savi e Gilmar Donizete Fabris. Além deles, outras 9 pessoas foram denunciadas. O bloqueio completará a retenção de valores empregada no início do processo, em 2016.)

“RAPIDINHAS”

  • DEMILSON NUNES (PSDB-AF/MT)
    "Iremos promover junto a Câmara a criação de uma audiência pública para convocar e exigir da ENERGISA explicações sobre os aumentos "abusivos e extorsivos" nas contas de energia no município".
  • CHARLES MIRANDA (PSD-AF/MT)
    "Eu atendo desde as 4:00 da manhã nos postos de saúde, e não temos material de apoio, não temos condições para cobrar que os funcionários deem qualidade no atendimento a população".
  • VEREADOR TUTTI (PSDB - AF/MT)
    "A grande esperança do povo brasileiro hoje é a justiça, por que os políticos perderam a "vergonha na cara"".
  • ROSE "DO TRADIÇÃO" (PSL)
    Estou trabalhando forte, visitando vários lugares e municípios, sou pré-candidata a deputada por que tá na hora das pessoas de bem se envolverem na política...

SIGA-ME OS BONS…

VÍDEOS EM DESTAQUE NAS REDES

_____________________________________

ANÚNCIOS & PUBLICIDADES

MEGA-SENA – ÚLTIMO RESULTADO:

Mega Sena
Fonte: Caixa Econômica
Boa Sorte
%d blogueiros gostam disto: