ALTA FLORESTA DIREITO DO TRABALHADOR GOVERNO MAURO MENDES SAÚDE PÚBLICA ÚLTIMAS

Hospital Regional de Alta Floresta é condenado pelo TRT em 44 irregularidades e terá que cumprir melhorias

(Last Updated On: 13 de setembro de 2019)

O Estado de Mato Grosso e o Fundo Estadual de Saúde foram condenados a implementar uma série de 44 obrigações relacionadas a normas de higiene, saúde e segurança do trabalho no Hospital Regional de Alta Floresta.

Hospital Regional de Alta Floresta é condenado pelo TRT em 44 irregularidades e terá que cumprir melhorias 65
A investigação teve início no ano passado, a partir de uma denúncia de risco biológico devido aos indícios de contaminação de superbactéria na unidade de saúde.

A determinação, dada inicialmente na Vara do Trabalho da região, foi confirmada pela 2ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho (TRT/MT).

A condenação é resultado de uma ação civil pública ajuizada pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) após uma inspeção realizada no hospital constatar 72 irregularidades.

A investigação teve início no ano passado, a partir de uma denúncia de risco biológico devido aos indícios de contaminação de superbactéria na unidade de saúde.

Dentre as irregularidades verificadas pelo MPT, destacam-se o mobiliário inadequado, o compartilhamento de equipamentos de proteção individual (EPIs) entre os empregados e a inexistência de sistema de descarte de resíduos, de Comissão de Controle de Infecção Hospitalar, de Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) e de Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho (SESMT).

O hospital também não possui programas de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA) e de Controle Médico e Saúde Ocupacional (PCMSO) atualizados. Ambos são exigidos pela legislação como forma de preservar a saúde do trabalhador.

O primeiro, por meio da antecipação, reconhecimento e controle de riscos existentes ou que venham a existir no ambiente de trabalho, enquanto o segundo prevê avaliações periódicas e exames para cada agente de risco durante a jornada de trabalho.

Em sua defesa, o Estado de Mato Grosso argumentou que em razão do princípio da separação dos poderes, o Judiciário não pode intervir na esfera de discricionariedade do administrador público, além de que o Executivo tem dotação orçamentária limitada e qualquer despesa deve ser precedida de autorização legislativa.

Ao julgar o caso, a juíza Janice Mesquita, titular da Vara do Trabalho de Alta Floresta, ressaltou, no entanto, que muitas das obrigações não dependem de orçamento para serem implementadas, mas de gestão dos recursos existentes.

Com relação aos itens que dependem de aquisição de material ou outras despesas, foi concedido prazo na decisão liminar de 180 dias para realização de licitação e outras medidas necessárias.

“As obrigações impostas na presente ação se referem a condições mínimas de trabalho para os empregados. A inobservância delas coloca em risco não somente a vida e saúde do trabalhador como do paciente”, destacou.

A magistrada salientou ainda que é dever do empregador garantir as condições adequadas de trabalho e que, no caso, a omissão se torna ainda mais grave por ser cometida pelo próprio Estado, “de quem se espera o exemplo no cumprimento da legislação vigente”.

Além das 44 obrigações, para as quais foi fixada multa diária de 10 mil reais a cada item descumprido, a sentença estabelecia condenação ao Estado de pagar indenização no valor de 500 mil reais, a título de dano moral coletivo.

No recurso ao TRT, o Estado reiterou a alegação de que, em razão da discricionariedade administrativa para a implantação de políticas públicas e da ausência de disponibilidade orçamentária, não pode ser compelido, por decisão judicial, a cumprir as obrigações.

Entretanto, também no Tribunal esses argumentos não foram aceitos. Conforme o relator do recurso, desembargador Roberto Benatar, casos de saúde, higiene e segurança do trabalho envolvem interesses sociais e coletivos que extrapolam a esfera individual deste ou daquele trabalhador.

Por se tratar, portanto, de questão de ordem pública, cuja observância é obrigatória e imediata, tais questões não podem ser submetidas à discricionariedade do gestor público para que este decida o melhor momento de sua implementação.

Concluindo a análise, o desembargador assinalou também que, apesar da liberdade que os entes públicos possuem para definir e gerir seus orçamentos, essa autonomia não os exime de cumprir as normas referentes às condições mínimas de trabalho de seus empregados, “mormente as relativas ao meio ambiente do trabalho, esfera em que o administrador atua de forma vinculada, e não discricionária”, frisou.

Assim, manteve a condenação de o Estado cumprir a lista de melhorias no hospital de Alta Floresta, que inclui a elaboração e implementação dos programas PPRA e PCMSO (no qual deve conter medidas de descontaminação do local em caso de exposição acidental a agentes biológicos), do Plano de Proteção Radiológico, da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar, da CIPA e de sistema adequado de descarte de resíduos.

Também deverão ser providenciados mobiliário ergonômico, vestimentas e EPIs adequados e alvará do Corpo de Bombeiros.

Por fim, a lista prevê que os trabalhos na instalação elétrica e serviços com eletricidade, assim como em altura e de operação de máquinas e equipamentos, somente sejam permitidos a pessoas comprovadamente habilitadas para essas funções.

Prejuízo à coletividade

Entretanto, mesmo reconhecendo que houve o descumprimento das medidas de segurança, saúde e higiene, o relator decidiu excluir a condenação de indenização por dano moral coletivo por avaliar que a sanção traria um prejuízo ainda maior à coletividade.

Isso porque “causaria um impacto no orçamento da saúde estadual, o qual se encontra notoriamente defasado, prejudicando não apenas os trabalhadores do Hospital Regional de Alta Floresta, mas toda a população mato-grossense que utiliza a rede pública de saúde”, concluiu.

Pelo mesmo motivo, julgou excessivo o valor da multa diária, fixada em 10 mil reais, entendendo mais proporcional ao objetivo da sanção a quantia de 5 mil a ser aplicada para cada obrigação descumprida.

Assim, a 2ª Turma, de forma unânime, acompanhou o voto do relator e reformou a sentença nos pontos referentes à condenação por dano moral coletivo e ao valor da multa diária em eventual inobservância das obrigações.

Com informações do MinutoMT
 

 

COMENTE AQUI SOBRE ESTA NOTÍCIA!
Seguir:

Danny Bueno

Diretor de Jornalismo em MatoGrossoAoVivo
Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu carreira, desde 1991, trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, editor de conteúdo, relações públicas, consultor e analista de política e marketing social. É filiado à ABRAJI -Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo.
(http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)
Hospital Regional de Alta Floresta é condenado pelo TRT em 44 irregularidades e terá que cumprir melhorias 66
Seguir:
(Visited 199 times, 1 visits today)
Anúncios
Mande suas broncas, recados e sugestões por aqui!

 

Danny Bueno

Especializado em Jornalismo Político e Investigativo. Está radicado nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, construiu carreira, desde 1991, trabalhando para sites, jornais e emissoras de TV de Mato Grosso e Rondônia. É assessor de imprensa, é roteirista, produtor de eventos, editor de conteúdo, relações públicas, consultor e analista de política e marketing social. É filiado à ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo.
(http://portaldosjornalistas.com.br/jornalista/danny-bueno)

Adicionar comentário

Click here to post a comment

Última chance de comentar!

PREVISÃO DO CLIMA

Tempo, 16 Setembro
Tempo em Alta Floresta www booked net
+41

Máx.: +41° Mín.: +25°

Humidade: 21%

Vento: NNE - 8 KPH

Tempo em Cuiabá
+44

Máx.: +45° Mín.: +28°

Humidade: 11%

Vento: - 14 KPH

Tempo em Sinop
+47

Máx.: +47° Mín.: +26°

Humidade: 12%

Vento: NE - 10 KPH

“RAPIDINHAS”

“Eu não sou aliado do executivo, eu sou aliado da população que me confiaram.. vou estar aqui trabalhando para o bem população, para o bem do nosso município…”

Reinaldo de Souza (Lau – PSD) – Vereador de AF

“Com efeito, devidamente instruídos os autos, verifica-se a existência de irregularidades gravíssimas caracterizadoras de atos de improbidade administrativa, arquitetadas pelos acionados, que causaram prejuízo ao erário, bem assim engendraram ofensa aos princípios da administração pública…”

Antônio Fábio da Silva Marquezini – Juiz da 6ª Vara de Justiça/Alta Floresta

“Audiência Pública já… o caminho é esse, não tem outro, eu gostaria de contar com o nosso presidente… nós precisamos acabar com essa falta de respeito que essa empresa (Águas Alta Floresta), está tendo com essa Casa de leis e em especial com a população”

Luiz Carlos de Queiroz (MDB) – Vereador de AF.

Tem que fechar mesmo, por que não vemos por parte do município interesse em resolver a questão da poeira e do asfaltamento que nunca foi concluído”.

Mequiel Zacarias (PT) – Vereador de Alta Floresta

 

” A Prefeitura não tem condições de fiscalizar, vocês foram lá e filmaram a casa… Já determinei as providências ao Controle Interno do município, pra apurar por meio de uma auditoria e suspendi a licitação…”

Asiel Bezerra – Pref. de Alta Floresta

“Quase todos os homens são capazes de suportar adversidades, mas se quiser por à prova o caráter de um homem, dê-lhe poder …”

Abraham Lincoln

PUBLICIDADE

ANÚNCIOS & PUBLICIDADES

PUBLICIDADE

OPÇÕES 2020

Na sua opinião, qual seria sua opção em 2020?

1) - Oliveira Dias
5 Vote
2) - Dida Pires
2 Vote
3) - Edinho Paiva
0 Vote
4) - Rose Rampazio
0 Vote
5) - Dr. Charles
0 Vote
6) - Mequiel Zacarias
3 Vote
7) - Luiz Araújo
1 Vote
8) - Marinéia Munhoz
0 Vote
9) - Emerson Machado
0 Vote
10) - Ademir Bruneto
-1 Vote
11) - Rodrigo Arpini
4 Vote
12) - Jairo De Carli
0 Vote
13) - Moisés Prado
1 Vote
14) - Robson Silva
1 Vote
15) - Elói Luiz de Almeida
0 Vote
16) - Robertinho Motos
1 Vote
17) - Coronel Ribeiro
12 Vote
18) - Nenhum destes...
1 Vote

PERGUNTINHA DO MÊS:

 

Recentemente a Câmara de Vereadores de Alta Floresta rejeitou uma Moção de Repúdio destinada ao Prefeito Asiel Bezerra. Na sua opinião de eleitor, a gestão do prefeito Asiel está satisfatória e não merecia a moção, ou está de abaixo da sua expectativa e merecia receber o repúdio da população ?

A) - Satisfatória
4 Vote
B) - Abaixo das expectativas
31 Vote

EVENTOS EM MATO GROSSO

set
23
seg
2019
19:00 IX ENCONTRO NORTE MATO-GROSSENSE... @FADAF
IX ENCONTRO NORTE MATO-GROSSENSE... @FADAF
set 23@19:00 – set 27@22:00
IX ENCONTRO NORTE MATO-GROSSENSE DE CONTABILIDADE - 2019 @ FADAF
IX ENCONTRO NORTE MATO-GROSSENSE DE CONTABILIDADE – 2019  Sob organização dos acadêmicos do 8º semestre de contabilidade – FADAF. Anúncios (function(g){g.__ATA.initAd({sectionId:1306518871, width:300, height:250});})(window);
out
2
qua
2019
18:09 1ª Expo Alta Floresta @Condomínio Betel
1ª Expo Alta Floresta @Condomínio Betel
out 2@18:09 – out 5@00:09
1ª Expo Alta Floresta @ Condomínio Betel
Rodeio todos os dias, 5 dias de shows nacionais, exposição de variados segmentos e 1° Lote de Passaportes a $60,00 – Últimos lotes – 100,00 🔝demaisss!!! É a 1° EXPO ALTA FLORESTA fazendo a diferença[...]
out
3
qui
2019
18:09 1ª Expo Alta Floresta @Condomínio Betel
1ª Expo Alta Floresta @Condomínio Betel
out 3@18:09 – out 6@00:09
1ª Expo Alta Floresta @ Condomínio Betel
Rodeio todos os dias, 5 dias de shows nacionais, exposição de variados segmentos e 1° Lote de Passaportes a $60,00 – Últimos lotes – 100,00 🔝demaisss!!! É a 1° EXPO ALTA FLORESTA fazendo a diferença[...]
out
4
sex
2019
18:09 1ª Expo Alta Floresta @Condomínio Betel
1ª Expo Alta Floresta @Condomínio Betel
out 4@18:09 – out 7@00:09
1ª Expo Alta Floresta @ Condomínio Betel
Rodeio todos os dias, 5 dias de shows nacionais, exposição de variados segmentos e 1° Lote de Passaportes a $60,00 – Últimos lotes – 100,00 🔝demaisss!!! É a 1° EXPO ALTA FLORESTA fazendo a diferença[...]
out
5
sáb
2019
18:09 1ª Expo Alta Floresta @Condomínio Betel
1ª Expo Alta Floresta @Condomínio Betel
out 5@18:09 – out 8@00:09
1ª Expo Alta Floresta @ Condomínio Betel
Rodeio todos os dias, 5 dias de shows nacionais, exposição de variados segmentos e 1° Lote de Passaportes a $60,00 – Últimos lotes – 100,00 🔝demaisss!!! É a 1° EXPO ALTA FLORESTA fazendo a diferença[...]

WHATS 24 HORAS – CLIQUE AQUI

ANÚNCIOS & PUBLICIDADES

“BOMBANDO” NO TWITTER

COTAÇÃO DO DÓLAR & EURO

AGRONEGÓCIO | INDICADORES

LOTERIAS – ÚLTIMOS RESULTADOS:

Mega Sena
Fonte: Caixa Econômica
Boa Sorte
Dupla Sena 1
2019/9/17
04 07 15 20 32 50
Dupla Sena 2
2019/9/17
13 34 38 40 41 43
Quina
2019/9/18
15 23 47 70 75
LotoMania
2019/9/17
01 09 11 26 30 35 40 42 55 60 63 64 69 71 72 76 83 91 92 96
LotoFacil
2019/9/18
01 02 03 04 05 10 11 12 13 14 16 20 21 23 25
TimeMania
2019/9/17
32 33 37 41 46 57 63
error: Conteúdo Protegido ! © Todos os direitos reservados a MatoGrossoAoVivo e suas fontes expressamente citadas.
    /* ]]> */