Últimas

Congresso de Unidades de Conservação encerra com 34 moções aprovadas

Ambientalistas e representantes de instituições que atuam na preservação da natureza aprovaram 34 moções nesta quinta-feira (2), último dia do 9º Congresso Brasileiro de Unidades de Conservação (CBUC), realizado em Florianópolis. O número é maior em relação à edição passada do congresso, em 2015, em Curitiba, quando foram aprovadas 27 propostas.

Nas moções aprovadas, os participantes tratam da criação e redução de Unidades de Conservação em várias áreas do país, ações de manejo de espécies, concurso público para a contratação de agentes em áreas protegidas, a regulamentação da profissão de guarda-parque e a regulamentação das áreas de conservação. São alguns dos temas que, na visão deles, precisam ser resolvidos.

Ao todo, foram apresentadas 43 propostas, mas seis não conseguiram as 50 assinaturas necessárias para que fossem adiante. Outras três também foram excluídas por não completarem as exigências. Na plenária, que ocorreu hoje (2), os 1.200 congressistas aprovaram 34 moções.

Nesta edição, todo o processo de entrega das moções foi online, tanto para o registro das propostas como para o recebimento das assinaturas, com intuito de atender a política de redução de uso de papel e zero plástico. “Este ano, a gente inovou e colocou a submissão no sistema. A gente viu se estava dentro das normas e distribuiu para as assinaturas para depois seguirem ao Comitê Multidisciplinar de Moções, que é formado pelo governo, por ONGs, universidades, tudo para que tenha uma coerência, tanto técnica, política como de articulação para evitar uma tendência para algumas moções e poder ser bem diversificado”, disse a analista de projetos da Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza, Karynna Tolentino, em entrevista à Agência Brasil. A fundação é a organizadora do congresso. 

Agora, as moções serão encaminhadas ao Ministério do Meio Ambiente, ao Instituto Chico Mendes de Conservação e Biodiversidade (ICMBio), ao Ministério Público federal e estaduais. Em algumas moções, há pedidos de encaminhamento para órgãos municipais e o presidente Michel Temer.

Uma das moções aprovadas foi apresentada pela Fundação SOS Mata Atlântica. A proposta é que não haja mudanças legislativas no processo de criação de reservas e parques e será encaminhada para o Congresso Nacional, frente parlamentar ambientalista e para os ministérios públicos. “Nosso pleito aqui é que nenhum projeto de lei altere o Snuc [Sistema Nacional de Unidades de Conservação] que modifique o rito de criação de reservas, de parques e de outras unidades. Nenhuma alteração deve ser aceita e prosperar. A gente está acompanhando alguns projetos no Congresso que querem mudar o Snuc, que querem fragilizar o sistema. A nossa moção vem neste sentido: fortalecer o sistema e pedir que as instituições que a receberem estejam de olho e não permitam que isso aconteça”, destacou a gerente de Unidades de Conservação da Fundação SOS Mata Atlântica, Érika Guimarães. 

Para o presidente da Associação Brasileira de Membros do Ministério Público de Meio Ambiente (Abrampa), Luís Fernando Cabral Barreto Júnior, o Poder Judiciário tem que garantir maior participação na condução das áreas protegidas do país. “É dever do Ministério Público garantir que a gestão das unidades de conservação, além de transparente, seja participativa. Uma administração feita com as pessoas e não apenas para as pessoas. Esse é o conceito que nós precisamos implementar, o de democracia participativa e que deve ser aplicada nas Unidades de Conservação”, afirmou ao ler uma carta, que será levada para a Procuradoria-Geral da República (PGR), a Corregedoria Nacional do Ministério Público, para a Comissão de Meio Ambiente do Conselho Nacional do Ministério Público e a todos os procuradores-gerais e membros do MP.

*A repórter viajou a convite da Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza

Fonte: Agência Brasil

O post Congresso de Unidades de Conservação encerra com 34 moções aprovadas apareceu primeiro em Folha do Estado.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Congresso de Unidades de Conservação encerra com 34 moções aprovadas
FONTE: FOLHA DO ESTADO
___________________________________________
SEJA UM “REPÓRTER CIDADÃO”
Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do MATO GROSSO AO VIVO.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: matogrossoaovivo@gmail.com ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.
____________________________________________________
GIRO SOCIAL | MATO GROSSO AO VIVO



ALAMBIQUE (31/09) - REPLAY - Festa Flash Back




Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

O que achou desta notícia?
Deixe aqui sua opinião!

 

 

SEJA UM "REPÓRTER CIDADÃO"

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do MATO GROSSO AO VIVO.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: matogrossoaovivo@gmail.com ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 - 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

____________________________________________________

GIRO SOCIAL | MATO GROSSO AO VIVO

DIVINA PIZZA

ALAMBIQUE

ALAMBIQUE (31/09) - REPLAY - Festa Flash Back

ROTA 208

Deixe seu comentário ao final da página e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

DIRETO DA REDAÇÃO

Nossa equipe de jornalistas atualiza diariamente um resumo das principais notícias de Alta Floresta e região, de Mato Grosso, do Brasil e do mundo, para manter nosso leitores sempre bem informados.

Adicionar comentário

Click here to post a comment

Deixe aqui seu comentário!

COLUNISTA | DANNY BUENO

PERGUNTINHA DO MÊS:

As chuvas fortes provocam cada vez mais alagamentos e transtornos aos moradores e empresas de Alta Floresta, devido a falta de investimento no saneamento, você considera que o descaso, abandono a falta de responsabilidade pelos problemas nunca solucionados provocados pela chuva seja de qual setor do poder público?

A) - Prefeitura

B) - Câmara de vereadores

C)- Deputados estaduais

D) - Deputados federais

E) - Ministério Público

ANÚNCIOS & PUBLICIDADES

ÚLTIMAS DO TWITTER

ANÚNCIOS & PUBLICIDADES

COTAÇÃO DO DÓLAR & EURO

MEGA-SENA – ÚLTIMO RESULTADO:

Mega Sena
Fonte: Caixa Econômica
Boa Sorte

Produção Fotográfica

VÍDEOS EM DESTAQUE NAS REDES

error: Conteúdo Protegido ! © Todos os direitos reservados a MatoGrossoAoVivo e suas fontes expressamente citadas.
    /* ]]> */