Notícias do Estado

Polícia Civil prossegue investigações de caso de recém-nascida enterrada viva em Canarana

A Polícia Judiciária Civil  prossegue com as investigações sobre o caso da recém-nascida indígena enterrada viva em Canarana. O inquérito policial foi concluído, na segunda-feira (11.06), indiciando a bisavó pelo crime de homicídio tentado qualificado, porém o delegado responsável, Deuel Paixão de Santana, acredita na participação de outros envolvidos.

 

Segundo as investigações, o crime foi motivado pelo fato da mãe da bebê, uma adolescente indígena, de 15 anos, ser solteira. A avó e a bisavó da criança, que premeditaram e planejaram o que seria feito com o bebê logo depois do parto, seguem presas.

 

Em relação à bisavó de 57 anos, o Judiciário deferiu pedido da Funai para que ela ficasse detida (prisão preventiva) na instituição no município de Gaúcha do Norte. Ela já foi transferida.

 

A avó da criança de 33 anos, segue presa na Cadeia Pública de Nova Xavantiva, em prisão temporária. Mas existe pedido impetrado pela Funai para que também seja transferida – pedido ainda não analisado pelo Judiciário.

 

A adolescente de 15 anos foi ouvida na delegacia e disse ter interesse em ficar com sua filha.

 

A conclusão do inquérito obedece previsão legal de prazo quando se tratar de acusado preso (neste caso flagrante da bisavó). As investigações prosseguem, à disposição do Judiciário e Ministério Público, para apurar em detalhes a participação de outros envolvidos no crime.

 

O caso

Na terça-feira (05), a Polícia Civil foi informada de um feto/recém nascido que teria sido enterrado em uma residência, e deslocou para o endereço (rua Paraná) em conjunto com a Polícia Militar. Ao iniciar escavação em busca do corpo, os policiais ouviram o choro do bebê e constaram que a criança estava viva. O bebê foi socorrido e encaminhado para socorro médico imediato.

 

A bisavó da bebê, foi presa na manhã de quarta-feira (06) e na ocasião, alegou que a criança não chorou após o nascimento, por isso acreditou que estivesse morta e, segundo costume de sua comunidade, enterrou o corpo no quintal, sem acionar os órgãos oficiais.

 

Em continuidade às investigações, a Polícia Civil com oitivas de testemunhas envolvidas no caso, apurou a conduta e participação da avó da vítima. Ela tinha conhecimento da gravidez da filha de 15 anos, em razão da adolescente ser solteira e o pai da criança já ter casado com outra indígena. Durante todo período gestacional também ministrou chás abortivos para interromper a gravidez, segundo os depoimentos colhidos.


//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js
(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});




___________________________________________
LINK DA NOTÍCIA:Polícia Civil prossegue investigações de caso de recém-nascida enterrada viva em Canarana
FONTE: CENÁRIO MATO GROSSO
___________________________________________
SEJA UM “REPÓRTER CIDADÃO”
Vários vídeos, matérias e denúncias são enviados diariamente a nossa redação pelos leitores do MATO GROSSO AO VIVO.

Se a imprensa de seu município ou Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de pessoas ou autoridades em crimes, abusos ou de qualquer outra natureza que seja de interesse público?

Mande sua pauta que nós publicamos!

Pode ser pelo e-mail: matogrossoaovivo@gmail.com ou pelo WhatsApp da Redação: (66) 9.8412 – 5210.

Envie fatos com imagens, comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

GIRO SOCIAL | MATO GROSSO AO VIVO



ALAMBIQUE (31/09) - REPLAY - Festa Flash Back




Deixe seu comentário abaixo e compartilhe, via Facebook e WhatsApp

DIRETO DA REDAÇÃO

Nossa equipe de jornalistas atualiza diariamente um resumo das principais notícias de Alta Floresta e região, de Mato Grosso, do Brasil e do mundo, para manter nosso leitores sempre bem informados.

Adicionar comentário

Click here to post a comment

Deixe aqui seu comentário!

COTAÇÃO DO DÓLAR & EURO

“RAPIDINHAS”

  • DIDA PIRES (PPS-AF/MT)
    "Lá dentro da prefeitura nós temos informações de que há "facilitações" nas licitações ao empresário Luiz Araújo".
  • EMERSON MACHADO (MDB-AF/MT)
    "Por causa dessa corrupção que existe em Brasília, nós vereadores de todo Brasil "pagamos o pato"... por causa desses "bandidos" que estão lá em cima..."
  • DEMILSON NUNES (PSDB-AF/MT)
    "Iremos promover junto a Câmara a criação de uma audiência pública para convocar e exigir da ENERGISA explicações sobre os aumentos "abusivos e extorsivos" nas contas de energia no município".
  • CHARLES MIRANDA (PSD-AF/MT)
    "Eu atendo desde as 4:00 da manhã nos postos de saúde, e não temos material de apoio, não temos condições para cobrar que os funcionários deem qualidade no atendimento a população".
  • VEREADOR TUTTI (PSDB - AF/MT)
    "A grande esperança do povo brasileiro hoje é a justiça, por que os políticos perderam a "vergonha na cara"".

VÍDEOS EM DESTAQUE NAS REDES

_____________________________________

PERGUNTINHA DO MÊS:

A Câmara Municipal de Alta Floresta demitiu 15 funcionários por recomendação do Ministério Público do Estado que havia sugerido o enxugamento de sua folha de funcionários comissionados, porém, em sua "Reforma Administrativa", recém aprovada, vai contratar mais de 20 e poucos outros funcionários comissionados alterando apenas os nomes dos cargos oferecidos.

Você acha que a Câmara está cumprindo a determinação do Ministério Público, ou apenas trocando seis por "duas dúzias"???

SIGA-ME OS BONS…

ANÚNCIOS & PUBLICIDADES

MEGA-SENA – ÚLTIMO RESULTADO:

Mega Sena
Fonte: Caixa Econômica
Boa Sorte
%d blogueiros gostam disto: