PUBLICIDADES
ECONOMIA ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Preços de alimentos básicos sobem nas capitais no mês de setembro

(Last Updated On: 6 de outubro de 2020)

Bruno Felipe / Com informações Agência Brasil

De acordo com a Pesquisa Nacional da Cesta Básica de , os preços do conjunto de básicos, necessários para as refeições de uma pessoa adulta durante um mês, aumentaram nas 17 capitais brasileiras pesquisadas em setembro.

A pesquisa, realizada pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), apontam que as maiores altas foram observadas em Florianópolis (9,80%), Salvador (9,70%) e Aracaju (7,13%). Em São Paulo, a cesta custou R$ 563,35, com elevação de 4,33% na comparação com agosto. No ano, o preço do conjunto de alimentos subiu 11,22% e, em 12 meses, 18,89%.

Segundo o estudo, com base na cesta mais cara (Florianópolis R$ 582,40), o salário mínimo necessário para adquirir os produtos deveria ter sido de R$ 4.892,75, o que corresponde a 4,68 vezes o mínimo vigente de R$ 1.045,00. O preço do óleo de aumentou em todas as capitais, com destaque para Natal (39,62%), Goiânia (36,18%), Recife (33,97%) e João Pessoa (33,86%), assim como o valor médio do arroz agulhinha, que teve maior em Curitiba (30,62%), Vitória (27,71%) e Goiânia (26,40%).

No caso do óleo, a alta foi ocasionada pela baixa dos estoques, consequência da demanda externa e interna. O arroz foi influenciado pelo elevado volume de exportação e baixos estoques. Em 16 estados houve aumento da carne bovina, com variação entre 0,66%, em , e 14,88%, em Florianópolis. Informações do Dieese dão conta de que o aumento ocorreu devido à elevada demanda externa, aos altos custos dos insumos e à menor oferta de animais para abate.

A pesquisa revelou que o açúcar subiu em 15 capitais, com as maiores altas em Salvador (8,19%) e Brasília (8,06%), também afetadas pelas exportações do produto e a alta demanda da cana, principalmente para a produção de etanol. A alta no preço do leite integral foi registrada em 14 cidades e variou entre 1,10%, em Belém, e 10,99%, em João Pessoa, devido à maior concorrência entre as indústrias produtoras de laticínios para a compra do leite no campo e à elevação do custo dos insumos. O preço do quilo do tomate aumentou em 14 capitais, com destaque para Salvador (32,12%) e Porto Alegre (29,11%).  A batata, pesquisada no Centro-Sul, teve o valor médio reduzido em sete das dez cidades onde o produto foi pesquisado, com quedas oscilando entre -2,53%, em Campo Grande, e -26,37%, em Vitória.

COMENTE AQUI SOBRE ESTA NOTÍCIA!
(Visited 20 times, 1 visits today)
APOIE A INDEPENDÊNCIA DO SITE! DOANDO QUALQUER VALOR.
Mande suas broncas, recados e sugestões por aqui!

 

Larissa Carvalho

Estagiária - assistente de comunicação.

Adicionar comentário

Click here to post a comment

Comente aqui usando suas redes sociais.

ASSINE AGORA MESMO

Mato Grosso Ao Vivo no Google News

FAÇA PARTE

WHATS 24 HORAS – CLIQUE AQUI

CLIMA MONITORADO AO VIVO

PUBLICIDADE

COTAÇÃO DO DÓLAR & EURO

ANÚNCIOS & PUBLICIDADES

PUBLICIDADE

APOIAMOS ESTA CAUSA:

ANÚNCIOS & PUBLICIDADES

AGRONEGÓCIO | INDICADORES

LOTERIAS – ÚLTIMOS RESULTADOS:

Mega Sena
Fonte: Caixa Econômica
Boa Sorte
Dupla Sena 1
2020/10/15
05 14 33 36 37 48
Dupla Sena 2
2020/10/15
01 13 20 21 29 32
Quina
2020/10/16
13 14 35 55 76
LotoMania
2020/10/16
00 02 10 12 16 19 46 51 52 57 64 71 72 75 80 81 82 84 88 99
LotoFacil
2020/10/16
01 05 07 08 10 12 13 14 15 17 20 21 22 23 24
TimeMania
2020/10/15
03 39 41 53 60 66 70

RSS Blog do Bueno

/* ]]> */