PUBLICIDADES
ALTA FLORESTA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA COLUNA AF - ANÁLISE DOS FATOS MATO GROSSO POLÍTICA EM FOCO ÚLTIMAS NOTÍCIAS

TJ/MT adia mais um julgamento de improbidade de Romoaldo Jr, ex-prefeito de Alta Floresta, por não conseguir citar réus

(Last Updated On: 24 de agosto de 2019)

Além de Romoaldo Junior, que responde por mais um processo de improbidade da época em que foi prefeito de Alta Floresta, o ex secretário Ney Garcia Teles e outros não puderam ser citados pois a justiça não obteve informações em tempo hábil de onde estão hospitalizados para tratamentos médicos.

TJ/MT adia mais um julgamento de improbidade de Romoaldo Jr, ex-prefeito de Alta Floresta, por não conseguir citar réus 47
Recentemente o ex-prefeito de Alta Floresta afirmou que suas condenações são frutos de perseguição política de adversários

O julgamento do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, que estava marcado para o último dia 22/08 (Quinta), teve que ser adiado , pois a justiça não conseguiu localizar os citados na ação de improbidade administrativa, em favor do município de Alta Floresta, devido ao fato de que os mesmos estavam fora do endereço fornecido a justiça, ambos em tratamento médico hospitalar.

Uma nova data foi marcada para o dia 12 de setembro (Quinta),  em mais um julgamento, o deputado estadual Romoaldo Júnior (MDB), é acusado de desvio de bens públicos em proveito próprio ou alheio e falsidade ideológica, enquanto foi prefeito de Alta Floresta (a 830 km de Cuiabá).

Sem a blindagem do fôro privilegiado, perdida em recente decisão do TJ/MT, que avaliou que a condição do deputado, apesar de exercer um mandato que não é seu, pois foi reprovado nas urnas em 2018, além disso a partir de 1º de Janiero de 2019, quando teve início a nova legislatura estadual, deixou de usufruir a garantia do fôro privilegiado, pois perdeu a condição de deputado, passando a responder na justiça como cidadão comum.

Romoaldo Aloisio Boraczynski Junior, que foi prefeito do município de Alta Floresta entre os anos de 2001 à 2004, só este ano já acumulou duas condenações em primeira instância, na 3ª Vara Cível de Alta Floresta, dirigida pela juíza Janaína Rebucci Dezanetti, da mesma natureza, a primeira por desvios de dinheiro do transporte escolar do município e a segunda por desvios de dinheiro de obras de um refeitório de uma escola do município, estando obrigado a ressarcir os cofres públicos municipal com os valores desviados e a perda dos direitos políticos por 3 anos.

A ação penal proposta pelo Ministério Público Estadual (MPE), tramita desde 2008 na Comarca de Alta Floresta, após ser recebida na época pela justiça de Alta Floresta

Porém, subiu em 2012 para o Tribunal de Justiça (TJ), por conta do foro privilegiado conferido que o parlamentar dispunha na época, em caso processos criminais, o que já não é mais o caso. Também se tornou réu na mesma ação penal o ex-secretário de Finanças de Alta Floresta, Ney Garcia Almeida Teles.

A frente da relatoria do processo que corre 2ª instância no TJ/MT, que teve o julgamento adiado, está magistrada Maria Erotides Kneip Baranjak, o julgamento precisou ser remarcado justamente devido a problemas na intimação das partes, para que pudessem comparecer na sessão.

O parlamentar está afastado da Casa de Leis entre os dias 13 a 23 de agosto, por ter sido submetido a um procedimento cirúrgico em março deste ano, após um princípio de infarto, o que exige check-ups periódicos por quatro meses após intervenção. 

Além de Romoaldo Junior, também são réus no caso Ney Garcia Almeida Teles e Paulo César Moretti. Consta também como acusado no processo, que apura um contrato de compra e venda irregular, Valter Luiz Kokudai, por ser o procurador de uma das partes, que assinou o documento, mas quem teria ganhado o terreno foi Paulo César Moretti

De acordo com a denúncia, o parlamentar, na época, prefeito, junto com Ney Garcia de Almeida Teles, secretário de finanças do município na época, teriam participado da doação um lote em Alta Floresta (distante 830 km de Cuiabá), para Paulo Cesar Moretti. Para dar legalidade à doação, teriam falsificado documentos para simularem compra e venda do terreno. 

Na “autorização”, havia uma informação inverídica de que o adquirente havia adquirido o lote n. 21 por meio da Concorrência Pública n. 002/04 de 02.07.2004, sendo o imóvel registrado em seu nome perante o 1º Serviço Notarial e Registral de Alta Floresta, constando como valor da negociação. No entanto, não há nenhum registro de que a quantia tenha adentrada aos cofres públicos do município. 

Conforme a denúncia do Ministério Público Estadual (MPE), em 22 de dezembro de 2004, Romoaldo Junior, no cargo de prefeito de Alta Floresta, expediu Decreto nº1658/04 desmembrando o Lote 21, Quadra 03-A, Setor E/G, o lote n. 21-A, com área de 700 metros quadrados.

E ainda como forma de dar veracidade [ou encobrir o fato], o emedebista, enquanto gestor do município, realizou quatro procedimentos de licitações de venda de centenas de lotes públicos, mas foi descoberto pelo Ministério Público Estadual (MPE) que em nenhuma das concorrências, havia o edital de venda – dentro da concorrência pública – do referido imóvel. 

Para piorar a situação de Romoaldo Junior, o valor do imóvel, na época supostamente vendido por R$ 19,5 mil , ainda de acordo com o MPE, não teve realizado nenhuma quitação, mesmo assim, Ney Garcia de Almeida Teles expediu autorização de escrituração da área.

“Perseguido”

O deputado Romoaldo Junior (MDB), ao falar de sua última condenação sobre desvios de verbas na construção de um refeitório em escola pública, no ano de 2006, atribuiu a culpa a sua sucessora, Maria Izaura Alfonso (PPS), alegando que é vítima de perseguição política promovida pela mesma, e que provará na justiça que não cometeu nenhum desvio de valores.

COMENTE AQUI SOBRE ESTA NOTÍCIA!
Seguir:

Danny Bueno

Diretor de Jornalismo em MatoGrossoAoVivo
Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, desde 1991, trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, roteirista, produtor, editor de conteúdo, relações públicas, consultor e analista de política e marketing social. É filiado à ABRAJI -Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo.
(http://www.portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)
TJ/MT adia mais um julgamento de improbidade de Romoaldo Jr, ex-prefeito de Alta Floresta, por não conseguir citar réus 48
Seguir:
(Visited 67 times, 1 visits today)
Anúncios
APOIE A INDEPENDÊNCIA DO SITE! DOANDO QUALQUER VALOR.
Mande suas broncas, recados e sugestões por aqui!

 

Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, desde 1991, trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, roteirista, produtor, editor de conteúdo, relações públicas, consultor e analista de política e marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo.
(http://www.portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Adicionar comentário

Click here to post a comment

Última chance de comentar!

“RAPIDINHAS”

Eu não posso mais ver um jovem de 14 , 15 anos assaltando e sendo violentado pela polícia. As vezes só por que roubou um celular

Condenado solto – Luiz Inácio Lula da Silva

“Eu não sou aliado do executivo, eu sou aliado da população que me confiaram.. vou estar aqui trabalhando para o bem população, para o bem do nosso município…”

Reinaldo de Souza (Lau – PSD) – Vereador de AF

“Com efeito, devidamente instruídos os autos, verifica-se a existência de irregularidades gravíssimas caracterizadoras de atos de improbidade administrativa, arquitetadas pelos acionados, que causaram prejuízo ao erário, bem assim engendraram ofensa aos princípios da administração pública…”

Antônio Fábio da Silva Marquezini – Juiz da 6ª Vara de Justiça/Alta Floresta

“Audiência Pública já… o caminho é esse, não tem outro, eu gostaria de contar com o nosso presidente… nós precisamos acabar com essa falta de respeito que essa empresa (Águas Alta Floresta), está tendo com essa Casa de leis e em especial com a população”

Luiz Carlos de Queiroz (MDB) – Vereador de AF.

Tem que fechar mesmo, por que não vemos por parte do município interesse em resolver a questão da poeira e do asfaltamento que nunca foi concluído”.

Mequiel Zacarias (PT) – Vereador de Alta Floresta

 

” A Prefeitura não tem condições de fiscalizar, vocês foram lá e filmaram a casa… Já determinei as providências ao Controle Interno do município, pra apurar por meio de uma auditoria e suspendi a licitação…”

Asiel Bezerra – Pref. de Alta Floresta

“Quase todos os homens são capazes de suportar adversidades, mas se quiser por à prova o caráter de um homem, dê-lhe poder …”

Abraham Lincoln

PREVISÃO DO CLIMA

Tempo, 20 Setembro
Tempo em Alta Floresta booked.net
+45

Máx.: +46° Mín.: +28°

Humidade: 21%

Vento: NNE - 8 KPH

Tempo em Cuiabá
+40

Máx.: +42° Mín.: +31°

Humidade: 18%

Vento: NNW - 16 KPH

Tempo em Sinop
+48

Máx.: +48° Mín.: +26°

Humidade: 17%

Vento: NNW - 7 KPH

WHATS 24 HORAS – CLIQUE AQUI

ANÚNCIOS & PUBLICIDADES

PUBLICIDADE

APOIAMOS ESTA CAUSA:

ANÚNCIOS & PUBLICIDADES

“BOMBANDO” NO TWITTER

COTAÇÃO DO DÓLAR & EURO

AGRONEGÓCIO | INDICADORES

LOTERIAS – ÚLTIMOS RESULTADOS:

Mega Sena
Fonte: Caixa Econômica
Boa Sorte
Dupla Sena 1
2020/2/22
06 18 30 33 38 45
Dupla Sena 2
2020/2/22
06 17 20 27 39 45
Quina
2020/2/26
12 25 39 46 66
LotoMania
2020/2/26
04 08 09 17 19 21 24 30 34 36 58 60 61 63 66 77 82 85 90 98
LotoFacil
2020/2/26
01 07 09 10 11 12 13 16 19 20 21 22 23 24 25
TimeMania
2020/2/26
11 20 24 56 57 60 68
error: Conteúdo Protegido ! © Todos os direitos reservados a MatoGrossoAoVivo e suas fontes expressamente citadas.
    /* ]]> */