fbpx

RADIO ADRENALINA

MATO GROSSO MUNDO JURÍDICO POLÍTICA EM FOCO ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Deputado de MT faz acordo e entrega R$ 150 mil apreendido em caixa de sapatos

(Last Updated On: 13 de maio de 2024)

OPERAÇÃO ROTA FINAL

Dilmar e outro ex-deputado (já falecido) teriam recebido propina de R$ 6 milhões.

Um dos investigados na Operação Rota Final, do Grupo de Atuação Especial Contra Crime Organizado (Gaeco), que revelou um verdadeiro lobby entre políticos e empresários mato-grossenses para “barrar” e fraudar a concessão do transporte intermunicipal de passageiros em Mato Grosso, o deputado estadual Dilmar Dal Bosco (União Brasil) firmou um Acordo de Não Persecução Cível com o Ministério Público de Mato Grosso (MP-MT).

Por conta das tratativas, o parlamentar perdeu R$ 150 mil, valor que foi apreendido em uma das fases da investigação, escondido em uma caixa de sapatos.

O Sistema de Transporte Coletivo Rodoviário Intermunicipal de Passageiros de Mato Grosso (STCRIP-MT) vem tentando ser implantado pelo Governo de Mato Grosso desde a década de 2.000, e sofre forte “resistência” de empresários do setor.

Ao todo, conforme a denúncia, os deputados estaduais Pedro Satélite, morto em Janeiro de 2024, e Dilmar Dal Bosco teriam recebido propinas que alcançam R$ 6 milhões, entre os anos de 2012 e 2018, por uma organização criminosa supostamente capitaneada pelo proprietário da Verde Transportes, Eder Pinheiro.

A empresa de transporte rodoviário de passageiros atuava no mercado por meio de contratos precários, sem regulação, e é a maior interessada na não concessão do sistema. Pedro Satélite e Dilmar Dal Bosco respondiam por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Além do pagamento de propina, os parlamentares também recebiam “mimos” dos empresários, como cortesias em passagens rodoviárias para familiares e assessores.

A possibilidade de firmar o acordo foi apontada pelo Núcleo de Ações de Competência Originária da Procuradoria-Geral de Justiça (Naco), após manifestação dos advogados de Dilmar Dal Bosco, na ação. O MP-MT destacou que o dispositivo é um instrumento de economia processual e celeridade na distribuição da justiça e que estavam presentes os requisitos necessários para concessão do mesmo.

Por conta do acordo, ficou determinado o perdimento do valor de R$ 150.650,00, quantia que havia sido encontrada pelos agentes do Gaeco em uma caixa de sapato escondida em seu “closet”, durante a terceira fase da Rota Final”, deflagrada em maio de 2021.

O montante, segundo o acordo, será repassado para a Casa de Apoio do Hospital do Câncer, obra administrada pela Igreja Presbiteriana de Cuiabá. O deputado terá até 90 dias para cumprir o determinado, sob risco de rescisão do mesmo. O documento será agora analisado pelo relator da ação penal no Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), o desembargador Marcos Machado.

OPERAÇÃO ROTA FINAL
A concessão do transporte público intermunicipal de passageiros em Mato Grosso se arrasta desde a década de 2000, aparentemente, sendo “sabotada” pelos interesses de quem, de alguma forma, lucra com o negócio bilionário – estimado em mais de R$ 11 bilhões. A Verde Transportes, de Eder Pinheiro, é o  transporte intermunicipal de passageiros no estado.

As diligências vêm sendo deflagradas pelo Gaeco desde 2018. Conforme a denúncia das supostas fraudes, sem regras impostas pelo Poder Público (que estariam contidas numa concessão), as viações de ônibus basicamente “fazem o que querem” na prestação do serviço, uma vez que mantêm apenas contratos precários com a administração pública, sem estudos fundamentados.

Além da Verde Transportes, as empresas Viação Juína Transportes Eirelli, Empresa de Transporte Andorinha S/A, Viação Xavante Ltda e Viação Motta Ltda – e também o deputado estadual Dilmar Dal Bosco, bem como o ex-parlamentar Pedro Satélite -, também são investigados na operação.

Uma das iniciativas do grupo foi a criação de uma comissão, na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), em 2015, para realizar um “estudo” sobre serviços de transporte rodoviário de passageiros no Estado. A comissão, porém, foi criada atendendo a uma demanda de empresários do setor, que tinham interesse na manutenção dos contratos de suas empresas de transporte.

Segundo os autos, o relatório final desta comissão na Assembleia Legislativa (ALMT) – que tinha presidência e relatoria de Pedro Satélite e Dilmar Dal Bosco, respectivamente -, e que recomendou a manutenção dos contratos precários das empresas de ônibus, sequer foi assinado pelos então parlamentares. O MPMT aponta que representantes das próprias empresas de ônibus, capitaneadas pelo Sindicato dos Empresários do Setor de Transporte Intermunicipal de Passageiros (Setromat), “elaboraram” o documento. Júlio César Sales Lima, presidente do sindicato patronal, teria atuado ativamente no episódio.

Eder Augusto Pinheiro “nadou de braçada” com suas empresas de ônibus – Verde Transportes à frente. Sem regulação do Estado, cobrando o preço que queria nas passagens, e oferecendo serviços de qualidade questionável, o empresário faturou nada menos do que R$ 409,3 milhões só entre 2013 e 2017. Ele sofreu um bloqueio de bens determinado pela justiça que incluiu dois aviões, um Rolls Royce, R$ 29 milhões em contas bancárias, e diversos imóveis.

FONTE: LEONARDO HEITOR – FOLHAMAX

#matogrosso #dilmardalbosco #mpmt #almt #ederpinheiro #operacaorotafinal #gaeco #setromat #naco #stcript #matogrossoaovivo

COMENTE MAIS ABAIXO A NOTÍCIA!
DIRETO DA REDAÇÃO
Seguir:
(Visited 1.874 times, 2 visits today)

DIRETO DA REDAÇÃO

Nossa equipe de profissionais atualiza diariamente um resumo das principais notícias de Alta Floresta, do Mato Grosso, do Brasil e do mundo, para manter nosso leitores sempre bem informados.

MatoGrossoAoVivo é um portal de notícias e entretenimento que cobre eventos, acontecimentos e notícias do estado de Mato Grosso, Brasil. O portal foi lançado em 2016 e oferece conteúdo em diferentes formatos, como artigos, vídeos e fotos. Além disso, MatoGrossoAoVivo também conta com um canal de Rádio/TV online (Rádio WEBLIVE - www.radioweblive.com.br ), que transmite programação ao vivo e gravada 24 horas por dia.

Adicionar comentário

Click here to post a comment

VITRINE DE CLIENTES

MERCADO IMOBILIÁRIO

LEITURA OBRIGATÓRIA:

Danny Bueno - Análise dos Fatos

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e...

DENÚNCIA ONLINE

AGRONEGÓCIO | INDICADORES

GRUPO GAMA

ENQUETE:

Em quem você votaria para prefeito de Alta Floresta, se as eleições fossem hoje?

Chico Gamba
68 Vote
Oliveira Dias
48 Vote
Robertinho Motos
2 Vote
Ednei Blasius
27 Vote
Frank Almeida
9 Vote
Dr. Vinícius
19 Vote
Maria Izaura
3 Vote
Marcos Menin
3 Vote
Tutti (Oslen Dias)
5 Vote
Robson Silva
3 Vote
Luciano Silva
4 Vote
Zé Eskiva
3 Vote
Dr. Charles
4 Vote
Rose do Tradição
1 Vote
Ilmarli Teixeira
4 Vote
Doglas Arisi
6 Vote
Cezinha da Econ
1 Vote
Edson Arrotéia
4 Vote
Coronel Ribeiro
19 Vote
Christian Lima
17 Vote

COLUNAS JURÍDICAS

AUTOMOTIVOS

SAÚDE PLENA

SAÚDE E BEM ESTAR

PUBLICIDADES & PARCERIAS

CENTRAL DE INFORMAÇÕES:

APOIE ESTA CAUSA

Facebook

Cópias são proibidas, conforme a Lei nº 9.610/98.
All rigths reserved to MatoGrossoAoVivo © 2024 .