Últimas

Moinho de trigo em Cuiabá terá capacidade para produzir 120 t/dia a partir de 2020

Lousdembergue Rondon

Reunião da Câmara Técnica debateu demanda, dificuldades e agentes que atuam no mercado da farinha de trigo

Empresários do setor de panificação participaram da reunião da Câmara Técnica do Trigo (CTT) da Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso (Sedec/MT), com representantes da indústria Moinho Dona Hilda que será instalado em Cuiabá. No evento foram debatidas as prospecções de demanda, dificuldades e agentes que atuam no mercado da farinha de trigo e seus subprodutos. O encontro ocorreu nesta quinta (8) na sede da Aprosoja, na Capital.
Para o presidente do Sindicato das Indústrias de Panificação e Confeitaria do Estado de Mato Grosso (Sindipan/MT), Hernando Brito, o setor enfrenta dificuldades na compra da farinha de trigo importada, pois a mesma está em constante mudança por causa do dólar. “Temos no Estado um bom ambiente para produzir trigo, temos capacidade e tecnologia para isso, agora é preciso levar a demanda ao Governo para a criação de políticas que incentivem o plantio e industrialização, até o produto final”, disse.
De acordo com o representante do Moinho Dona Hilda, Almir Gonçalves, a indústria pretende começar a operar em 2020. A abertura da empresa no Estado foi decidida pela qualidade do trigo produzido no cerrado, potencial de expansão da tricultura e mercado consumidor favorável. “A nossa área será no distrito industrial em Cuiabá. Teremos a capacidade de produzir 120 toneladas de trigo por dia”, explicou.
São consumidos anualmente 140 mil toneladas de farinha de trigo em Mato Groso, afirma o coordenador da CTT e pesquisador da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), Hortêncio Paro. “A cultura do trigo tem potencial no Estado com a produção de materiais genéticos classificados para produção de pão, massas e farinhas de trigo consideradas nobres”, disse.
A empresária Mariana Durigan possui uma indústria de pães congelados na cidade e, segundo ela, a produção de trigo no Estado facilitaria a aquisição do produto com um preço mais atrativo. “Comercialmente falando, será muito bem vinda uma indústria de trigo em Mato Grosso, não teríamos que pagar um frete tão caro como no produto importado. Além disso contaríamos com os técnicos do moinho para nos auxiliarem na indústria”, pontuou. (Com Assessoria) Investimento Moinho de trigo em Cuiabá terá capacidade para produzir 120 t/dia a partir de 2020 Moinho em Cuiabá terá capacidade para produzir 120 t/dia de trigo a partir de 2020 Instalações da indústria Moinho Dona Hilda em Mariópolis (PR) que terá unidade no Distrito Industrial na Capital

___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Moinho de trigo em Cuiabá terá capacidade para produzir 120 t/dia a partir de 2020
FONTE: RD NEWS
___________________________________________


0
2.1K


___________________________________________
SEJA UM “REPÓRTER CIDADÃO”
Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do MATO GROSSO AO VIVO.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: matogrossoaovivo@gmail.com ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.
____________________________________________________
GIRO SOCIAL | MATO GROSSO AO VIVO


ALAMBIQUE (31/09) - REPLAY - Festa Flash Back



Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

Tags

DIRETO DA REDAÇÃO

Nossa equipe de jornalistas atualiza diariamente um resumo das principais notícias de Alta Floresta e região, de Mato Grosso, do Brasil e do mundo, para manter nosso leitores sempre bem informados.

Adicionar comentário

Click here to post a comment

Deixe aqui seu comentário!

COLUNISTA | DANNY BUENO

PERGUNTINHA DO MÊS:

A prefeitura enviou um projeto de adequação dos valores do IPTU dos imóveis do município e pede que os vereadores aprovem antes do final do ano para ser implementado o aumento já em 2019, você é foi informado sobre esse aumento? Se não, o que acha da forma como a prefeitura está pretendendo proceder com esta questão?

ANÚNCIOS & PUBLICIDADES

COTAÇÃO DO DÓLAR & EURO

MEGA-SENA – ÚLTIMO RESULTADO:

Mega Sena
Fonte: Caixa Econômica
Boa Sorte

VÍDEOS EM DESTAQUE NAS REDES

Nenhum Banner adicionado

error: Conteúdo Protegido ! © Todos os direitos reservados a MatoGrossoAoVivo e suas fontes expressamente citadas.
    /* ]]> */