Alta Floresta Coluna AF - Análise dos Fatos Denúncias Destaque Mato Grosso Mundo Jurídico Últimas

Votação da Câmara Alta Floresta e omissão de informações públicas serão investigadas pelo MP após denúncia da imprensa

O site Mato Grosso Ao Vivo, na semana, publicou por meio da nossa Coluna Análise dos Fatos – AF, a denúncia das omissões de áudios das sessões ordinárias no site institucional da Câmara e as estranhas “colocações políticas” dos vereadores na hora de justificar o voto a favor da aprovação das contas do prefeito Aziel Bezerra (MDB), por 10 X 3, mesmo estando reprovadas em 12 quesitos fiscais.

O Ministério Público pede esclarecimentos direto do presidente da Câmara Municipal quanto o desaparecimento dos áudios e publicações de documentos público no site institucional.

 

Durante a mesma sessão da aprovação das contas do prefeito, que ocorreu no último dia 26 de Março, o vereador Dida Pires (PPS) fez gravíssimas acusações de “roubo” e esquema político criminoso contra o prefeito municipal, empresários do município, equipe administrativa e o setor de licitações, aonde acusou o prefeito e os demais, sem citar nomes, de ter se transformado uma “Turma de Larápios”, e que por isso só, já justificaria o suficiente o seu voto para não aprovar as contas do prefeito, além de concordar em todos os pontos com o julgamento do TCE/MT, que indicou práticas reiteradas de improbidade administrativa se perpetuando na administração do município.

Pois bem, passados 9 dias da nossa coluna ter publicado o assunto, com os áudios da votação e posteriormente ter apresentado um vídeo com as acusações do vereador Dida Pires, a Promotoria de Justiça de Mato Grosso, através de sua representante municipal no Ministério Público do Estado, Dra Carina Sfredo Dalmolin, da 2ª Promotoria Criminal de Alta Floresta, deu o prazo de 48 horas (até amanhã – 05/04), para que o presidente da Câmara, Emerson Sais Machado (MDB), esclareça o desaparecimentos dos áudios da página oficial da Câmara Municipal, a Ata da Sessão, o áudio da sessão  que aprovou as contas, que não foi divulgado também na página oficial da Câmara e abriu investigação contra os vereadores que votaram em dissonância “com mandamentos constitucionais, princípios da Administração Pública e a Lei de Responsabilidade Fiscal, bem como normativas do Tribunal de Contas”.

Para Promotora Carina Sfredo Dalmolin, há sim indícios suficientes para se proceder  a investigação diante de “qualquer ação ou omissão que viole os deveres de legalidade, moralidade e lealdade às instituições que são considerados atos de improbidade administrativa”.

“o Tribunal de Contas do Estado do Mato Grosso detectou 17 irregularidades, que estão em dissonância com mandamentos constitucionais, princípios da Administração Pública e a Lei de Responsabilidade Fiscal, bem como normativas do Tribunal de Contas”.

Já para o presidente da casa de leis, Emerson Machado, a promotora de justiça pediu explicações diretas sobre por quais razões os documentos públicos, bem como os audio-visuais não estão sendo publicados na página institucional.

Ou seja, conforme a nossa coluna anterior publicou, os áudios deveriam ter sido transmitidos e republicados depois na página oficial da Câmara Municipal simultaneamente, por se tratar de informações de interesse público coletivo de máxima prioridade, pois o princípio da transparência na coisa pública ordena que qualquer alteração, votação, decisão política, administrativa ou social deve estar expressa de todas as formas possíveis nos canais institucionais.

No caso da Câmara de Vereadores, que possui site institucional próprio, isso tem que estar a disposição da população em no máximo 24 horas, caso contrário estará incorrendo em ato de omissão de documentos de domínio público.

Inclusive, vale lembrar que não houve a transmissão pela Rádio Câmara na última sessão do dia 02/04 (Terça-feira), em que os vereadores aprovaram a negociação da prefeitura com a Indeco, que deverá ser indenizada em 4 milhões pelas transações irregulares das áreas verdes na época da administração do ex-prefeito, agora deputado estadual, Romoaldo Junior.

O fato causou grande estranheza e incomodou um bom número de cidadãos que estavam ansiosos para saber qual seria o desfecho dessa novela no âmbito político, após tantos anos de mais uma página manchada na história do município que acabou absorvendo todo o prejuízo com pagamento de um valor que na época não se sabe em que foi aplicado, e hoje com certeza fará muita falta nos cofres públicos.

Além do mais na coluna anterior, havíamos denunciado que se a informação não estava presente no site da Câmara é por que alguém não estava permitindo que fosse publicada, pois o único que pode determinar o que vai ou não vai ser publicado nas páginas, é o presidente Emerson Machado, além do mais não em que se falar em problemas técnicos, como já havíamos dito anteriormente, pois após a data das sessões omitidas, o site continuou publicando outras informações, inclusive algumas de cunho impessoal, como matérias favorecendo somente ao presidente da casa, sem que houvesse apresentação empecilhos técnicos para fazê-lo.

Com toda certeza essa questão das omissões de documentos públicos, da ingerência na página da Câmara a favor do presidente e a escabrosa votação a favor das contas malogradas do prefeito e sua administração ainda vai dar muito pano pra manga e vai ser bem difícil enganar o Ministério Público com afirmação pífias de que “meu voto é político”, ou quem sabe até alguns venha a justificar que “o mandato é meu e eu voto como eu quiser”, como fazem alguns crápulas da política  brasileira.

Resta agora, ao povo, acompanhar de perto o desenrolar desta ação do Ministério Público e torcer para que a verdade venha prevalecer sobre a falsidade, e é muito importante que todos nós munícipes tenhamos a coragem de incentivar e apoiar o papel inglorioso da promotoria de ter que investigar pessoas que deveriam dar o maior exemplo e orgulho pelos votos que receberam, mas, preferem oferecer em troca a pior de todas as traições que o ser humano é capaz de suportar, que é a quebra da palavra na hora que prometeu representar honestamente o voto recebido.

Queremos aqui, por meio desta publicação, desejar todo sucesso e diligência a promotora Carina Sfredo Dalmolin na árdua tarefa que terá pela frente e que Deus esteja a todo momento investindo-a de sabedoria e justiça para fazer o que for preciso para livrar Alta Floresta de agentes políticos mau intencionados, sem caráter e corruptos.

VEJA ABAIXO COMO FICOU QUADRO DE VOTAÇÃO DA APROVAÇÃO DAS CONTAS REPROVADAS PELO TEC/MT E QUAIS O VEREADORES QUE APOIARAM AS IMPROBIDADES DO PREFEITO AZIEL BEZERRA:

COMENTE AQUI SOBRE ESTA NOTÍCIA!
Anúncios
Mande suas broncas, recados e sugestões por aqui!

 

 

SEJA UM "REPÓRTER CIDADÃO"

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do MATO GROSSO AO VIVO.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: matogrossoaovivo@gmail.com ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 - 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

____________________________________________________

Deixe seu comentário ao final da página e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu carreira, desde 1991, trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, músico, produtor de eventos, compositor, editor de conteúdo, relações públicas, analista político e de marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo.
(http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Adicionar comentário

Click here to post a comment

Deixe aqui seu comentário!

CAMPANHA DE COMBATE AO NEPOTISMO EM ALTA FLORESTA

Editorias & Tópicos

“RAPIDINHAS”

APOIO “MT AO VIVO” CONTRA OS MAUS TRATOS DE ANIMAIS

PERGUNTINHA DO MÊS:

Na sua opinião de eleitor, está correto os vereadores votarem a favor das contas reprovadas pelo TCE/MT e alegarem que estão fazendo isso por uma "questão política", ainda que essas contas estejam recheadas de indícios de atos de improbidade?

A) - Acho normal
0 Vote
B) - Conivência Total
7 Vote

OPÇÕES 2020

Quais dos 12 nomes abaixo seriam potenciais vitoriosos nas urnas em 2020?

 

1) - Oliveira Dias
18 Vote
2) - Maria Izaura
11 Vote
3) - Edinho Paiva
1 Vote
4) - Rose Rampazio
2 Vote
5) - Dr. Charles
2 Vote
6) - Dida Pires
5 Vote
7) - Dr. Cleber
4 Vote
8) - Marinéria Munhoz
1 Vote
9) - Ademir Bruneto
2 Vote
10) - Rodrigo Arpini
5 Vote
11) - Jairo De Carli
5 Vote
12) - Moisés Prado
1 Vote

WHATS 24 HORAS – CLIQUE AQUI

ANÚNCIOS & PUBLICIDADES

ÚLTIMAS DO TWITTER

ANÚNCIOS & PUBLICIDADES

COTAÇÃO DO DÓLAR & EURO

LOTERIAS – ÚLTIMOS RESULTADOS:

Mega Sena
Fonte: Caixa Econômica
Boa Sorte
Dupla Sena 1
2019/4/20
08 17 19 29 44 46
Dupla Sena 2
2019/4/20
02 04 05 19 35 41
Quina
2019/4/20
06 13 36 39 52
LotoMania
2019/4/20
00 01 07 13 21 24 25 32 34 36 37 50 54 60 61 73 80 92 93 98
LotoFacil
2019/4/20
03 04 05 06 07 09 11 15 17 18 19 20 21 23 24
TimeMania
2019/4/20
07 10 21 35 62 63 65

VÍDEOS EM DESTAQUE NAS REDES

error: Conteúdo Protegido ! © Todos os direitos reservados a MatoGrossoAoVivo e suas fontes expressamente citadas.
    /* ]]> */