MATO GROSSO MINISTÉRIO PÚBLICO MUNDO JURÍDICO ÚLTIMAS

Justiça de MT anula estabilidade e cancela aposentadoria concedida pelo estado de policiais civis não concursados

(Last Updated On: 15 de agosto de 2019)

A juíza Célia Regina Vidotti, da Vara Especializada de Ação Pública e Ação Popular, declarou nulo os decretos que concederam indevidamente estabilidade extraordinária no serviço público para dois servidores do Estado lotados na polícia judiciária civil.

Justiça de MT anula estabilidade e cancela aposentadoria concedida pelo estado de policiais civis não concursados 65
Em fevereiro, a Juíza Célia Regina Vidotti também anulou a aposentadoria da irmã do senador Jaime Campos.

A ação foi ajuizada pelo Ministério Público para apurar a ilegalidade nas estabilidades funcionais concedidas aos servidores temporários da Polícia Civil e de outros órgãos do Estado de Mato Grosso.

Ao final da Inicial o Ministério Público também requereu e teve deferida pelo juízo a liminar para determinar ao estado de Mato Grosso que se abstenha de reconhecer novas está ligado aos servidores não concursados fora daquelas hipóteses expressamente previstas no ato das disposições constitucionais transitórias.

Ao analisar o mérito a respeito da estabilidade concedida a Vera Lúcia Rodrigues Miranda e Waldomiro Antônio da Silva Júnior por meio dos decretos 3.099 e  3079, respectivamente editados pelo governo do Estado, assim como os demais atos subsequentes de enquadramento, reenquadramento e progressões na carreira, a juíza considerou como indevida e ilegal declaração de estabilidade concedida aos dois, que já estão aposentados de acordo com o MP.

No caso de Vera Lúcia segundo os documentos no processo encaminhados pela Secretaria de Justiça e Segurança Pública e Polícia Judiciária Civil – PJC, ela ingressou no serviço público, no Cargo comissionado de Investigadora de Polícia no dia 7 /08/ 1987. Posteriormente, em 20 de dezembro de 2010, por meio de decreto nº 3099, foi declarada estável no serviço público.

Já Valdomiro, ingressou no serviço público em 6 /07/1989, no Cargo comissionado de Escrivão de Polícia, e foi declarado estável no serviço público, em 20/12/ 2010, por meio do Decreto 3079.

“Pelo que consta dos autos, houve de fato a indevida e ilegal declaração de estabilidade concedida aos requeridos Vera Lúcia Rodrigues Miranda e Waldomiro Antônio Silva Júnior”, escreveu a juíza.

CARGOS COMISSIONADOS

A juíza sustentou que a alegação do Estado de Mato Grosso, de que os cargos dos requeridos, apesar de “nominalmente” serem comissionados, mas que tais cargos, de fato, possuíam atribuições inerentes a de servidores efetivos, não merece respaldo. 

“Se a nomenclatura do cargo é comissionado não há como transmudá-lo para efetivo. Só por isso, já havia impedimento legal expresso, para a mencionada declaração de estabilidade concedida aos requeridos. Ainda, mesmo se fossem ocupantes de cargos ´efetivos`, como alega o Estado de Mato Grosso, os requeridos não possuíam o requisito temporal, previsto no art. 19, ADCT, para que pudessem ser beneficiados com a estabilidade extraordinária”, escreveu na decisão.

“Desta forma, jamais poderiam ser agraciados com a estabilidade extraordinária, uma vez que, quando da promulgação da Constituição Federal, em 05.10.1988, nenhum deles contava com mais de 05 (cinco) anos de efetivo exercício no serviço público”.

A magistrada registrou, ainda, que eventuais averbações de tempo de serviço prestado a outro órgão não podem ser computadas, para fins de concessão da estabilidade proveniente do art. 19, da ADCT/88, pois não cumprem as condições essenciais. “Por conseguinte, considerando que os requeridos Vera Lucia e Valdomiro Antônio não reuniam os requisitos dispostos no art. 19, do ADCT, as declarações de suas estabilidades no serviço público, por meio dos Decretos n. 3.099 e n. 3.079, editados pelo Governo do Estado de Mato Grosso, são nulas de pleno direito, por padecer do vício de inconstitucionalidade”, asseverou Célia Regina Vidotti.

Vidotti reforçou que a única forma originária de provimento de cargo público permitida pelo ordenamento jurídico brasileiro é a nomeação, oriunda de aprovação em concurso público, conforme o § 2º, do art. 37, da Constituição Federal.

“A não observância do princípio do concurso público implicará a nulidade do ato, que não se convalida com o tempo”, anotou.

“De igual forma, ausente os requisitos para estabilização extraordinária, a aposentação dos requeridos no cargo em questão resta também contaminada. Diante do exposto, julgo procedentes os pedidos iniciais para, diante da flagrante inconstitucionalidade, declarar a nulidade dos Decretos n. 3.099 e n. 3.079, que concederam indevidamente, a estabilidade extraordinária no serviço público aos requeridos Vera Lúcia Rodrigues Miranda e Valdomiro Antônio da Silva Júnior e ainda; declarar nulo os atos administrativos subsequentes que lhes concederam enquadramento, progressão ou incorporação na carreira, culminando com os atos de aposentadoria”, decidiu. 

Ao final, transitada a sentença em julgado, a juíza determinou que o Estado de Mato Grosso e o MTPREV (Mato Grosso Previdência) deverão ser intimados, na pessoa de seus representantes legais para que, no prazo de 15 dias, interrompam o pagamento aos requeridos Vera Lucia Rodrigues Miranda e Valdomiro Antônio da Silva Junior, de qualquer remuneração, subsídio etc., “sob pena de incidir, pessoalmente, em multa diária, no valor de R$ 5 mil reais”.

FONTE: https://www.folhamax.com/

COMENTE AQUI SOBRE ESTA NOTÍCIA!
Seguir:

Danny Bueno

Diretor de Jornalismo em MatoGrossoAoVivo
Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu carreira, desde 1991, trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, editor de conteúdo, relações públicas, consultor e analista de política e marketing social. É filiado à ABRAJI -Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo.
(http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)
Justiça de MT anula estabilidade e cancela aposentadoria concedida pelo estado de policiais civis não concursados 66
Seguir:
(Visited 77 times, 1 visits today)
Anúncios
Mande suas broncas, recados e sugestões por aqui!

 

Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu carreira, desde 1991, trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, editor de conteúdo, relações públicas, consultor e analista de política e marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo.
(http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Adicionar comentário

Click here to post a comment

Última chance de comentar!

PREVISÃO DO CLIMA

Tempo, 20 Setembro
Tempo em Alta Floresta booked.net
+45

Máx.: +46° Mín.: +28°

Humidade: 21%

Vento: NNE - 8 KPH

Tempo em Cuiabá
+40

Máx.: +42° Mín.: +31°

Humidade: 18%

Vento: NNW - 16 KPH

Tempo em Sinop
+48

Máx.: +48° Mín.: +26°

Humidade: 17%

Vento: NNW - 7 KPH

“RAPIDINHAS”

“Eu não sou aliado do executivo, eu sou aliado da população que me confiaram.. vou estar aqui trabalhando para o bem população, para o bem do nosso município…”

Reinaldo de Souza (Lau – PSD) – Vereador de AF

“Com efeito, devidamente instruídos os autos, verifica-se a existência de irregularidades gravíssimas caracterizadoras de atos de improbidade administrativa, arquitetadas pelos acionados, que causaram prejuízo ao erário, bem assim engendraram ofensa aos princípios da administração pública…”

Antônio Fábio da Silva Marquezini – Juiz da 6ª Vara de Justiça/Alta Floresta

“Audiência Pública já… o caminho é esse, não tem outro, eu gostaria de contar com o nosso presidente… nós precisamos acabar com essa falta de respeito que essa empresa (Águas Alta Floresta), está tendo com essa Casa de leis e em especial com a população”

Luiz Carlos de Queiroz (MDB) – Vereador de AF.

Tem que fechar mesmo, por que não vemos por parte do município interesse em resolver a questão da poeira e do asfaltamento que nunca foi concluído”.

Mequiel Zacarias (PT) – Vereador de Alta Floresta

 

” A Prefeitura não tem condições de fiscalizar, vocês foram lá e filmaram a casa… Já determinei as providências ao Controle Interno do município, pra apurar por meio de uma auditoria e suspendi a licitação…”

Asiel Bezerra – Pref. de Alta Floresta

“Quase todos os homens são capazes de suportar adversidades, mas se quiser por à prova o caráter de um homem, dê-lhe poder …”

Abraham Lincoln

PUBLICIDADE

ANÚNCIOS & PUBLICIDADES

PUBLICIDADE

OPÇÕES 2020

Na sua opinião, qual seria sua opção em 2020?

1) - Oliveira Dias
5 Vote
2) - Dida Pires
2 Vote
3) - Edinho Paiva
0 Vote
4) - Rose Rampazio
0 Vote
5) - Dr. Charles
0 Vote
6) - Mequiel Zacarias
3 Vote
7) - Luiz Araújo
1 Vote
8) - Marinéia Munhoz
0 Vote
9) - Emerson Machado
0 Vote
10) - Ademir Bruneto
-1 Vote
11) - Rodrigo Arpini
4 Vote
12) - Jairo De Carli
0 Vote
13) - Moisés Prado
1 Vote
14) - Robson Silva
1 Vote
15) - Elói Luiz de Almeida
0 Vote
16) - Robertinho Motos
1 Vote
17) - Coronel Ribeiro
12 Vote
18) - Nenhum destes...
1 Vote

PERGUNTINHA DO MÊS:

 

Recentemente a Câmara de Vereadores de Alta Floresta rejeitou uma Moção de Repúdio destinada ao Prefeito Asiel Bezerra. Na sua opinião de eleitor, a gestão do prefeito Asiel está satisfatória e não merecia a moção, ou está de abaixo da sua expectativa e merecia receber o repúdio da população ?

A) - Satisfatória
4 Vote
B) - Abaixo das expectativas
31 Vote

EVENTOS EM MATO GROSSO

set
23
seg
2019
19:00 IX ENCONTRO NORTE MATO-GROSSENSE... @FADAF
IX ENCONTRO NORTE MATO-GROSSENSE... @FADAF
set 23@19:00 – set 27@22:00
IX ENCONTRO NORTE MATO-GROSSENSE DE CONTABILIDADE - 2019 @ FADAF
IX ENCONTRO NORTE MATO-GROSSENSE DE CONTABILIDADE – 2019  Sob organização dos acadêmicos do 8º semestre de contabilidade – FADAF. Anúncios (function(g){g.__ATA.initAd({sectionId:1306518871, width:300, height:250});})(window);
out
2
qua
2019
18:09 1ª Expo Alta Floresta @Condomínio Betel
1ª Expo Alta Floresta @Condomínio Betel
out 2@18:09 – out 5@00:09
1ª Expo Alta Floresta @ Condomínio Betel
Rodeio todos os dias, 5 dias de shows nacionais, exposição de variados segmentos e 1° Lote de Passaportes a $60,00 – Últimos lotes – 100,00 🔝demaisss!!! É a 1° EXPO ALTA FLORESTA fazendo a diferença[...]
out
3
qui
2019
18:09 1ª Expo Alta Floresta @Condomínio Betel
1ª Expo Alta Floresta @Condomínio Betel
out 3@18:09 – out 6@00:09
1ª Expo Alta Floresta @ Condomínio Betel
Rodeio todos os dias, 5 dias de shows nacionais, exposição de variados segmentos e 1° Lote de Passaportes a $60,00 – Últimos lotes – 100,00 🔝demaisss!!! É a 1° EXPO ALTA FLORESTA fazendo a diferença[...]
out
4
sex
2019
18:09 1ª Expo Alta Floresta @Condomínio Betel
1ª Expo Alta Floresta @Condomínio Betel
out 4@18:09 – out 7@00:09
1ª Expo Alta Floresta @ Condomínio Betel
Rodeio todos os dias, 5 dias de shows nacionais, exposição de variados segmentos e 1° Lote de Passaportes a $60,00 – Últimos lotes – 100,00 🔝demaisss!!! É a 1° EXPO ALTA FLORESTA fazendo a diferença[...]
out
5
sáb
2019
18:09 1ª Expo Alta Floresta @Condomínio Betel
1ª Expo Alta Floresta @Condomínio Betel
out 5@18:09 – out 8@00:09
1ª Expo Alta Floresta @ Condomínio Betel
Rodeio todos os dias, 5 dias de shows nacionais, exposição de variados segmentos e 1° Lote de Passaportes a $60,00 – Últimos lotes – 100,00 🔝demaisss!!! É a 1° EXPO ALTA FLORESTA fazendo a diferença[...]

WHATS 24 HORAS – CLIQUE AQUI

ANÚNCIOS & PUBLICIDADES

“BOMBANDO” NO TWITTER

COTAÇÃO DO DÓLAR & EURO

AGRONEGÓCIO | INDICADORES

LOTERIAS – ÚLTIMOS RESULTADOS:

Mega Sena
Fonte: Caixa Econômica
Boa Sorte
Dupla Sena 1
2019/9/19
03 20 30 33 38 43
Dupla Sena 2
2019/9/19
02 08 10 30 32 50
Quina
2019/9/20
05 18 38 41 44
LotoMania
2019/9/20
05 06 08 14 15 16 24 25 26 35 37 44 54 63 64 69 72 74 90 97
LotoFacil
2019/9/20
01 02 04 05 06 07 08 09 12 13 15 16 17 18 25
TimeMania
2019/9/19
04 16 17 27 31 54 56
error: Conteúdo Protegido ! © Todos os direitos reservados a MatoGrossoAoVivo e suas fontes expressamente citadas.
    /* ]]> */