Notícias do Estado

Ministério da Saúde destaca prioridade de MT no combate à hanseníase

O compromisso do Governo de Mato Grosso em estabelecer como prioridade o combate à hanseníase foi destacado pelo Ministério da Saúde durante o lançamento nesta terça-feira (06.03) da 5ª Campanha Nacional de Hanseníase, Tracoma e Verminose. Várzea Grande foi o município escolhido para iniciar a campanha com a participação da representante ministerial, Carmelita Filha, coordenadora nacional de Hanseníase e Doenças em Eliminação.

“Essa doença milenar ainda é negligenciada por muitos gestores, pela própria população e por alguns profissionais da saúde que não têm o olhar voltado para o diagnóstico precoce. E o Estado de Mato Grosso se destaca por ter uma visão diferenciada sobre a doença, a exemplo da superação da meta prevista pelo Ministério da Saúde demonstrando um maior cuidado com a saúde do aluno, por meio de ação integrada entre a saúde e a educação”.

O lançamento da campanha foi realizado na Escola Estadual Jercy Jacob, no bairro Água Vermelha. A comunidade escolar colaborou na recepção aos técnicos do Ministério da Saúde e das Secretarias Estadual e Municipal de Saúde.

A biblioteca foi preparada para servir de consultório médico, onde uma enfermeira e um médico do programa Saúde da Família fizeram o primeiro exame clínico-dermatológico para diagnosticar suspeita de hanseníase em estudantes da faixa etária de 5 a 14 anos. No pátio da escola, outra equipe técnica medicou os alunos com uma dose de medicamento para combater verminose. O exame e a medicação são realizados em estudantes mediante autorização assinada pelos pais ou adulto responsável.

Engajamento familiar

O casal Silvério e Ivânia dos Santos, pais de um estudante da Escola Estadual Jercy Jacob, autorizou a equipe da saúde municipal a dar o medicamento ao filho de 11 anos pela primeira vez. Os pais também preencheram a ficha de autoimagem sobre hanseníase, que é uma descrição de manchas existentes na pele do estudante. É a partir dessa autoimagem que o médico seleciona os alunos que terão de passar pelo exame clínico-dermatológico. “Nós autorizamos e viemos acompanhar a campanha para conhecer como é feito esse trabalho, pela primeira vez, e achamos tudo muito importante para a saúde do nosso filho e dos outros estudantes”.

A participação dos pais é a garantia do sucesso da campanha, destacou a coordenadora de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Estado de Saúde, Alessandra Moraes. “Sem a autorização dos pais ou de um adulto responsável pelo estudante, os técnicos em saúde e o médico não podem dar o medicamento e nem fazer o exame. Por essa razão é que pedimos à família dos estudantes da rede pública municipal e estadual que participe e venha conhecer de perto a campanha. Queremos com essa ação preventiva encontrar as pessoas que estão sem diagnóstico de doenças como a hanseníase, o tracoma e a verminose. E essa parceria entre a saúde e escola é primordial, e precisa funcionar”, explicou Alessandra.

De acordo com Joselaine Brito, diretora da Escola Jercy Jacob, serão atendidos durante a campanha 160 estudantes. “Com a presença assídua da equipe da Saúde da Família na escola conseguiremos atingir essa meta e já estamos melhorando a saúde de nossos aluno”, enfatizou.

No período da tarde, o lançamento da campanha foi realizado na Escola Municipal Manoel João de Arruda, no bairro Figueirinha, também em Várzea Grande. Somente nessa escola serão contemplados 200 estudantes na faixa etária de 5 a 9 anos.

Atendimento da campanha

A meta do Ministério da Saúde e da Secretaria de Estado de Saúde é atender 17 mil alunos, somente em Várzea Grande. Em todo o estado serão atendidos 330 mil estudantes de 1.100 escolas públicas municipais e estaduais.

Para o representante do Programa Saúde na Escola da Secretaria de Estado de Saúde, Milton Fleury, a parceria entre as áreas da educação e da saúde é importante para garantir a execução de ações preventivas, asseguradas pela Constituição, para promoção da atenção integral à saúde da criança e do adolescente.

Hanseníase tem cura

A meta da Organização Mundial de Saúde é erradicar a hanseníase no Brasil. O País registra atualmente 90% de todos os casos dos países da América Latina e por ano, 2 mil crianças são diagnosticadas com a doença.

Em Mato Grosso, dados preliminares dos registros realizados no ano passado apontam 3 mil casos novos da doença. “Com o lançamento do Plano Estadual de Enfrentamento da hanseníase, em janeiro de 2018, a prioridade é detectar novos casos da doença e tratá-los na rede municipal de Saúde com o apoio da Secretaria de Estado de Saúde”, frisou Alessandra de Moraes.

“Estamos com as ações voltadas para o diagnóstico precoce da doença e queremos enxergar essas pessoas que ainda estão fora da rede pública de saúde”, concluiu a coordenadora.

Tracoma é evitável

A doença pode causar a cegueira na idade infanto-juvenil e pode ser evitada, especialmente na faixa etária de 5 a 14 anos. A ação preventiva nas escolas tem como prioridade diagnosticar a doença e encaminhar os estudantes para o tratamento e a cura na rede municipal de saúde, por meio do Programa de Saúde da Família.

A campanha segue até 30 de junho de 2018, acompanhando o primeiro semestre do ano letivo nas escolas públicas do Estado.



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Ministério da Saúde destaca prioridade de MT no combate à hanseníase
FONTE: CENÁRIO MATO GROSSO
[divider style=”solid” top=”20″ bottom=”20″][toggle title=”SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO” state=”open”]Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do MATO GROSSO AO VIVO.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: matogrossoaovivo@gmail.com ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.[/toggle]

GIRO SOCIAL | MATO GROSSO AO VIVO



ALAMBIQUE (31/09) - REPLAY - Festa Flash Back




Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

DIRETO DA REDAÇÃO

Nossa equipe de jornalistas atualiza diariamente um resumo das principais notícias de Alta Floresta e região, de Mato Grosso, do Brasil e do mundo, para manter nosso leitores sempre bem informados.

Adicionar comentário

Click here to post a comment

Deixe aqui seu comentário!

COLUNISTA | DANNY BUENO

“RAPIDINHAS”

  • DEMILSON NUNES (PSDB-AF/MT)
    "Iremos promover junto a Câmara a criação de uma audiência pública para convocar e exigir da ENERGISA explicações sobre os aumentos "abusivos e extorsivos" nas contas de energia no município".
  • CHARLES MIRANDA (PSD-AF/MT)
    "Eu atendo desde as 4:00 da manhã nos postos de saúde, e não temos material de apoio, não temos condições para cobrar que os funcionários deem qualidade no atendimento a população".
  • ROSE "DO TRADIÇÃO" (PSL)
    Estou trabalhando forte, visitando vários lugares e municípios, sou pré-candidata a deputada por que tá na hora das pessoas de bem se envolverem na política...
  • Sergio Moro - Futuro Ministro da Justiça
    Fiz com certo pesar, ...No entanto, a perspectiva de implementar uma forte agenda anticorrupção e anticrime organizado, com respeito à Constituição, à lei e aos direitos, levaram-me a tomar esta decisão.

PERGUNTINHA DO MÊS:

Os votos que foram distribuídos entre 6 candidatos em condições de representar Alta Floresta, poderiam ter elegido pelo menos um deputado estadual, você acha que a região mereceu ficar sem nenhum representante local na Assembleia Legislativa, pela falta de coordenação política dos nossos representantes?

ANÚNCIOS & PUBLICIDADES

VÍDEOS EM DESTAQUE NAS REDES

_____________________________________

ANÚNCIOS & PUBLICIDADES

COTAÇÃO DO DÓLAR & EURO

MEGA-SENA – ÚLTIMO RESULTADO:

Mega Sena
Fonte: Caixa Econômica
Boa Sorte
    /* ]]> */