Página Inicial / Brasil / Delegado que baleou quatro pessoas em bar, vai ficar preso “com colegas” por alegação de ‘risco de morte’ em presídios

Delegado que baleou quatro pessoas em bar, vai ficar preso “com colegas” por alegação de ‘risco de morte’ em presídios

Painel Político – Notícias no Whatsapp sobre política, economia, artigos, jurídico, cultura e viagens.

O delegado Gustavo Sotero, que matou o advogado Wilson Justo Filho na madrugada de sábado (25) na casa de sowo Porão do Alemão,  em Manaus, vai continuar preso na cela da Delegacia Geral. A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), responsável pelos presídios do Estado, afirmou que, “em caso de uma eventual crise”,  o delegado será “um dos principais alvos das facções criminosas caso esteja custodiado em um estabelecimento prisional comum”.

O ofício da Seap foi uma resposta à solicitação feita pela juíza Mirza Telma, presidente do 1º Tribunal do Júri. Ela queria saber se algum presídio do Estado poderia receber, com segurança, Gustavo Sotero, que teve prisão preventiva decretada no último sábado (25). Com a negativa da Seap, ele vai permanecer na Delegacia Geral, custodiado por colegas com quem trabalhava normalmente até a última sexta-feira (24), antes de cometer o crime.

A Seap afirmou, na nota, que não existe “unidade prisional no Estado do Amazonas que possua dependência segura e isolada dos demais presos para a custódia de um policial”. A justificativa do órgão é que o caso é mais grave por ser um policial da ativa.

No documento, o órgão afirma que o Sistema Penitenciário do Estado não encontra-se totalmente estabilizado e diz que o fato “é de conhecimento do Poder Judiciário, Ministério Público e demais autoridades da Segurança Pública Estadual”.

Veja o vídeo do crime:

O caso

Por volta de 3h da madrugada de sábado (25), o delegado da Polícia Civil, Gustavo Sotero,plantonista do 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP), atirou dentro do Porão do Alemão, na avenida Coronel Teixeira, bairro Ponta Negra, zona Oeste de Manaus (AM).

Quatro pessoas ficaram feridas, três homens e uma mulher. Vítima do tiroteio, o advogado Wilson de Lima Justo Filho, 35, foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Ele foi levado ao Hospital e Pronto Socorro 28 de Agosto, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Wilson Justo foi candidato a vice-prefeito de Novo Airão nas eleições de 2016, pelo PR.

As informações são de A Crítica (AM)

Delegado que baleou quatro pessoas em bar, vai ficar preso “com colegas” por alegação de ‘risco de morte’ em presídios


___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA: Delegado que baleou quatro pessoas em bar, vai ficar preso “com colegas” por alegação de ‘risco de morte’ em presídios
FONTE: PAINEL POLÍTICO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO

Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do MATO GROSSO AO VIVO.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: matogrossoaovivo@gmail.com ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.


GIRO SOCIAL | MATO GROSSO AO VIVO



ALAMBIQUE (31/09) - REPLAY - Festa Flash Back




Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Publicado por » Alan Alex

Que tal ler esta?

Temer, Meirelles e Pezão assinam autorização de empréstimo ao Rio

Compartilhar com WhatsApp Painel Político – Notícias no Whatsapp sobre política, economia, artigos, jurídico, cultura …

O que você acha disso???

%d bloggers like this: