fbpx

ECONOMIA

Vendas do comércio varejista cresceram 0,6% em novembro

(Last Updated On: 14 de janeiro de 2022)

As vendas do comércio varejista no Brasil subiram 0,6% em novembro de 2021, após registrar 0,2% em outubro. Mesmo assim, cinco das oito atividades pesquisadas tiveram taxas negativas no mês. O varejo acumula alta de 1,9% até novembro e nos últimos 12 meses, também até novembro, cresceu 1,9%. Os dados são da Pesquisa Mensal de Comércio (PMC), divulgada hoje (14) pelo Instituto Brasileiro de e Estatística (IBGE).

A pesquisa mostra que o avanço de 0,9% no volume de vendas da atividade de hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo contribuiu para o resultado do varejo em novembro. “É a principal contribuição para o peso total, essa variação no campo positivo”, disse o gerente da pesquisa, Cristiano Santos.

Também houve crescimento de vendas nos artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos (1,2%) e outros artigos de uso pessoal e doméstico (2,2%). Em movimento contrário, o volume de vendas de móveis e eletrodomésticos caiu 2,3%, como também em tecidos, vestuário e calçados (1,9%), combustíveis e lubrificantes (1,4%) e livros, jornais, revistas e papelaria (1,4%). O segmento Equipamentos e material para escritório, informática e comunicação teve queda de 0,1%, o que, segundo o IBGE, apontou estabilidade.

Black Friday

Cristiano Santos lembrou que em 2021 a Black Friday foi muito menos intensa, em termos de volume de vendas, do que a do ano anterior. Em 2020, o período de promoções foi melhor, especialmente para as maiores cadeias do varejo, disse. “Isso se deve, em parte, pela inflação, mas também por uma mudança no perfil de consumo, já que algumas compras foram realizadas em outubro ou até mesmo no primeiro semestre, quando houve maior disponibilidade de crédito e o fenômeno dos descontos. Isso adiantou de certa forma a Black Friday para algumas cadeias”.

Também em novembro, o volume de vendas do comércio varejista ampliado, que inclui veículos, motos, partes e peças e material de construção, cresceu 0,5%. De acordo com a pesquisa, o resultado foi influenciado pelas taxas positivas de veículos, motos, partes e peças (0,7%) e material de construção (0,8%), após terem registrado resultados negativos do mês anterior, de 0,4% e 0,8%, respectivamente.

Interanual

Na comparação interanual, o varejo caiu 4,2% em relação a novembro de 2020. Das oito atividades pesquisadas, sete apresentaram taxas negativas. O destaque ficou com móveis e eletrodomésticos (21,5%), combustíveis e lubrificantes (7,1%), outros artigos de uso pessoal e doméstico (2,6%) e tecidos, vestuário e calçados (4,4%).

Também recuaram, na comparação com novembro de 2020, os segmentos de hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (0,5%), equipamentos e material para escritório, informática e comunicação (5,6%), e livros, jornais, revistas e papelaria (14,4%).

Artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos foram a única atividade que cresceu em novembro (2,5%), na comparação com o mesmo mês de 2020. Já no comércio varejista ampliado, o setor de veículos, motos, partes e peças subiu 1,7%, se comparado a novembro de 2020. Em comportamento diferente material de construção teve queda 4,1% no período.

Estados

Na passagem de outubro para novembro de 2021, 14 das 27 unidades da federação apresentaram resultados negativos no comércio varejista. Os destaques foram Paraíba (3,1%), Piauí (3%) e Bahia (2,8%). No campo positivo, foram 13 unidades da federação, sendo as principais Roraima (3,7%), Rio de Janeiro (2,8%) e Distrito Federal (2,7%).

Também no comércio varejista ampliado, 14 unidades recuaram nas vendas. As mais intensas foram na Paraíba (6,8%), Tocantins (6,1%) e Alagoas (5,1%). Em sentido oposto, 12 unidades da federação, ficaram no campo positivo, com destaque para Rio de Janeiro (2,1%), Amazonas (1,9%) e Rondônia (1,7%). O Amapá ficou estável.

Pesquisa

De acordo com o IBGE, a Pesquisa Mensal de Comércio, criada em 1995, produz indicadores que permitem acompanhar o comportamento conjuntural do comércio varejista no país, levando em consideração a receita bruta de revenda nas empresas formalmente constituídas, com 20 ou mais pessoas ocupadas, e cuja atividade principal é o comércio varejista.

Ouça na Radioagência Nacional:

 



FONTE: AGÊNCIA BRASIL / BRASIL
__________________________________________



COMENTE AQUI SOBRE ESTA NOTÍCIA!
Seguir:
(Visited 71 times, 1 visits today)
Tags
___________________________________________
___________________________________________

ÚLTIMAS NOTÍCIAS: Faça parte da nossas “Listas de Transmissão”, com as principais notícias diárias recebidas pelo WhatsApp, em tempo real. (CLIQUE AQUI)

NINGUÉM DIRIGE NOSSA OPINIÃO !

Por isso mesmo, o nosso portal luta para ser verdadeiro, sério e imparcial.

– Fornecemos um jornalismo isento que ajude cada um de nossos leitores a entender melhor os fatos e tomar decisões que desafiam, unem e inspiram mudanças, mesmo em tempos de crises, debates e polêmicas.

– Nosso trabalho também depende de nossos leitores, e por isso pedimos apoio financeiro para continuar nessa missão.

– Sua ajuda financeira, nos mantém independentes e fortes, isso significa que podemos manter nossas reportagens com qualidade, conteúdo e veracidade.

– Nosso perfil, opinativo, investigativo e interrogativo tem o papel de desmascarar, desembaraçar e mostrar as inverdades contidas em esquemas criminosos, na sua maioria por trás de grupos poderosos, que as vezes, são acobertados pela própria imprensa, que em alguns casos, se encontram aparelhadas e financiadas por interesses ideológicos, político e financeiros.

“O Jornalismo Verdade”, que você pode confiar, também depende de você!

– Apoie essa causa, doando qualquer valor. DOAR AO MATO.GROSSO.AO.VIVO

DIRETO DA REDAÇÃO

Nossa equipe de profissionais atualiza diariamente um resumo das principais notícias de Alta Floresta, do Mato Grosso, do Brasil e do mundo, para manter nosso leitores sempre bem informados.

Adicionar comentário

Click here to post a comment

SINTONIZE SUA RÁDIO

SAÚDE E BEM ESTAR

WHATS 24 HORAS – CLIQUE AQUI

PUBLICIDADES & PARCERIAS

Mato Grosso Ao Vivo no Google News

FAÇA PARTE

CLIMA MONITORADO AO VIVO

COTAÇÃO DO DÓLAR & EURO

APOIAMOS ESTA CAUSA:

AGRONEGÓCIO | INDICADORES

Facebook