PUBLICIDADES
ALTA FLORESTA COLUNA AF - ANÁLISE DOS FATOS GOVERNO MAURO MENDES MATO GROSSO POLÍTICA EM FOCO ÚLTIMAS NOTÍCIAS VÍDEOS

Longe de acabar, novela da “Praça do pedágio de Alta Floresta” promete ainda capítulos eletrizantes

(Last Updated On: 15 de novembro de 2019)

Repleta de contradições e atuações dignas de um “Oscar Tupiniquim”, como a do vice-governador Otaviano Pivetta, que veio, viu, ouviu e não fez nada, o que se sabe na verdade até hoje é que ninguém assume que são incompetentes para resolver o problema.

Longe de acabar, novela da "Praça do pedágio de Alta Floresta" promete ainda capítulos eletrizantes 58
Moradores das estradas rurais, estudantes e comerciantes estão apreensivos quanto ao pedágio que vai dividir o município ao meio.

O dois últimos capítulo que mexeram com as emoções da população de Alta Floresta e região foi a declaração do Deputado Estadual Dilmar Dal Bosco e o flagrante da tentativa da empresa em iniciar as obras, apesar da suspensão do alvará, promovido pela prefeitura municipal.

Desde que foi anunciada a construção de uma Praça de Pedágio entre os município de Alta Floresta e Carlinda, em 2017, em audiência pública realizada na Câmara de Dirigentes Lojistas – CDL, de Alta Floresta, com a presença de autoridades e representantes do governo do Estado e da empresa vencedora da concessão, Consórcio Via Brasil, a notícia de que a obra seria implantada a 23 quilômetros da entrada de Alta Floresta agradou a “gregos e troianos”, mesmo por que, o próprio representante da Secretaria Estadual de Infra-Estrutura – SINFRA, foi taxativo e enfático em suas palavras que a distância se fazia necessária, justamente para não penalizar produtores próximos ao município de Alta Floresta, de estradas rurais dentro do perímetro urbano.

Mas, como toda boa novela tem suas reviravoltas inexplicáveis, a notícia de que não seria mais a 23 quilômetros e sim a 13 quilômetros do trevo do município caiu como uma bomba no colo dos moradores, tanto da zona rural como do centro urbano, tendo sido alterada sem qualquer justificativa ou satisfação pública, dando início a uma discussão interminável que promete ainda dar muito “pano pra manga”, ainda mais com a constante indefinição por parte do governo, da classe política (leia-se deputados estaduais inoperantes) e principalmente da empresa responsável pela obra, que tem se saído uma vilã de primeira linha, no papel de algoz do município de Alta Floresta.

AUDIÊNCIA DE PROMESSAS VAZIAS

Em visita ao município, no mês de Setembro (17/09), o vice-governador do estado, Otaviano Pivetta (PDT), que segundo o deputado Romoaldo Junior é quem coordena o setor do transporte no Estado de Mato Grosso, se deu o trabalho de convocar uma “audiência relâmpago”, já que estava de passagem pela região, com a presença de 3 deputados, entre eles, Romoaldo Junior (MDB), Ondanir Bortolini (Nininho  – PSD), Dilmar Dal Bosco (DEM) e do Secretário estadual de Infra-Estrutura, Marcelo de Oliveira.

Na dita “audiência pública”, se é que se pode chamar assim, ninguém podia falar nada, só eles e alguns vereadores, com a permissão da mesa diretora formada na audiência, também composta pela presidência e vice- presidência da casa, que baixaram as orelhinhas e permitiram tamanho acinte contra o Estado Democrático de Direito e a população de Alta Floresta.

O resultado foi, um show de arrogância e promessas rasas que nunca foram cumpridas, mesmo estando presente na mesa da audiência as autoridades os mais habilitadas da classe política para por um fim a essa questão e se não fizeram até o momento é por pura falta de palavra, que foi empenhada ao público presente, lembrado ainda que o plenário da Câmara estava lotado, público este que representava todos os seguimentos produtivos, empresariais e sociais do município.

Na ocasião, tanto o vice-governador como os deputados e o secretário de estado deram seus “tapas na mesa” e garantiram a população que a questão seria resolvida naquela mesma semana, mas, nenhum deles até hoje honrou com a palavra empenhada, na verdade, antes mesmo de sair do município o vice-governador, pressionado e impressionado com a presença de tantas representatividades, apresentava sinais de que estava mais “perdido do que cego em tiroteio” e não via a hora de entrar na camionete e sumir do município, principalmente diante das perguntas pontuais que a imprensa fez.

ASSISTA O VÍDEO DA AUDIÊNCIA PÚBLICA EM 17/09 NA CÂMARA DE VEREADORES:

Novas demonstrações de descaso e subestimação

Numa clara demonstração de zombaria com o intelecto do povo de Alta Floresta a empresa se aproveitou de um momento de distração da população e no último Domingo (10/11), deu início as obras da Praça do pedágio justamente aonde todos estão aguardando que não seja realizada, ou seja a cerca de 13 quilômetros da entrada da cidade.

Ao perceberem os movimentos de máquinas no local, populares e moradores dos municípios de Carlinda e Alta Floresta se reuniram para questionar os funcionários da empresa que relataram que a ordem fora dada para ser feito os primeiros aterramentos ali mesmo, sem maiores esclarecimentos a população.

Numa atitude de indignação, o povo resolveu entrar na frente do maquinário para impedir que os funcionários continuassem seu trabalho e exigiram falar com algum responsável, mas, o s trabalhadores disseram que o mesmo, que no caso é um engenheiro, só iria aparecer na manhã seguinte, ou seja, Segunda feira (11/11), por volta das 07:00 hs da manhã.

Decididos a obter informações precisas por parte deste responsável, uma caravana se encaminhou para o local da obra no afã de encontrar o tal engenheiro, mas, deram com os “burros n’água”, numa clara demonstração de que alguma coisa não estava cheirando bem, pois ou os funcionários haviam mentido, ou o tal engenheiro estava fugindo da discussão.

Não satisfeitos, a caravana de moradores, constituída de professores, representantes de classes, membros de centros universitários, empresários, produtores e cerca de 6 vereadores do município, se dirigiram até a prefeitura para saber sobre a condição em que se encontrava a suspensão do alvará, pois segundo os trabalhadores da obra, no Domingo, a empresa havia dito que a prefeitura não tinha poderes algum para impedi-los de trabalhar, por se tratar de uma rodovia MT, ou seja, de jurisdição exclusiva do governo do Estado.

Da prefeitura seguiram para o Ministério Público, acompanhados do prefeito Asiel Bezerra e da Procuradora do município, Naiara Rossa Morello, sendo recebidos pelo Promotor Luciano Martins, os vereadores Mequiel Zacarias, Aparecida Sicuto e Elisa Gomes.

Longe de acabar, novela da "Praça do pedágio de Alta Floresta" promete ainda capítulos eletrizantes 59
Em reunião no MP de Alta Floresta ficou agendada uma reunião com a empresa para o dia 21/11

Segundo o Dr. Lucianao Martins, responsável pela 1ª Promotoria Cível de Alta Floresta, que responde pelos setores de cidadania, meio ambiente, consumidor, saúde e eleitoral, um contato prévio já havia sido feito com a empresa que tratou de o assunto das máquinas operando em pleno Domingo como uma simples “falha de comunicação”, e que a sobras seriam paralisadas até  o próximo dia 21, quando será realizada uma reunião com representantes do Consórcio Via Brasil e o Comitê que foi montado para apurar qual vai ser o local exato aonde estará sendo construída a polêmica Praça do pedágio.

Deputado fala que só haverá solução se a empresa quiser

Um dos últimos capítulos que ferveu o sangue dos moradores de Alta Floresta, foi a entrevista em uma rádio da região, aonde o deputado Dilmar Dal Bosco, um daqueles que estiveram aqui presentes junto na visita “sem pé nem cabeça” do vice-governador, logo após o episódio do início da obra no Domingo, aonde o mesmo afirmava que, segundo publicação do jornal Mato Grosso do Norte: “Líder do governo na AL prevê pouca possibilidade de mudança de local”.

Longe de acabar, novela da "Praça do pedágio de Alta Floresta" promete ainda capítulos eletrizantes 60

A capa do jornal caiu como álcool em ferida aberta e em seguida teve que ser “consertada” pelo próprio deputado que em áudio esclareceu que suas palavras são de buscar o “entendimento com a empresa”, para que esta de bom grado ceda aos anseios da população, caso contrário a coisa poderá se complicar pois só haverá os meios judiciais a serem buscados.

OUÇA O ÁUDIO ENVIADO PELO DEPUTADO DILMAR DAL BOSCO SOBRE A ENTREVISTA:

Pelo sim, pelo não, um Comitê foi montado para vigiar a MT 208, diante da “malandragem” que tanto a empresa quanto o governo do Estado vem demonstrando com o assunto ao tratar o povo com tamanha indiferença, mas, este grupo de valentes heróis anônimos tem se levantado e prometem dar muito trabalho para os espertalhões que de plantão que estão escondidos por trás das artimanhas demonstradas até agora.

Esperamos realmente que esta novela venha a ter um final feliz para o lado da população de Alta Floresta e região, com a virada de mesa da classe política e a superação dos problemas por um ato de grandeza por parte do governo do Estado e da empresa Via Brasil, caso contrário, estaremos assistindo mais uma triste “Crônica de Sucupira”, ao melhor estilo dos bons e velhos calhordas da política, muito bem representado pelo inesquecível ator Paulo Gracindo, ao imortalizar o famigerado Odorico Paraguassú, prefeito de uma pequena cidade dos rincões deste Brasil, mais conhecido internacionalmente como “República dos Bananas”, que fazia promessas impossíveis para vencer as eleições e alcançar a confiança do povo, mas, na hora de entregar chegou até a fingir-se de morto para desviar atenção dos miseráveis que explorava com suas lorotas eleitoreiras. (SALVE JORGE AMADO!!!)

LEIA TAMBÉM:

Viúva Negra | Marcado para 29/10, julgamento popular da maquiadora de Sinop que mandou matar marido e amante

COMENTE AQUI SOBRE ESTA NOTÍCIA!
Seguir:

Danny Bueno

Diretor de Jornalismo em MatoGrossoAoVivo
Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, desde 1991, trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, roteirista, produtor, editor de conteúdo, relações públicas, consultor e analista de política e marketing social. É filiado à ABRAJI -Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo.
(http://www.portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)
Longe de acabar, novela da "Praça do pedágio de Alta Floresta" promete ainda capítulos eletrizantes 63
Seguir:
(Visited 251 times, 1 visits today)
Anúncios
APOIE A INDEPENDÊNCIA DO SITE! DOANDO QUALQUER VALOR.
Mande suas broncas, recados e sugestões por aqui!

 

Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, desde 1991, trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, roteirista, produtor, editor de conteúdo, relações públicas, consultor e analista de política e marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo.
(http://www.portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Adicionar comentário

Click here to post a comment

Última chance de comentar!

“RAPIDINHAS”

Eu não posso mais ver um jovem de 14 , 15 anos assaltando e sendo violentado pela polícia. As vezes só por que roubou um celular

Condenado solto – Luiz Inácio Lula da Silva

“Eu não sou aliado do executivo, eu sou aliado da população que me confiaram.. vou estar aqui trabalhando para o bem população, para o bem do nosso município…”

Reinaldo de Souza (Lau – PSD) – Vereador de AF

“Com efeito, devidamente instruídos os autos, verifica-se a existência de irregularidades gravíssimas caracterizadoras de atos de improbidade administrativa, arquitetadas pelos acionados, que causaram prejuízo ao erário, bem assim engendraram ofensa aos princípios da administração pública…”

Antônio Fábio da Silva Marquezini – Juiz da 6ª Vara de Justiça/Alta Floresta

“Audiência Pública já… o caminho é esse, não tem outro, eu gostaria de contar com o nosso presidente… nós precisamos acabar com essa falta de respeito que essa empresa (Águas Alta Floresta), está tendo com essa Casa de leis e em especial com a população”

Luiz Carlos de Queiroz (MDB) – Vereador de AF.

Tem que fechar mesmo, por que não vemos por parte do município interesse em resolver a questão da poeira e do asfaltamento que nunca foi concluído”.

Mequiel Zacarias (PT) – Vereador de Alta Floresta

 

” A Prefeitura não tem condições de fiscalizar, vocês foram lá e filmaram a casa… Já determinei as providências ao Controle Interno do município, pra apurar por meio de uma auditoria e suspendi a licitação…”

Asiel Bezerra – Pref. de Alta Floresta

“Quase todos os homens são capazes de suportar adversidades, mas se quiser por à prova o caráter de um homem, dê-lhe poder …”

Abraham Lincoln

PREVISÃO DO CLIMA

Tempo, 20 Setembro
Tempo em Alta Floresta booked.net
+45

Máx.: +46° Mín.: +28°

Humidade: 21%

Vento: NNE - 8 KPH

Tempo em Cuiabá
+40

Máx.: +42° Mín.: +31°

Humidade: 18%

Vento: NNW - 16 KPH

Tempo em Sinop
+48

Máx.: +48° Mín.: +26°

Humidade: 17%

Vento: NNW - 7 KPH

WHATS 24 HORAS – CLIQUE AQUI

ANÚNCIOS & PUBLICIDADES

PUBLICIDADE

APOIAMOS ESTA CAUSA:

ANÚNCIOS & PUBLICIDADES

“BOMBANDO” NO TWITTER

COTAÇÃO DO DÓLAR & EURO

AGRONEGÓCIO | INDICADORES

LOTERIAS – ÚLTIMOS RESULTADOS:

Mega Sena
Fonte: Caixa Econômica
Boa Sorte
Dupla Sena 1
2020/1/21
09 11 13 21 29 44
Dupla Sena 2
2020/1/21
10 15 16 30 31 46
Quina
2020/1/22
33 37 46 74 77
LotoMania
2020/1/21
11 20 31 41 44 55 60 61 64 68 69 70 74 81 83 84 85 86 90 94
LotoFacil
2020/1/22
01 02 03 05 06 09 10 11 15 19 20 21 22 23 24
TimeMania
2020/1/21
02 08 15 22 39 52 73
error: Conteúdo Protegido ! © Todos os direitos reservados a MatoGrossoAoVivo e suas fontes expressamente citadas.
    /* ]]> */