Notícias do Estado

Dados do ISP apontam diminuição de roubos no Rio em abril

Em abril, pela primeira vez no ano, houve diminuição no roubo de veículos no estado do Rio de Janeiro. Foram 4.657 casos no mês, contra 4.891 em abril de 2017, uma redução de 4,8%. Na comparação com março de 2018, a queda foi de 13,08%, num total de 701 ocorrências a menos. Os dados foram divulgados hoje (17) pelo Instituto de Segurança Pública (ISP).

A área que integra Nova Iguaçu, Mesquita e Nilópolis e Duque de Caxias, todas na Baixada Fluminense, foram as que mais tiveram queda. Por outro lado, Belford Roxo, Tanguá, Itaboraí, Rio Bonito, Silva Jardim e Cachoeiras de Macacu, na região metropolitana, apresentaram aumento no número de roubos de veículos.

Houve queda também no roubo de carga, com 832 registros em abril deste ano, redução de 13,6% na comparação com 2017. Já os roubos de rua, que incluem roubo a transeunte, de aparelho celular e em coletivo, tiveram queda de 12,6%, com 11.057 ocorrências no total. No roubo à residência a redução foi de 18,9%, com 103 em 2018.

Os estupros diminuíram 5,53% na comparação com março de 2018, caindo de 452 casos para 427. Mas houve aumento de 17,63% em relação a abril de 2017, quando foram registrados 363 casos.

Mortes aumentaram

Já os indicadores de letalidade violenta, que englobam homicídio doloso, latrocínio, lesão corporal seguida de morte e homicídio decorrente de oposição à intervenção policial, apresentaram aumento de 9,8%, com um total de 592 vítimas no estado no mês. Foram 53 vítimas a mais na comparação com abril do ano passado, mas houve redução de 44 vítimas em relação a março de 2018.

Na comparação anual, o homicídio doloso teve aumento de 8,9% em relação a abril de 2017, com 475 registros em abril de 2018. O homicídio decorrente de oposição à intervenção policial aumentou 26,3%, com 101 vítimas. O número de latrocínios reduziu, com oito vítimas a menos, sendo 14 no total. E diminuiu também o número de policiais civis e militares mortos em serviço, em abril de 2017 foram sete e um em 2018.

No ano, os homicídios decorrentes de oposição à intervenção policial já somam 464 vítimas, contra 386 no mesmo período do ano passado, um aumento de 20,2%. Os policiais mortos em serviço passaram de 13 de janeiro a abril de 2017 para 12 no mesmo período de 2018.

Edição: Fernando Fraga



___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Dados do ISP apontam diminuição de roubos no Rio em abril
FONTE: CENÁRIO MATO GROSSO
[divider style=”solid” top=”20″ bottom=”20″][toggle title=”SEJA UM REPÓRTER CIDADÃO” state=”open”]Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do MATO GROSSO AO VIVO.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: matogrossoaovivo@gmail.com ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.[/toggle]

GIRO SOCIAL | MATO GROSSO AO VIVO



ALAMBIQUE (31/09) - REPLAY - Festa Flash Back




Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

DIRETO DA REDAÇÃO

Nossa equipe de jornalistas atualiza diariamente um resumo das principais notícias de Alta Floresta e região, de Mato Grosso, do Brasil e do mundo, para manter nosso leitores sempre bem informados.

Adicionar comentário

Click here to post a comment

Deixe aqui seu comentário!

COTAÇÃO DO DÓLAR & EURO

“RAPIDINHAS”

  • DIDA PIRES (PPS)
    "A partir de agora estarei acompanhando de perto todos os passos das licitações do setor de obras e irá contabilizar cada "arruela" que for ou não utilizada no município".
  • ELISA GOMES (PDT)
    “Nos chama atenção e nos deixa extremamente preocupados é com os valores de referências dos produtos que estão sendo licitados".
  • EMERSON MACHADO (MDB)
    "Além dos preços estarem mais elevados, em caso de compras grandes, qualquer leigo sabe que o poder de compra é maior, quanto mais se compra mais desconto se ganha... os preços deveriam estar sendo negociados por valores bem menores."

PERGUNTINHA DO MÊS:

Você acredita que houve excessos e abuso de autoridade no fato do comandante do 8º Batalhão da Polícia Militar de Alta Floresta ter desconsiderado a autorização de entrada da funcionária, invadido a emissora de TV e agredindo-a apertos e empurrões ou ele apenas estava agindo dentro dos limites que a sua condição de oficial membro da polícia militar lhe permite agir?

ME SEGUE NAS REDES…

ANÚNCIOS E & PUBLICIDADES

MEGA-SENA – ÚLTIMO RESULTADO:

Mega Sena
Fonte: Caixa Econômica
Boa Sorte
%d blogueiros gostam disto: