Ciência & Tecnologia Destaque Mulher & Família Saúde Pública Últimas

Praticar sexo regularmente ajuda a baixar pressão arterial, revela estudo

Foto: Reprodução Daily Mail

Praticar sexo regularmente pode reduzir a pressão arterial de forma tão eficaz quanto medicamentos, de acordo com estudo realizado pela Universidade Estadual da Geórgia, nos EUA.

A pesquisa descobriu que pessoas que faziam sexo regularmente, com amor, também apresentavam pressão arterial mais baixa.

As leituras da pressão de voluntários caiu até 13% no dia seguinte à data em que fizeram amor, descobriram cientistas norte-americanos.

“Quanto mais prazeroso é o orgasmo, mais baixas são as leituras no dia após a relação sexual”, garantiram os pesquisadores.

Eles acreditam que o sexo funciona aumentando a oxitocina, hormônio do ‘aconchego’, que pode reduzir o estresse.

A pesquisa

O estudo publicado na revista Sexual Medicine fez um acompanhamento dos voluntários, com monitoramento cardíaco enquanto praticavam sexo.

Eles também classificaram a intensidade do orgasmo, classificando-a de 66 a 106, com uma média de 87.

Os envolvidos tiveram uma pressão arterial sistólica média de 115 mmHg no início dos testes. Depois do sexo caiu para 17mmHg.

O termo sexo “bom” é subjetivo, mas os pesquisadores relataram que “quanto mais prazeroso é o orgasmo, mais baixas são as leituras no dia após a relação sexual”.

Então, quanto melhor o seu orgasmo, melhor a sua pressão arterial.

Os pesquisadores concluíram que a ocitocina, substância química positiva liberada após o sexo, é responsável pelo sentimento de proximidade e intimidade, provavelmente tem um efeito positivo sobre a pressão arterial.

Segundo a pesquisa, tomar um diurético, um tratamento comum para a hipertensão arterial, alcança resultados semelhantes.

Com informações do Daily Mail

 ___________________________________________

0 3.5K ___________________________________________ 

Comente aqui sobre esta notícia?
Mande suas broncas, recados e sugestões por aqui!

 

 

SEJA UM "REPÓRTER CIDADÃO"

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do MATO GROSSO AO VIVO.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: matogrossoaovivo@gmail.com ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 - 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

____________________________________________________

GIRO SOCIAL | MATO GROSSO AO VIVO

DIVINA PIZZA

ALAMBIQUE

ALAMBIQUE (31/09) - REPLAY - Festa Flash Back

ROTA 208

Deixe seu comentário ao final da página e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

DIRETO DA REDAÇÃO

Nossa equipe de jornalistas atualiza diariamente um resumo das principais notícias de Alta Floresta e região, de Mato Grosso, do Brasil e do mundo, para manter nosso leitores sempre bem informados.

Adicionar comentário

Click here to post a comment

Deixe aqui seu comentário!

APOIO “MT AO VIVO” CONTRA OS MAUS TRATOS DE ANIMAIS

WHATS 24 HORAS – CLIQUE AQUI

PERGUNTINHA DO MÊS:

As chuvas fortes provocam cada vez mais alagamentos e transtornos aos moradores e empresas de Alta Floresta.

Devido a falta de investimento no saneamento, você considera que o descaso, abandono e a falta de responsabilidade pelos problemas, nunca solucionados, provocados pela chuva seja de qual setor do poder público?

Qual das alternativas abaixo você escolhe?

A) - Prefeitura
2 Vote
B) - Câmara de vereadores
3 Vote
C)- Deputados estaduais
0 Vote
D) - Deputados federais
0 Vote
E) - Ministério Público
1 Vote
F) - Todas as alternativas
5 Vote

ANÚNCIOS & PUBLICIDADES

ÚLTIMAS DO TWITTER

ANÚNCIOS & PUBLICIDADES

COTAÇÃO DO DÓLAR & EURO

MEGA-SENA – ÚLTIMO RESULTADO:

Mega Sena
Fonte: Caixa Econômica
Boa Sorte

VÍDEOS EM DESTAQUE NAS REDES

error: Conteúdo Protegido ! © Todos os direitos reservados a MatoGrossoAoVivo e suas fontes expressamente citadas.
    /* ]]> */